sexta-feira, 23 de abril de 2010

Eleições da Liga

Tenho visto alguma insatisfação por parte dos Sportinguistas no apoio a Fernando Gomes (ex-administrador da FCP SAD). Insatisfação essa que começou por precisamente apoiar um ex-administrador de um clube rival e passou agora para uma suposta aliança com o SLB que tambem apoia este candidato.

O SCP neste caso tinha 3 possibilidades:
-Não apoiava ninguem, e esperava que os outros decidissem por nós e teriamos que aguentar com os resultados
-Apoiavamos Fernando Gomes
-Apoiavamos Rui Alves

O que voces fariam?

Sobre a suposta aliança com o SLB tambem tenho que dizer o seguinte, é rigorosamente a mesma aliança que o SCP fez com todos os clubes da 2º Liga e com grande maioria da 1º.

Para mim, ter algum peso na presidencia da liga não nos beneficia em nada. Se tivessemos poder no Conselho de arbitragem e no Conselho disciplinar/justiça ai sim teriamos a ganhar com isso, e foi isso que outros fizeram e com os resultados que conhecemos.

Saudações Leoninas

25 comentários:

Verdão disse...

Meu caro Leão Revisor, a que ponto chegámos que nem sequer se pondere o avançar de uma candidatura própria, alicerçada nas nossas convicções? Por outras palavras, porque é que obrigatoriamente temos que seguir essas opções? O que nos restringe?
Creio que leu o meu post no Sangue Leonino, se não o fez gostaria muito que o fizesse.
www.sersporting.org
Abraço de Leão.

Riga/V-1-Boy disse...

verdao

se iamos com uma candidatura propria , mas quem?

e já agora quem nos daria ouvidos, quem nos ligava?

é é como o leao revisor disse excepto, o porto e as equipas madeirenses e 1 , 2 casos isolados da 2º liga, toda a gente apoia o fernando gomes

Lyon Heart disse...

Duas coisas:
Não vejo mal nenhum o Sporting apoiar quem quer que seja ao lado de quem quer que seja. Importa aqui é o programa e os objectivos que cada candidato apresenta. Estar ou não estar ao lado deste ou daquele parece-me nesta situação irrelevante, pois trata-se de uma associação onde se congregam todos os clubes profissionais. Por isso ganhe quem ganhar terá que fazer um trabalho em prol acima de tudo da verdade desportiva. Aqui é que está quanto a mim a unica exigência que o Sporting deverá fazer, lutar pela verdade desportiva e a capacidade de evoluir.
Segunda situação. Não é do meu total agrado este seguidismo de JEB. Por muito que existam modelos melhores que outros e alguns aplicados por rivais, isto não implica que se pratiquem no nosso clube. Não gosto de o ouvir dizer que devemos ser em certos pontos como o FCP e em outros com o SLB. É necessário que exista um modelo nosso, independentemente de se adoptar certas coisas que se aplicam nos rivais. Agora é necessário ser feita esta analise em privado, não temos que vir para a rua dizer q vamos seguir este ou aquele modelo.
Para te responder Leão Revisor não me parece que o Sporting deva ter peso no CD ou em outros sítios decisores, primeiro pq esses devem ser autonomos, isentos de pressão e profissionais (ou seja nada do que actualmente se passa) segundo pq temos que estar distantes para podermos criticar quando necessario sem sermos enrolados.
Lyon Heart

Lyon Heart disse...

Verdão
Neste caso penso que seria de grande inteligência em primeiro limparmos e arrumarmos a nossa casa em vez de dispersarmos com candidaturas a isto ou aquilo. Acho que temos muito que fazer dentro de casa e acabo todos os dias por constactar que os 2 dias que passei no congress no passado ano foi tempo perdido pois nada do que se resolveu por lá se efectiva. Esta é a maior verdade do nosso clube, nada se efectiva.
Arrumemos primeiro a casa, construamos uns alicerces fortes criemos condições de futuro e de certeza que a curto prazo voltaremos a ter peso em Portugal e na Europa
Lyon Heart

leao revisor disse...

Verdão

Só tive o prazer de ler agora o que escreveste.

Vamos la a alguns pontos:
1º Acho normal que uma pessoa que tenha uma actividade profissional, a deixe para ser presidente de algo, e no momento que deixar a presidencia volte para o seu ramo de negocios.

2ºRecuso-me a acreditar por exemplo que as nossas presenças na champions foram "cozinhadas" pela "aliança" com o FCP nas ultimas eleições da liga.

3ºE recuso-me a acreditar porque o presidente da liga manda muito pouco a meu ver no futebol portugues. Temos/tivemos o Rogério de Brito com um papel de destaque na direcção da liga e não me parece que tenhamos tirado muitos proveitos disso.
Volto a dizer que me parece muito mais importante ter poder no conselho arbitragem, justiça e disciplinar, mas isso iria contra os principios que acredito... Mas que está mais que visto que quem anda nisto com muitos principios ganha menos.

4º Avançar com uma candidatura propria é sem duvida uma alternativa valida. Não sei se alguma vez isso foi pensado ou se a preocupação neste momento é apenas dar o rumo certo ao clube.

leao revisor disse...

Verdão

Só tive o prazer de ler agora o que escreveste.

Vamos la a alguns pontos:
1º Acho normal que uma pessoa que tenha uma actividade profissional, a deixe para ser presidente de algo, e no momento que deixar a presidencia volte para o seu ramo de negocios.

2ºRecuso-me a acreditar por exemplo que as nossas presenças na champions foram "cozinhadas" pela "aliança" com o FCP nas ultimas eleições da liga.

3ºE recuso-me a acreditar porque o presidente da liga manda muito pouco a meu ver no futebol portugues. Temos/tivemos o Rogério de Brito com um papel de destaque na direcção da liga e não me parece que tenhamos tirado muitos proveitos disso.
Volto a dizer que me parece muito mais importante ter poder no conselho arbitragem, justiça e disciplinar, mas isso iria contra os principios que acredito... Mas que está mais que visto que quem anda nisto com muitos principios ganha menos.

4º Avançar com uma candidatura propria é sem duvida uma alternativa valida. Não sei se alguma vez isso foi pensado ou se a preocupação neste momento é apenas dar o rumo certo ao clube.

JL disse...

RIGA V-1 Boy,

Como somos uns desgraçados, que não temos um tipo para oferecer à Presidência da Liga, e ninguém nos ouve, é realmente melhor irmos de braço dado com os lampiões, agarradinhos a um ex administrador do Porto, para ver se nos respeitam por estarmos em tão ilustre companhia.

É por causa desse miserabilismo que ninguém nos leva a sério. Os dois últimos títulos foram ambos em contextos de negação de alianças e de assunção de uma posição quase isolacionista do SCP.

É importante que metamos isto na cabeça: dos nossos interesses temos que cuidar nós. O Orelhas apoia o Gomes não é porque o SCP ou o futebol português têm alguma coisa a ganhar. É porque a ele lhe dá jeito.

Nós temos que fazer o mesmo. Não há UMA aliançazeca destas que não tenha acabado com os lampiões, os andrades ou mesmo os dois a comerem-nos as papas na cabeça, portanto é preciso ter juízo e irmos pelo nosso pé.

SL

Camoesas disse...

Quando ouvi as declarações de Bettencourt acerca deste apoio, percebi muito bem o porque, pois ele foi bem explicito, o apoio assenta na capacidade negocial do candidato, pela capacidade de poder gerar dinheiro através de patrocinios, o que irá reflectir-se tambem nas finanças dos clubes!

Já o disse, volto a dize-lo, Bettencourt já tinha dado o seu apoio há vários dias, o presidente os rivais apenas ontem decidiu assumir o apoio a este candidato, afinal onde está aqui aliança? afinal quem anda a reboque de quem?

O Sporting apoiar um candidato ex-dirigente de outro rival para mim não tem qualquer problema desde que as linhas de pensamento sejam iguais. Ter um candidato do Sporting não sei se teria algum beneficio, no Conselho de justiça e comissao de arbitragem sim!!

Concordo plenamente com uma opinião já deixada aqui por alguem, em que diz que a prioridade do Sporting nao é as eleições, mas sim em concentrar energias na preparação da proxima epoca, e focalizados em trabalhar para ganhar a Liga, e dentro de campo!!

Tigas disse...

Eu faria o que faço nas eleições. Se não gosto do governo e não gosto da oposição, voto em branco!!

Anónimo disse...

JEB defende a escolha em Fernando Gomes por ser um homem de negócios e vai patrocionar os negócios, arranjar mais receitas para os clubes e promover negócios !!!!!
Mas de futebol não menciona uma única palavra. Mas que liga é esta ?

Anónimo disse...

Uma pergunta para o leão revisor.
É certo que todos concordamos que é preciso acabar com os bufos. Ora bem, este blog ficou conhecido precisamente por ter sido o primeiro a divulgar as camisolas desta época. Portanto, creio que essa informação chegou ao vosso conhecimento quando não era suposto chegar.
Além disso já por mais de uma vez, li que dispunham de informações privilegiadas sobre determinadas matérias.
Pois bem, então pergunto afinal quem são os bufos?

Jalex disse...

Penso que a Candidatura do Rogério Alves devia ter ido para a frente,foi pena.

Destaco esta parte do texto.

"Para mim, ter algum peso na presidencia da liga não nos beneficia em nada. Se tivessemos poder no Conselho de arbitragem e no Conselho disciplinar/justiça ai sim teriamos a ganhar com isso, e foi isso que outros fizeram e com os resultados que conhecemos."

Isto sim é uma grande verdade.

JL disse...

http://dn.sapo.pt/desporto/interior.aspx?content_id=1551259

Outro grande aldrabão e terrorista, certamente.

Riga/V-1-Boy disse...

jalex

mas neste momento o que o futebol portugues precisa é de alguem que tenha um programa e acima de tudo perceba do fenomeno de arranjar receitas. ou seja alguem ligado á parte economica, já que a 2ª liga e a taça da liga por exemplo perderam os patrocinios, é preciso alguem que os encontre e arranje maneira de o negocio futebol em portugal ser viavel a nivel finaceiro.

e por muito que possa custar fernando gomes antes de ser portista ou ligado ao porto é economista, ou seja parte finaceira percebe ele.

e nao tendo ninguem credivel para candidatar, a posiçao orgulhosamente sos, nao seria propriamente a melhor e comos e ve a maioria dos clubes (excepçao porto, equipas madeirenses e 1 ou 2 da 2º liga) estao com o fernado gomes.

é se formos a ver o sporting nao se aliou ao benfica, quanto muito foi ao comtrario, por o JEB já tinha dito que apoiava o fernadndo gomes e o vieira tinha vindo sempre a dizer que nao sabia se apoiava ou nao alguem e só ontem oficializou esse apoio

Sérgio disse...

Não acredito nestas alianças ... nem com orelhas nem com papas, com esta gente não vamos a lado nenhum.

Partilho da opinião do Jalex a candidatura do Rogério Alves deveria ter avançado.

A entrevista do Inácio é uma entrevista sincera de alguém que "percebe" de futebol não de alguém que saiba o que está a ser cozinhado em Alvalade e que consiga prever o futuro.

O que ele diz já todos nós sabemos o SCP parte a traz do FCP e SLB para a próxima época ... eu até acrescentaria o Braga.

Agora não me lixem "Nem com grandes aquisições o Sporting lá vai" ... esta frase vale o que !??

Não é mais do que uma opinião ... certo !?

Caro JL se o Boloni viesse dizer que o SCP para o ano seriamos campeões voce fazia o que .... ria-se !??? ou acreditava piamente.

SL,


SL,

Camoesas disse...

Mas o que o Inácio é muito verdade, não é só com as contrataçoes que lá iremos, é sabido, tem de haver espirito de grupo no plantel, com um objectivo bem claro, com exigência muito elevada para a concretização desses objectivos e nao viver esclusivamente dos jogadores da academia!

O Inácio sempre foi um homem muito claro nas análises que faz, realista, extremamente trabalhador e motivador. Ao nível de Manolo Vidal!

MÉDIO BOMBA disse...

O PAH O SCP NÃO VAI GANHAR NADA COM ISTO NADA O VIEIRA É QUE GANHA

ESTÃO-TE A MATAR SPORTING!! disse...

lololol, ridiculo!

Anónimo disse...

Choca-me e entristece-me ver os Clubes de Lisboa, e em paticular o Sporting, alinharem no esquema engendrado por Pinto da Costa.
Fingiu que se incompatibilizou com Fernando Gomes, este saiu da SAD portista, candidata-se à presidência da Liga, o porto finge que não apoia e que está à margem, o Candidato do sistema (com o apoio do Major, do Pinto da Costa e do Joaquim Oliveira) pisca o olho aos Clubes de Lisboa, estes estranhamente dão-lhe apoio e Jorge Nuno ri e esfrega as mãos com mais esta jogada, em que coloca em cada algibeira o "orelhas" e o "cabelo branco".
Genial!!
O Sistema - conjunto de pessoas e de mecanismos que explora, domina e vicia o negócio futebol em portugal com a conivência do poder politico (central e local), do movimento associativo, de alguma banca e de certos comissionistas - está vivo e recomenda-se. E esta é apenas mais uma etapa e mais uma fase do seu longo reinado.

É bom não esquecer que Fernando Gomes era o Administrador da SAD portista quando o seu presidente recebeu um árbitro em casa na véspera de um jogo e quando o modus operandi dessa referida Sociedade contemplava "fruta" e "café com leite" às equipas de arbitragem, que tanto ROUBARAM e PREJUDICARAM o nosso Sporting!!!

Anónimo disse...

Naturalmente que Adriano Pinto, se fosse vivo, também apoiava Fernando Gomes à Presidência da Liga.

João disse...

Presidência da Liga = NADA

Conselho de Arbitragem e de Disciplina = Títulos

É parecido com o sistema Político, Presidente da República é importante? Claro que sim, mas quem governa, quem "manda" quem tem realemnte poder é o 1º Ministro e a Assembleia da República.

Camoesas disse...

Deixo aqui mais uma análise Sportinguista, clara e directa, Filipe Soares Franco, para quem ainda não leu:

http://www.record.xl.pt/noticia.aspx?id=643eeee5-6d16-4d52-ad06-836a878bc444&idCanal=00000024-0000-0000-0000-000000000024&h=7

Agora é hora de tirar lições de uma época catastrófica.

Anónimo disse...

O nosso João Pina é campeão europeu.

O seu melhor resultado de sempre e só está há 3 ou 4 meses no Sporting.

Apesar do futebol não ir bem parece que continuamos no caminho certo noutras áreas.

Parabéns ao João!

SL

Rui Cunha disse...

Escutas n o SCP saiba tudo em ondaleonina.blogspot.com

Tigas disse...

Não percebo porque chamaram aqui o Inácio de aldabrão???!!! O homem diz aquilo que tem de ser dito e eu não mudava uma vírgula: "[Pergunta] Nestas duas últimas décadas, que erros principais aponta ao Sporting?
[Inácio] Ter desfeito as equipas que foram campeãs em 2000 e 2002. E foram questões mesquinhas as que levaram a que isso acontecesse. Começou nessa altura a tendência para nunca manter uma equipa. O segundo erro foram algumas das sucessões directivas. Em certos casos, o descalabro foi tal que pôs o futebol português a rir. Terceiro, uma deficiente gestão no que diz respeito à compra e venda de jogadores. O Sporting nunca teve quem olhasse bem para este aspecto essencial. Ainda hoje. No FC Porto, alguns dos actuais jogadores do Sporting já tinham sido vendidos e por bom dinheiro, e esse dinheiro já teria sido investido em reforços de qualidade. O clube não vende bem e não compra bem, logo não pode fazer uma boa equipa."