segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

Na frente de novo e NOS

O SCP venceu o FCP e voltou a liderar o campeonato, novamente com 2 pontos de avanço. Vinha dizendo porque era minha convicção que era importantíssimo chegar a este jogo com a vantagem que tínhamos para em caso de vitória abrir uma vantagem de 5 pontos para o FCP e aí sim assumirmo-nos como principais candidatos ao titulo. De qualquer maneira a resposta após derrota na Madeira não poderia ser melhor e o meu receio deste jogo era em caso de derrota ficaríamos com falta de confiança assim sendo são eles que estão de rastos e temos que tirar partido da instabilidade que se vive no FCP neste momento e abrir uma vantagem significativa para conseguir gerir no ultimo 1/3 do campeonato. Digo isto já sem fazer muitas contas com o SLB que não considero com condições para chegar ao titulo.
Quanto ao jogo propriamente dito, equilíbrio na 1º parte, com ocasiões numa e noutra baliza e controlo total na 2º parte da nossa parte, com uma vitória justíssima que podia ser ainda por outros números. Importante também não ter sofrido golos pode ser importante como factor de desempate.
Slimani marcou 2 golos, Adrien fez um jogo fantástico (e eu sempre disse que não gosto dele) mas para mim a presença de Matheus no onze foi a minha maior satisfação entre os nossos jogadores.
Na lógica de que o próximo jogo é sempre o mais difícil, 4º feira em Setúbal mais uma dura batalha que teremos que travar.
O SCP anunciou com pompa e circunstancia um acordo com a NOS por 10 anos a valer 515M de euros. Como disse na altura do negocio com o SLB, os 3 grandes fizeram belos negócios para a realidade nacional. No nosso caso, acho que a melhor parte e aquela que valorizo mais a capacidade negociai da direcção foi a renegociação do anterior contrato que acaba 2018, era algo que já tinha acontecido por exemplo no anterior contrato mas se agora o aumento foi de quase 10M/ano antes tinha sido de "apenas" 2M/ano.
Neste pacote de 446M estão incluídos os direitos Tv, toda a publicidade e o patrocínio nas camisolas (esta por 12 anos), se fizermos as contas ao valor pedido este ano pelo SCP para o patrocinio nas camisolas temos 12 x 2,5M (30M), que sinceramente não me parece um mau numero, já recebemos mais, 3,5M/ano mas o mercado publicitário está em baixa e não existe previsão de subida e como diz o ditado mais vale um pássaro na mão do que 2 a voar. Com a publicidade se fizermos as contas a 8,5M/ano x 10 (85M) ficamos com uma ideia de que os direitos Tv foram vendidos por valores a rondar os 331M de euros. Passámos a receber mais do dobro do que recebiamos com o actual contrato (15M/ano), sabendo que o mercado televisivo é aquele que está a aumentar mais, basta ver, passámos de 9 para 11 depois para 15 agora para 33 (fazendo a divisão pelos valores cobrados pelo patrocínio e publicidade) e fazer um contrato a 10 anos acarreta um certo risco mas compreendo a necessidade que o clube tem (o nosso e os outros) de terem aumentar as suas receitas fixas por um determinado período de tempo.
Apesar de tudo isto e por precisamente por tudo isto, acho que o futebol português perdeu uma oportunidade que não voltará a ter, aquilo que se está a pagar aos clubes é fruto na "guerra" pelo mercado nacional que as operadoras estão a fazer. Se olharmos para o caso do Braga que triplicou o valor recebido (um clube como o Braga fazer um contrato de mais de 100 milhões é obra). Por tudo isto esta era a oportunidade para negociar colectivamente os contratos de Tv e acredito que todos, até os grandes ficariam a ganhar, porque o bolo seria muito maior.
Teria obviamente que se negociar uma forma justa de dividir esse bolo mas como isto está seria melhor para todos, assim cada um fez o melhor que conseguiu (e até que me provem o contrario) ninguém sai mal na foto.
Este fim de semana voltámos a liderar também no futsal. Num ano em que as modalidades estão a ter algumas dificuldades, o futsal a dar-nos um sinal que podem voltar a dominar o futsal nacional.
Saudações Leoninas

9 comentários:

Ferreira disse...

ahahahahhahahahahhahahahahhahahahhhahahahhahahahahhahahhahahahahhahahahahhahahahahahha

viola no saco.....


ahahahhahahahhahahahahhahahhahahahahahahahhahahahahhahahahhahahahhahahahhahahhahah

Ferreira disse...

"Mais olhando para o relatório e contas desde exercício mais propriamente para o 1º trimestre, vemos o aumento brutal nos custos com pessoal em relação ao ano anterior, percebemos que com esta tendência (e sem contar com a Doyen nem com receitas extraordinárias) vamos dar 12/15M de prejuízo no final do ano. Repito, onde é que já se viu isto? Aposta forte para se ser campeão mesmo que isso desequilibre totalmente as contas? Onde mesmo?
Aquela história do rigor e da estrutura competente foi realmente um bom Sound-byte... que passou, falou-se inclusivamente da "Champions de gestão" para justificar (presumo eu) o aumento de 5 mil para 10 mil euros mensais, realmente para quem ganhava 700 euros por mês (e quando era) passar para 10 mil euros em 1000 dias ... é preciso gostar mesmo muito do clube.
Mas com esse titulo, esperava eu que o clube já tivesse um acordo de publicidade nas camisolas, já tivéssemos o naming da academia negociado (esse já com 2 anos de atraso) o naming de algumas bancadas do estádio, os camarotes às moscas.... apenas só para dar alguns exemplos. Como sempre fui uma pessoa optimista, quero acreditar que tudo se irá resolver (até porque não é por falta de competência) e tudo será negociado em alta e com optimas condições para o clube.
Nas modalidades assiste-se a um autentico descalabro, realmente passados 1000 dias é caso para dizer "desculpa Mario Patricio estás perdoado". Que visão existe para as modalidades? Que melhorou nestes 1000 dias? E não me quero focar na figura de Vicente Moura que passa por dificuldades neste momento, que visão estratégica existe para as modalidades? Porque falta de dinheiro também não é, porque depois de um corte forte no 1º ano, os valores praticados actualmente estão pelo menos ao nível do A.BdC."


AHAHAHHAAHAHAHHAHAHAHAHHAHAHAAHAHAHHAHA ÉS UM GRANDE PALERMA

Diogo Marques disse...

Texto muito grande, não vou ler. Mas não deixas de ser um labrego, lambe-botas e interesseiro.

Espero que continues a perder, porque se isso acontecer significa que nós estamos a ganhar

Pedro disse...

Revisor enfiaste a viola no saco, onde 2 ou 3 dias depois é que vens dar noticias de que estas vivo na blogosfera. Sinceramente este comportamento já é por todos nós conhecido. Desta vez com 2 batatas nas redes do enferrujado Casillas vens falar de publicidade e de contratos. Um lambe botas será sempre um lambe botas.

porrinho disse...

Boa analise.

Nao ssabendo os valores de cada parcela sei que, por principio base de gestao, eh muito mais facil de orcamentar quando se tem receitas fixas - e num medio a longo prazo ainda melhor.

Nao quero saber se foio melhor ou o pior negocio entre os grandes, parece-me que o mais importante eh que foi um negocio que permite PLANEAR, permite caminhar para uma sustentabilidade.

Saudacoes Leoninas.

PS: As modalidades nao estao mas, elas pura e simplesmente nao jogam sozinhas...

Nuno Bispo disse...

O Sporting NÃO VENDEU TODA a publicidade.

Rodrigo disse...

Não passas de um pobre ressabiado, ainda por cima mentiroso.
Cada post, cada mentira.
Uma tristeza.

Ferreira disse...

CHUPA
CHUPA
CHUPA
CHUPA
CHUPA
CHUPA

J.Heleno disse...

Que timing perfeito para afixarem os tais cartazes. É só rir. Se dúvidas havia que a corja ainda não se dá por derrotada e procura o mínimo deslize para tentar voltar ao poder, agora ficou completamente claro a necessidade de exterminar essa corja.
Ademais, agora que lhes cheira a dinheiro, no próximo deslize voltarão a atacar em força.
Por último, não é difícil perceber que um dos autores deste espaço está directamente relacionado com o movimento que a corja pretende criar, sendo evidente que os interesses do SCP são completamente secundários para este tipo de gente que mais não quer do que servir-se do clube, como serviu ao longo da dinastia croquete.