sexta-feira, 13 de maio de 2016

A 90 minutos da festa

A probabilidade de sermos campeões não é grande é certo mas a esperança é enorme. Será como tem sido até aqui, fazer o nosso trabalho e rezar para que os outros escorreguem. Não fui a Fátima mas tenho fé que assim seja.
De qualquer maneira haverá festa, depois de "alguém" ter soprado ao Doutor Barroso que deveria dizer que se devia festejar no estádio o 2º lugar, hoje foi a vez do recente sócio e pai do actual presidente do clube vir com a absurda ideia de festejar o 2 lugar no estádio... coincidência apenas!
E era esta gente que falava em ambição e exigência. Desculpa FSF estás perdoado.
Saudações Leoninas

10 comentários:

Rodrigo disse...

Tem vergonha rato!

Paulo Guerra disse...

Eis o esplendor do Brunismo. Que até os levou a engolir o Ricciardi no meio da ração. Ah ah ah ah ah ah ah.

João Santos disse...

Agrada-me a exigência presente hoje em dia. Ainda me lembro quando por aqui se festejava o sétimo lugar...

leao revisor disse...

Em caso de desespero... "voces gostam é do 7 lugar"

Ferreira disse...

Camaleão desonesto revisor. Continuo a espera, elucida nos a todos por favor sobre este maravilhoso negócio


Também gosto muito desta lição camaleão revisor. Podias dar na próxima aula de "introdução ao croquete"? Obrigado.

"Decorria a época de 2011/12 quando o Sporting vendeu, a um fundo chamado Quality Ireland, 25% do passe de um jovem jogador formado na Academia, de apenas 18 anos. Essa operação rendeu aos cofres da SAD a soma de €400.000.

Um ano depois, o Sporting vendeu, ao Sporting Portugal Fund, mais 15% desse jogador. Recebeu €240.000.

Algures durante estas duas épocas, o Sporting cedeu à Holdimo ainda mais 15% dos direitos desportivos do mesmo atleta. Não é conhecido o valor que o clube recebeu por esta transação.

No total, o clube alienou 55% dos direitos desportivos do tal jogador, por uma verba que, certamente, não terá excedido um milhão de euros (assumo que os 15% vendidos à Holdimo não terão gerado um valor muito diferente dos 15% vendidos ao Sporting Portugal Fund).

Repito: mais de metade do passe de um atleta muito promissor por €1.000.000 ou menos.

JOAO MARIO

Não sei quanto valerá hoje João Mário: se 40 milhões, se 50, se 20 ou se 30. Não interessa para o caso. Nem sequer tenho vontade de o descobrir, prefiro que continue connosco mais uns anos - não lhe faltarão oportunidades para experimentar outros campeonatos. O que quero recordar é que houve uma direção que vendeu mais de metade dos direitos desportivos de um jogador com grande potencial por uma ninharia. Se, eventualmente, João Mário fosse vendido pelos tais 40 milhões, significaria que teríamos abdicado de mais de 20 milhões para receber antecipadamente 1 milhão de euros - que terão sido usados para o pagamento de compromissos correntes que o clube não tinha forma de suportar sem recorrer a este tipo de receitas extraordinárias. Não existe pior forma de desbaratar os ativos do clube.

Felizmente, as parcelas dos direitos desportivos da Holdimo e Sporting Portugal Fund foram recuperados. O Sporting detém hoje 75% do passe de João Mário. Os outros 25% mantêm-se na Quality Football que, com um investimento de €400.000, se "arrisca" a ter um retorno 20 vezes superior, sem que tenha feito algo que fosse pelo desenvolvimento do jogador.

Apesar disto, ainda hoje somos obrigados a aturar os bitaites mandados pelos mesmos gurus de gestão que promoviam este tipo de negócios. Deviam ter vergonha na cara e nunca mais falar publicamente do Sporting. Já fizeram mal de sobra." in O artista do dia

Paulo Guerra disse...

O 7º lugar que curiosamente até foi a 1ª classificação do Profeta. Mas sem dúvida que as eleições foram uma grande festa para alguns. Três épocas e meia ou quatro treinadores depois e até o dar rumo já se desintegrou. Num campeonato que também ainda não acabou e com tanta cana para apanhar. E o pior é que o estatuto de utilidade pública do clube não isenta ninguém individualmente de custos. Doyen a quem doer.

Pedro disse...

1 - Ao slogan "Doyen a quem doer" só há uma resposta possível. "NOS estamos lá". Engraçado como alguns profetas voltam em alturas criticas do clube. Porque será? Será assim tão importante para NOS que haja uma mudança? O orçamento para os anteriores cães de fila voltou?

2 - O presidente tem muito de criticavel, muito. É no entanto para mim o melhor dos últimos anos. Deve ser criticado? sempre. Fez a festa e falou antes do tempo? Sim. A estratégia de abdicar da europa foi boa? Não. Concordo que se faca campanha na internet e se gaste orçamento em blogs? Nunca concordei antes não será agora que o farei.
A critica tem de ser honesta e com pano de fundo o interesse maior do clube. A uma jornada do final aparece o senhor Paulo Guerra (fica-lhe bem o apelido, alguém bastante conhecido com o mesmo nome diz coisas parecidas na televisão) a ganhar o euromilhoes ao sábado e a falar sobre apanhar canas. Nesse aspecto mais vale fazer como o revisor e criticar tudo ao longo da época. Assumir o que se critica. O único problema do consócio revisor é criticar o o mau e também o que de bom é feito. Ainda não percebi se apenas por ódio, interesse ou ambos. Fica com o julgamento condicionado e acaba por não dizer quase nada de jeito. Ao menos vai assumindo e não aparece só às vezes.

3 - Não gosto de MUITA coisa que se tem passado no clube e aguardo que aparecem candidatos para as próximas eleições com listas fortes e competentes. Até lá o meu voto tem obrigatoriamente de ir para quem aumentou significativamente o numero de sócios, trouxe adeptos para as bancadas e tornou o clube competitivo . Garanto que se aparecer alguém que me ofereça a mesma confiança para continuar estas coisas boas e tenha mais nível e inteligência (principalmente pessoas com mais nível e inteligência na sua equipa) para mudar o que de errado tem sido feito, olharei atentamente para o candidato. Da mesma forma que se aparecer alguém que sirva outros interesses que não os do clube, leva imediatamente desprezo (e mesmo que muito dissimulado, será fácil perceber quem quer o quê).

Pedro - Sporting Sempre

porrinho disse...

Caro Pedro,

obrigado por resumir na perfeicao tudo o que penso.

Saudacoes Leoninas, que o espirito critic nunca se cale no nosso Sporting.

SL

The Kind Nihilist disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
The Kind Nihilist disse...

Pedro, quem fala assim não é gago. Tenho orgulho de ser sócio do mesmo clube que tu.

Aguardo as respostas do rato revisor e do Ped... Paulo Guerra amanhã quando acabarem de festejar o tri do Benfica.