sexta-feira, 23 de abril de 2010

Entrevistas e Próxima época

Hoje li duas entrevista, uma de Inácio (ultimo treinador Português campeão pelo SCP) e de Carlos Barbosa (ex-futuro candidato a presidente do SCP nas ultimas eleições).

Fazem a sua analise à situação do clube e perspectivam o futuro do SCP. Concordo com algumas coisas, com outras não concordo tanto mas retiro das entrevistas pelo menos duas semelhanças, a organização (ou falta dela) e a qualidade do plantel que não nos permitirá chegar ao titulo na próxima época.

Quanto à organização, e como não tenho a certeza, quais as diferenças de nomes da estrutura do ultimo titulo para hoje? Ou pelo menos para a estrutura da SAD que iniciou este campeonato?

Para mim a grande diferença não está na organização (ou falta dela) está sim na qualidade dos planteis que se vai degradando de um ano para o outro.

Já vivemos alguns ciclos nos últimos tempos, tivemos uma altura em que vendíamos os nossos melhores jogadores mal eles despontavam, fazíamos negócios interessantes mas desportivamente não tirávamos partido disso. Depois os "opinadores" fizeram passar a mensagem nos jornais, rádios e Tv´s que o SCP tinha que segurar as suas "jóias" para ter rentabilidade desportiva e foi isso que se fez... Perdendo capacidade de investir e com uma agravante a meu ver, que os jogadores da "cantera" deixaram de "circular". Ou seja, o jogador A começa a ser observado, existe uma proposta interessante e não é vendido, temos o jogador B para a mesma posição formado na academia que não pode dar o salto para os seniores porque o seu lugar está a ser ocupado pelo jogador A. Isto origina o seguinte, temos um jogador com talento e potencial não valorizado nos nossos quadros.
Num clube como o SCP que luta para ser campeão em Portugal, num pais onde as grandes receitas são da venda de jogadores, e tendo nós uma das melhores academias do mundo, a nossa cantera deve ser sempre o complemento e não a base do plantel. Com as devidas diferenças devemos comparar a academia a uma linha de montagem de uma fabrica, onde os jogadores aparecem, mostram-se, despertam interesse, valorizam-se e são vendidos... E isto deve ser sempre um ciclo.

Desta maneira temos uma forma de financiamento para investir em jogadores que a academia não nos pode fornecer, aumentando assim a qualidade do plantel.
Será este um novo ciclo daqui para a frente? Veremos...

Para a próxima época, e concordando com o que Inácio diz, o SCP parte atrás dos mais directos adversários. Do FCP porque tem uma equipa forte à já largos anos, com fortes investimentos, o orçamento desta época foi só o maior de sempre da historia das SAD em Portugal cerca de 85 milhões de euros.
Do SLB que nos últimos 4 anos investiu (e falo apenas de transferencias) mais de 100 milhões de euros e que tem igualmente uma equipa forte.

O que espero do meu clube é uma forte aposta no futebol, sendo inteligente da ida ao mercado. Pegando em algo que Carlos Barbosa diz, não espero contratações para a próxima época de jogadores com menos de 1.78m. Temos das equipas mais baixas do nosso campeonato e esse desnível ainda é maior nas competições europeias. Quando cada vez mais os jogos se decidem em lances de bola parada é um factor (e que factor) a ter em conta.

Saudações Leoninas

11 comentários:

Anónimo disse...

O Xavi e o Messi devem medir 2 metros...
O problema é ter máquinas de passar a ferro em vez de pézinhos de lã!

Anónimo disse...

Essa estória de jogadores altos, depende muito do tipo de futebol que está instalado ou se sequer enraizar na equipa.

Veja-se o que se passa com o Barcelona.Tem uma equipa de pequenotes, sobretudo os da frente e no ano passado ganhou tudo.
Os jogadores habilidosos, devem ser sempre enquadrados com jogadores também de boa técnica,mas de grande porte fisico-atlético, do tipo de carregadores de piano.Se uma equipa só for construida por jogadores grandes no tamanho, não vai a lado nenhum.O futebol não é basquetebol e mesmo aí eles têm que ser enormes no tamanho e também grandes na técnica.

leao revisor disse...

Isto não pode ser só 8 mas tambem nao pode ser só 80. Tem que existir equilibrio e neste momento isso nao existe no nosso clube. Estamos no 8.

Quanto ao Barça, procurem saber a média de altura deles, mesmo com o "pequenote" Messi.

Anónimo disse...

A academia que tu dizes ser a melhor do mundo está a formar meias lecas e não jogadores.
O inácio tem razão no que diz, fala a voz da experiência. Não penses que o SCP consegue ser campeão na próxima época.
A monarquia instalada no clube está em fim de ciclo, portanto JEB estás de saída.

Anónimo disse...

para valorizar os nossos jogadores temos de deixar de fazer "pactos" com reais de massamas ou casas pias e começar a enviar os nosso meninos para campeonatos mais competitivos ou pelo menos mais visiveis.... agora enviar um autocarro inteiro para o massama é perder o que formamos... que se faça como se fez com o andré santos... é so o jogador mais regular do leiria... com o rabiu, será que na primeira liga ninguem o queria?? ou o wilson??? ou o rosado? ou o proprio renato neto que está a fazer o ultimo ano junior...

Sporting até morrer disse...

Boas,

Concordo, e muito com a parte em que o LR diz ser um erro não vender os nossos jogadores.

Foi mesmo a meu ver um dos grandes erros cometido nas últimas 2 épocas, além de outros...

Alterar a política de clube vendedor para clube que faz tudo para manter os seus "melhores" jogadores tem contribuido para termos um plantel desiquilibrado onde jogadores de qualidade convivem com outros que nunca mereceriam vestir a nossa camisola em condições normais.

Se há propostas e elas são boas, então vendam-se pois outros jogadores com qualidade irão surgir para esses lugares, talvez até com qualidade superior.

Por outro lado a massa salarial mensal aumentou com a manutenção destas joias.
O esforço que o clube faz para manter um Moutinho, um Veloso ou um Liedson é elevada e impede o clube de tentar contratar outros jogadores de outros clubes e mercados.


Num outro plano, e mesmo sendo a nossa Academia um exemplo na formação de bons talentos, não deixo de ficar desiludido com a evolução destes jogadores quando atingem a equipa senior.

Todos vimos a evolução de jogadores como Ronaldo, Nani, Figo, Quaresma e outros, fora de Alvalade.
Física, tecnica e mentalmente tornaram-se jogadores fora-de-série.
Olho para Moutinho (principalmente este), e até mesmo Veloso, e vejo uma evolução lenta ou mesmo uma estagnação como é o caso do nosso capitão.

Talvez uma passagem por outros clubes lhes faça bem e venham a juntar-se à lista que enunciei acima.

Também não seria nada mau os nossos dirigentes e estrutura técnica aprenderem algo com o Manchester United na preparação de um jogador pós-formação, pois quando se olha para as evoluções de Ronaldo e Nani, pergunto-me se não pasamos apenas de um clube bom formador de jovens, mas péssimo para a sua evolução enquanto seniores.

SL

Sporting até morrer disse...

Resposta em grande para as galinhas!

http://www.cmjornal.xl.pt/Noticia.aspx?channelid=00000021-0000-0000-0000-000000000021&contentid=2AFACAAB-4E55-412B-9046-978147BD5A84&h=1

Anónimo disse...

Ninguém esperava que concordasses que o problema é a organização e a escumalha que a compõe.

Mas o argumento de serem os mesmos que foram campeões é ridículo. São também os autores do segundo maior jejum do clube. Do maior passivo de sempre. Das piores assistências de sempre. Da delapidação do ecletismo. Mas isso tu não vês...

Sócio

Tigas disse...

Muito sfalam do Barça e com razão, mas esquecem-se de Piqué, Marquez, Busquets, Toure, Ibrahimovic, Henry, só para citar os mais conhecidos... Qualquer um destes ombreia com o Tonel (jogador de campo mais alto, penso eu) em altura.
Temos de ter centrais mais altos, pelo menos um, um trinco forte fisicamente tb dava jeito para quem joga em 4-3-3!!!

Jalex disse...

O Revisor esta cheio de razão.Isto é um mal que existe no planeamento da equipa há várias épocas.Quase todos os anos os adeptos e imprensa tocam neste assunto,no entanto o departamento do futebol parece ignorar sempre esta questão.

É uma explicação fácil para perceber o porque de sofrermos tantos golos de bola parada(a outra poderá ser que os nosso defesas são fracos na marcação).

Isto é especialmente notório quando jogamos contra equipas estrangeiras.

Quanto ao mau exemplo Barcelona,porque ate pode haver equipas que de facto contrariam este fenómeno mas certamente não será a equipa Espanhola.

Se não vejamos:

http://www.zerozero.pt/jogador/gerard_pique/2009_2010/ficha/139/default/6958

http://www.zerozero.pt/jogador/rafael_marquez/2009_2010/ficha/139/default/754

http://www.zerozero.pt/jogador/carles_puyol/2009_2010/ficha/139/default/757

http://www.zerozero.pt/jogador/dmytro_chygrynskiy/2009_2010/ficha/139/default/9704

Não é uma defesa baixa.Eu já não me recordo qual foi a ultima vez que o Sporting teve um defesa com 1.90m

Tite disse...

Pode ser que o novo Treinador, por ser alto, também exija "o que deve ser feito" - seleccionar jogadores de porte atlético compatível com as equipas nacionais e estrangeiras.

O que não é conveniente é contratarem jogadores contra-vontade do líder da equipa técnica do futuro.

Rugidos esperançosos