quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Na frente

O SCP continua a ganhar que é realmente o que mais importa, com ou sem estrelinha o que conta são os 3 pontos. Tenho obviamente que achar que esta equipa acredita até ao fim que pode chegar ao golo e que a "sorte" dá muito trabalho, como já disse também noutras ocasiões o "negativo" disto é que em 11 jornadas vencemos 4 nos descontos ou muito perto do apito final se somarmos os restantes 2 empates temos mais de 50% dos jogos do campeonato a ganhar (que é o que interessa) com muitas dificuldades ou a não conseguir os 3 pontos.
Sempre que vencemos no final, tento me convencer que a equipa se motivará ainda mais (até porque está em 1º lugar) e que as vitórias vão surgir mais facilmente, tem continuado a ser no limite. Por mim poderá continuar a ser mas a bem dos corações dos sportinguistas não seria mal pensado começar a jogar todas as semanas com o SLB que com esses parece mais fácil.
A polémica esta semana foi no penalty do Tonel. Sempre fui contra os emprestados jogarem contra os seus clubes de origem, sempre preferi que o Belenenses fizesse aquela jogada da doença súbita do que depois numa infelicidade de um jogador se colocar o profissionalismo do atleta em causa. Foi assim que aconteceu com Tonel, mas não se lembram por exemplo dos penaltys que Makukula ou Jorge Ribeiro falharam quando jogaram contra o SLB no Boavista e Marítimo (respectivamente) e em Janeiro assinaram pelo SLB. E obviamente mais exemplos haveria para argumentar que colocar o profissionalismo do tonel em causa é uma estupidez.
O SCP anunciou as suas contas desde trimestre. Digo-o já para depois não existir grandes surpresas, o SCP no final desde exercicio sem vender ninguém em janeiro, atingirá facilmente os 10/15M de prejuízo, se tivermos o azar de perder o caso Doyen é somar a esse valor os 14M + juros. Vou dizer o que disse com outros, é o resultado de uma estratégia que visou aumentar a qualidade da equipa e essa qualidade obviamente teria que ser paga, o SCP este ano tem muito mais condições de disputar o titulo que o ano passado e se acredito nisto, também por isso está para mim muito mais perto de entrar directamente na champions e portanto receber logo directamente 17M de euros. Este ano também ficamos a saber que já pagamos boas comissões a empresários como foi o caso da venda de Cedric (650 mil euros) ou JJ (120 mil). Da minha parte não vão ler nenhuma critica porque no mundo em que o futebol está inserido é a forma de "facilitar" ou "dificultar" negócios. Fico até satisfeito pela aproximação à Traffic depois do Mosquito.
O SLB conseguiu um contrato de 400 milhões com a NOS, 40M por ano é mais do que SCP e FCP recebem juntos este ano e portanto é um negocio brutal para eles não se pode fugir a isto. Os nossos contratos (SCP e FCP) só terminam em 2018 mas a fasquia está alta para quem vai negociar novos contratos.
Quaresma será sempre bem recebido em Alvalade.
Saudações Leoninas

3 comentários:

Mike Portugal disse...

Mas tu acreditas mesmo nos €40M por época?
É um número tão verdadeiro como os €8M que iam receber da Fly Emirates e que afinal se verificou no relatório e contas que não era assim.

leao revisor disse...

Mike

Por acaso até acredito e não me parece nada descabido. 25M pelos direitos Tv não é uma aberração e o resto pelo exclusivo da Btv na NOS.

Parece-me um negócio interessante para ambos... e até para nós porque faz os concorrentes necessitarem de "responder".

Mário Schmeichel disse...

40M por época, lolada da grande

está na época, mas tu acreditas ainda no pai natal, certo?