terça-feira, 19 de abril de 2011

Marat Izmailov

Este é o tal jogadores que me enche as medidas dentro de campo. Profissional a 100%, faz aquilo que o treinador pretende que ele faça dentro de campo seja a jogar a extremo, seja a médio e fá-lo com a mesma vontade e a mesma entrega.
Fora de campo teve os seus episódios menos bons, acreditando que tudo o que se passou foi por mão e culpa do seu empresário.

Mas o que me leva a falar novamente deste jogador voltam a ser as suas atitudes dentro de campo. O gesto que teve para com João Moutinho são daquelas coisas que marcam e representam bem aquilo que foi a sua transferencia. Independentemente de tudo o que se passou depois, todos os sportinguistas sentem e sabem olhando para todos os acontecimentos que fomos enganados por ele.

E um sujeito que nos engana não merece que lhe apertemos a mão.
Fica o vídeo!

37 comentários:

The Guga disse...

Concordo inteiramente com o que diz no post. No entanto ao ver este gesto também me lembrei que se calhar este gesto do Izmailov não é derivado do J.M. ter saido do Sporting como saiu, mas sim por algo anterior, o que demonstra o que o balneário do Sporting na altura não seria o melhor. Precisamos que os jogadores sejam como uma familia, gostava de sentir isso nos jogadores porque quando nota-mos isso há sempre bons resultados. Saudações leoninas

Jalex disse...

Já há muito tempo que não via um post neste blog que concordasse Revisor.

A mesma atitude que teve Izmailov infelizmente não tiveram os nossos dirigentes que andaram em confraternizações com os mesmas pessoas que aliciaram o ex jogador do Sporting(nem sequer deveriam ter estados na tribuna do Dragão sequer).

E depois ainda levaram uma bojarda do Pinto da Costa..

É uma contradição enorme andarem a recusar o rotúlo de continuidade e depois continuarem com uma postura idêntica aos que já cá estiveram antes.

Eu quero acreditar que isto vai mudar,mas começa a ser difícil.

João disse...

Grande atitude do Izmailov para com o traidor. Claro que estou a partir do princípio que a sua atitude é devida à saída do Sporting para o porto. O Moutinho ficou com uma cara!...

Carlsberg disse...

Não me parece que fosse problemas de ele ter saido para o FCP, mas antes algo que aconteceu quando o Izmailov recusou jogar, alguma coisa o JM, na altura capitão de equipa terá dito. Isso deve ter deteriorado a relação, mas dps a saida da maneira como saiu po FCP, n deve ter ajudado....

Foi algo do tipo faz o que eu digo, n faças o que eu faço... primeiro falas mal de mim e depois ainda fazes pior, n prestas!!

SL

Pedro disse...

O nosso presidente fofinho anda ao colo do PC a tomar cházinho em vez de defender os nossos espartanos...

Vamos ver se o duque faz o trabalho dele. Vai ser chato é nos jogos fora de Portugal. Pode ser que aí o fofinho não precise de tomar tantos chás.

Pedro - Sporting sempre

José Heleno disse...

Ainda bem que veio falar do João Moutinho.

Apesar de ser um traidor como eu o compreendo... É o resultado do nível medianos dos dirigente que têm passado pelo Sporting. O João é um jogador formidável, não falha um jogo, sempre a bom nível.

Agora nunca, mas repito, NUNCA, deveria ter saído para o Porto!

Mas a verdade pura e crua, por muito que nos custe, é que ele saiu para ganhar títulos, e numa época no dragão já ganhou mais do que no Sporting, onde sentiu claramente que com uma estrutura directiva daquelas nada ganharia!

Lionheart disse...

Ao que parece, saída do João Moutinho teve muito a ver com a fragilidade financeira do maior credor da SAD do Sporting. O Pedro Baltazar referiu-se a isso na sessão de esclarecimento que fez em Alvalade, quando o "picaram" por causa de ter o penhor do passe do Daniel Carriço. Ao que ele respondeu que com ele Carriço estava seguro no Sporting, ao contrário de outros como Moutinho, cujo passe "pertencendo" à banca e estando esta com falta de liquidez (devido a dificuldades de financiamento) impôs a venda do Moutinho.

EyeOfTheTiger disse...

Pena é só ter sido o MI a fazer isso. Nenhum jogador do Sporting lhe devia ter estendido a mão! Nenhum!

Peter Pan disse...

Leeão Revisor,

Com este teu post revelas verdadeiramente o tamanho do teu cérebro. E tiras ilações sobre coisas que não fazes a minima ideia do que estás a falar. Engolires a conversa de que tudo o que acontceu com o Izmailov é por culpa é do empresário... e que o Izma, pelo seu Sportinguismo, sentiu-se traído pelo Moutinho e não o cumprimentou... eheh .. só tu para me fazeres rir a esta hora.
Que idade tens tu?? 9 anos??? Nem os meus filhos com 9 e 10 anos conseguem ser tão infantis ....
eheheh ... mas que ridiculo, porque não te calas de vez?

Jalex disse...

Lionheart


E o amigo acredita que não havia mais nenhum clube interessado no jogador para alem do Porto?

Clubes Ingleses que andavam como cães em cima do jogador subitamente nem 10 milhões davam por ele?

Acha que o clube do Norte foi totalmente transparente nesse processo todo(como também foram agora na não vinda de Kleber para o Scp)?

Nunca houve qualquer aliciamento feito ao jogador(como também não existe qualquer aliciamento a alguns jogadores das camadas jovens...)?

Acha normal presidentes de clubes rivais terem jantares com jogadores do plantel do Sporting?

Moutinho portou se mal,cuspiu no prato que lhe deu de comer.

Mas é preciso uma ingenuidade de todo o tamanho para acreditar que o Porto também não teve culpas no cartório.


Por isso tudo e outras situações que tem acontecido dá me voltas no estômago sempre que vejo estas confraternizações (ate lanche houve!) entre dirigentes do nosso clube e nojentos como aqueles.

Lionheart disse...

The highest bidder foi o porco. Tenho a certeza que em circuntâncias normais o Sporting não cederia. Circunstâncias que não aquelas que disse. Quanto ao comportamento nojento do porco nesta e noutras alturas, é uma evidência. A falta de carácter do jogador é outra. Por isso mesmo o Sporting teria agido de outra forma, se pudesse.

A "confraternização" do Godinho Lopes com Pinto da Costa no Dragão foi apenas uma formalidade. Ver nisso qualquer subserviência ou fraqueza da nossa parte é um disparate. Mesmo que o Presidente do Sporting se recusasse a entrar no estádio deles tal não impederia que ocorresse uma má arbitragem. As coisas não se fazem assim.

Mike Portugal disse...

Concordo com este ultimo comentario do Lionheart. O Moutinho não tinha nada que ir jantar com o Pinto da Costa, logo aí deixou uma imagem pobre da personalidade que tem.

A partir daí um jogador que faça isso deixaria de ser capitão, para mim.

EyeOfTheTiger disse...

Jalex,

Dá-lhe voltas ao estomago ver os dirigentes na tribuna? Mas em que mundo é que você vive. É como diz o lionheart, ver nisso qualquer tipo de subserviência é disparate e estupidez. Mas acha que devíamos ter entrado a matar contra o poder instaurado? Tinhamos já a cama feita para a próxima época. Temos é de "lá entrar" e combatê-lo por dentro. É por dentro que devemos tentar virar as coisas para o nosso lado.

Mas vocês não perdem uma. é criticar tudo o que mexe.
Deixem lá de ser orientados pela net que isso não leva a lado nenhum. Até o candidato carvalho percebeu isso. Tarde, mas percebeu.

Jalex disse...

EyeoftheTiger

"Mas vocês não perdem uma. é criticar tudo o que mexe.
Deixem lá de ser orientados pela net que isso não leva a lado nenhum. Até o candidato carvalho percebeu isso. Tarde, mas percebeu"

Mas eu nem votei nesse tipo...e jamais votaria sequer...

Mas se esse são os vossos argumentos aviso já que vão ficar gastos bem depressa(alem de terem a qualidade que tem...).


Da me voltas ao estômago sim!

Lanches de confraternização?Mas que merda é esta?

Deve ter sido um belo lanche para esquecer tudo o que esse clube nos tem feito nos últimos tempos!

Se não querem ser rotulados de continuidade tem de o mostrar que não o são e no Domingo o que viu se foi mais do mesmo.

Assim é difícil sequer ter fé que as coisas vão melhorar.

Ps: e aquela boca do Pinto da Costa ao Freitas foi linda não foi?

EyeOfTheTiger disse...

O seu comentário demonstra aquilo que é, e o mundo virtual que o rodeia.

Já é treinador ou não? É que se quiser enveredar por esse caminho vai (talvez) perceber o que rodeia o futebol está longe de ser virtual. Talvez também tenha que mamar uns "lanches" contra a sua vontade.

Jalex disse...

O caro colega é que parece que vive num mundo a parte.

Ao menos mostrava argumentos mas nem isso já se viu que é capaz.

EyeOfTheTiger disse...

E o seu argumento é "não gosto dos lanches porque me dão a volta ao estômago". Brilhante.

Daniel disse...

Este é mesmo um país pequenino com gentinha ainda mais pequenina...

Aqui ao lado, onde ao futebol se junta a política regional, o Florentino Pérez e o Sandro Rosell almoçam antes dos jogos... Quem é o subserviente? Neste caso, e pela vossa lógica (?), estando o Barça em alta, deve ser o Florentino o sibeserviente...

Não sejam totós!

Aldo Duscher disse...

Isso é mesmo conversa de quem se deixa levar pela merda que os lampiões dizem!

Eles querem-nos como aliados, abram os olhos de uma vez por todas!

Deixem de ser fraquinhos e mesquinhos!

Se ele não fosse é porque não ia, como foi é porque foi!

Sílvio disse...

"Este é mesmo um país pequenino com gentinha ainda mais pequenina...

Aqui ao lado, onde ao futebol se junta a política regional, o Florentino Pérez e o Sandro Rosell almoçam antes dos jogos... Quem é o subserviente? Neste caso, e pela vossa lógica (?), estando o Barça em alta, deve ser o Florentino o sibeserviente...

Não sejam totós"

mas agora estamos a comparar os presidentes do real e barça ao pintinho?...n seja voce totó o pinto da costa é asqueroso, devia estar condenado por algo que toda a gente sabe que aconteceu, mas n é pk as escutas são ilegais...e ainda há adeptos que defendem o convívio com aquela gente?...gente que goza diariamente com o nosso clube, que se ri da deficiencia do paulinho??? país pequnino? ele há cada um...

Tiui_Henry disse...

Recomendo a visita a bombanovisconde.blogspot.com

Sócio 80610 disse...

LINDO!!! Marat sempre a subir na minha consideração!!

QUEM VESTE DE VERDE E BRANCO NÃO PODE ESTENDER A MÃO A PORCOS COMO O MONTINHO DE MERDA!!!

SPORTING SEMPRE!!!

vitor disse...

Até evito comentar este tipo de post, parece ser sobre o Marat mas é sobre o João Moutinho, que é hoje um jogador do FCPorto?!

Que não representa nada para o Sporting hoje. Serviu isso sim para desancar sobre o ex-presidente do clube. Quando os verdadeiros responsáveis por estas duas épocas miseráveis, foram quem decidiu dar á selecção nacional um treinador com quem elas nunca tinham acontecido. É só mais uma prova do desnorte dos adeptos leoninos.

Agora é concentrarmo-nos todos no futuro. GL quer ser campeão já no 1º mandato. Duque diz que ganha 2 campeonatos em 3 anos. E é perfeitamente possivel com todos. Da mesma forma que caímos vamos levantarmo-nos e voltar aos titulos.

Não de uma forma efémera como no passado, devido ás convulsões internas. É tempo de percebermos todos que um treinador é mais importante para um clube que um jogador, seja ele quem fôr.

Devemos sobretudo importarmo-nos mais com a nossa casa que com a dos adversários. Ajudar os nossos dirigentes ao invés de contestá-los. Sobretudo voltarmos todos ao estádio apoiar os nossos atletas. É a melhor receita para voltarmos a ser campeões. Para voltarmos a ser respeitados por todos!

Força Sporting!

SL

vitor disse...

Voltando à analogia com o todo poderoso Real, ainda não consegui ler o que tem hoje Di Stefano para recomendar a José Mourinho. Agora que arrecadou um trofeú que não viam há 18 anos. A tromba do Valdano vi logo ontem. Caladinhos são todos uns poetas!

Ainda antes de começarem a erguer a estátua ao treinador era bom que comprendessem porque não ganham titulos, consecutivamente com os melhores jogadores. Muito papagaio há em Madrid! Em Madrid e em Alvalade!

O negócio do futebol está estruturado para falarem os jogadores, o treinador e o presidente. De preferência a uma só voz!

SL

vitor disse...

Estamos nitidamente a acabar a presente época em clima de pré-época. Já em antecipação, pretende-se recuperar o tempo perdido. Agora é eleger os nossos representantes nas instituições decisórias.

Até na blogosfera há um clima de desanuviamento. Inclusive, foi notório que já voltaram mais adeptos ao estádio, no ultimo jogo em casa. Tudo boas noticias antes dos roubos no Dragão.

Continuar a apoiar a equipa no que falta da época. É fundamental acabar bem para começar melhor!

Força Sporting! SL

Daniel disse...

Caro Silvio, eu não pretendo fazer a miníma comparação... o futebol que o silvio defende tem num clássico como o de ontem com 40 mil alminhas... o que eu defendo tem transmissão em directo para 150 países !!

Acha que há comparações com o nosso futebol!?

Devemos é aprender com os melhores mas se você acha que o caminho certo é o nosso então estamos conversados.

SL

Lionheart disse...

Para que o Sporting recupere a pujança, tem de começar por ter um factor casa, o que há muito não tem. E não tem porque o clube não se tem debruçado devidamente sobre esta matéria, que passa pela política de ingressos, assim como pela arquitectura do estádio.

O nosso público é fraco, muitas vezes faz o jogo do adversário e assim nós entramos em competição já inferiorizados com mais esse problema. Não há nenhum clube, seja de que modalidade for, cujo estádio não seja uma fortaleza de apoio à sua equipa e intimidador para o adversário. Esses clubes têm percentagens de vitórias em casa acima dos 80%, pelo menos, o que lhes dá uma vantagem assinalável na disputa das competições.

Mas o factor casa tem de se trabalhar. É preciso que o público seja interclassista. A primazia das “gamebox” e o preço exagerado dos bilhetes jogo a jogo (que penalizam os adeptos de menores recursos financeiros bem como os que vivem fora da zona de Lisboa) foi negativo. Criou o cliente de bancada, em vez de reforçar o apoio nas bancadas. Há cenas que me dão a volta ao estômago. Enquanto noutros clubes o público leva a sua equipa a superar-se, fazendo com que ganhe jogos nos últimos minutos, em Alvalade, são aos magotes os que começam a abandonar o recinto 10 a 5 minutos antes do jogo terminar. É uma falta de respeito. É anti-sportinguista. Porque é que esta gente vai ao futebol sequer?? Eu falo por mim que tenho um cativo na A01, na zona dos Lugares de Leão e detesto aquele ambiente. Muitas vezes vou para a zona abaixo da fila 8, porque me sinto mais à vontade pois aí já há outro tipo de público menos peneirento e mais apoiante.

Lionheart disse...

Resumindo, é preciso unir as claques no mesmo sector, para que o apoio seja maior. É uma estupidez estar cada uma para seu lado, com os seus cânticos separados. Se vem cá uma claque grande, como a dos rivais, ou de um clube estrangeiro que traga muita gente, parece que o adversário é que joga em casa. Deve ser criada uma bancada "low cost", como foi sugerido por um candidato às eleições, de modo a criar uma atmosfera mais fervorosa e levar todo o tipo de público ao estádio. Os ecrãs gigantes do estádio devem ser utilizados para passar mensagens para levar o público a fazer barulho quando o adversário estiver na posse de bola, bem como para apoiar a equipa.

Na NFL, por exemplo, os tempos do ataque e da defesa são mais espaçados que no nosso futebol, em que a posse de bola muda de um momento para o outro, por isso é-lhes mais fácil coordenar as mensagens para o público, de modo a que este faça muito barulho quando a sua equipa está a defender (para intimidar e desconcentrar o adversário), mas quando a equipa da casa tem a posse da bola o público é educado para não perturbar a sua equipa, de modo a que o seu “quarterback” se consiga fazer ouvir pelos colegas.

À parte as diferenças, é evidente que o ambiente no nosso recinto tem de ser trabalhado, porque enquanto uns parecem umas “múmias” nas bancadas, outros enervam os nossos jogadores. Nós só temos grandes ambientes nos jogos com o carnide e com o porco. Nos outros jogos no campeonato o adepto senta-se e fica à espera que o Sporting ganhe confortavelmente aos “pequenos”, como se estivesse a jogar sozinho. À menor dificuldade é uma “nervoseira” geral que contamina o que se passa no relvado. É também por isso que se perde tantos pontos em casa.

vitor disse...

Lionheart,

É verdade que passamos da melhor massa adepta para uma coisa que nem consigo defenir, muito menos as causas, acho mesmo que não se prendem só com o clube. Deve com toda a certeza conter aspectos da evolução sociológica que entretanto ocorreu, pessoas mais egoistas, etc.

Ao clube cabe assegurar condições para sempre, mas mesmo sempre, aconteça que a equipa esteja a lutar pelo titulo, da 1ª à ultima jornada.

E aos adeptos cabe empurrar a equipa até á vitória, do 1º ao ultimo minuto. Não vou perder tempo com tudo o que se pasou de inacreditável nas bancadas, nomeadamente nas duas ultimas épocas. Este ano, no meio da miséria que foi sempre o apoio, ganhámos um jogo das bancadas. No dia dos nucleos, quando recebemos o Rio Ave, foram os adeptos que venceram o jogo. Um jogo como tantos em que perdemos pontos em casa. É só dar continuidade a isso!

Estou plenamente convicto que vamos precisar de uma época para consolidar muita coisa, inclusive a equipa com os novos jogadores que chegarão, assim como com os que ficarem, que infelizmente já sabem o que a casa gasta, Patricio que o diga. É fundamental que a questão do apoio incondicional também fique resolvida já na próxima época. E vai ficar! Chega de tristeza no nosso estádio!

As vitórias no futebol vão impulsionar o clube todo, inclusive saiem melhores jogadores de Alcochete em periodos gloriosos, como é aliás normal.

Vamos todos acreditar!

Força Sporting!

SL

vitor disse...

Não há clube sem adeptos, quanto mais vitórias!

Essa é a contratação prioritária que a direcção tem de assegurar! Apoio! Estou convencido que está a tratar disso.

Sem adeptos ou com adeptos só a reclamar não há nada! Com adeptos unidos há tudo! Sobretudo titulos!

SL

Lionheart disse...

"No dia dos nucleos, quando recebemos o Rio Ave, foram os adeptos que venceram o jogo. Um jogo como tantos em que perdemos pontos em casa. É só dar continuidade a isso!"

Pois, foi o público que puxou pela vitória. E foi o único jogo em que isso aconteceu, porque quantos jogos com os núcleos houve desde então? Apenas um (com o Beira-Mar, salvo erro) e em Março, quando a época já estava perdida. Aquilo que devia ser uma política, tem sido uma coisa que se faz apenas uma ou duas vezes por ano. Asneira total!! O Sporting precisa menos do cliente "gamebox" endinheirado da Linha e mais do apoiante que vem de Leiria, de Tomar, de Vendas Novas ou de Torres Vedras. Esses é que trazem entusiasmo e enchem o campo.

Aldo Duscher disse...

Lionheart e Vitor,

Acho esse tema que estão a debater muito interessante, mas há sempre outras coisas por trás, como por exemplo o facto de as claques os adeptos de terem dispersado com a separação de elementos de Juve mais concretamente para formar o DUXXI, tudo isso se deveu a interesses.

É um facto que muitas vezes são os adeptos a ganhar jogos em casa, como acontece em certas modalidades do nosso clube. Temos de ter orgulho no que é nosso, apoiar nos bons, e em especial nos maus momentos!

É habito também ver alguns Sportinguistas a deixarem-se levar pelos comentários destrutivos (do Sporting) vindos de lampiões e tripeiros, isso é uma vergonha, uma falta de personalidade e de respeito pelo clube!

Chegou altura de dizer basta!

Vamos mostrar que queremos o Sporting a ganhar!!

vitor disse...

Camoesas,

A distorção é tal que quem apoia o clube incondicionalmente, sobretudo nos maus momentos, é apelidado de bloguer profissional?!

Por um ressabiado que só está interessado em falar do amadorismo do clube e não consegue ver que esse amadorismo foi o unico que já produziu dois melhores do mundo! Porventura somos melhores que o profissionalismo no resto do mundo!

Claro que há que desinstalar interesses, sobretudo os que se sobrepôem ao clube. Também me parece que cada vez mais os adeptos cruzam os problemas pessoais com o clube. Dá no que temos assistido. O Patricio a tentar repôr a bola e a ser assobiado. Depois reage e bem dizendo que os assobios entram por um lado e saem por outro e veio a ITM dizer que um funcionário do clube não podia ter dito tal?! Isto tem algum cabimento?

Vão-se mas é tratar primeiro.
Os interesses instalados são nefastos, mas os que foram varridos conseguem ser bem piores. O clube tem que estar protegido dessas tentativas de boicote que não têm nada a ver com opiniões pessoais, rápidamente se acomodam numa qualquer facção e assim nasceu a famosa "oposição". Num clube desportivo?! Nem sei o que diga.

Acredito sobretudo que vamos colher proveitos da actual estrutura profissional. Se há critica que a anterior direcção me merece, para além da comunicação, foi não termos tido neste tempo todo ninguém que nos representasse nas instâncias decisórias. Provoca uma sensação de falta de protecção em todo o universo leonino que se repercrute também nos adeptos que não sentem o clube ser respeitado e aí com razão. Estão criadas as condições para emprenharem pelo que dizem os outros.

Vamos mesmo ter que iniciar um novo ciclo. Por cá, para além dos jogadores, ainda é mesmo importante que o presidente se faça ouvir junto da sua massa adepta. É o estilo que impera no país. E a nós cabe-nos respeitar o que está instituido. Tomara eu que se calassem todos e permitissem que o futebol evoluisse. Mas nas actuias circunstâncias nenhum adepto pode chamar anjinhos aos nossos dirigentes.

Carlos Freitas deu mesmo inicio à pré-época no Dragão. Isto vai mesmo mudar!

Força Sporting!

SL

Aldo Duscher disse...

Como podemos ser respeitados pelos outros, se nós não nos respeitamos dentro do clube?

Isto só tem uma definição, é masoquismo puro!

Oxalá esteja a mudar, estou farto desta treta toda!

vitor disse...

Essa é que foi a grande verdade. E é importada de quem tem interesse em vêr-nos à guerra. É uma estratégia tão antiga como uns pontos de avanço no principio da época que depois gerem nas calmas até ao titulo.

É isso que tem de ser desmontado. Mais uma vez a nós cabe-nos olhar para dentro. O Paulo Bento defeniu o nosso clube como ninguém.

SL

Lionheart disse...

A táctica do porco é conhecida há anos. Se as pessoas continuam a cair na armadilha é porque não passam de estúpidos. Ao menos a ciganagem da Luz é combativa, mas quantos milhões investiram esta época e do que lhes serviu? Os tais pontos de avanço no início da época, onde estiveram as arbitragens, decidiram o campeonato. Eu não faço minhas as dores de ninguém, muito menos dos lampiões, apenas constanto como se ganham campeonatos neste país (títulos azuis e vermelhos) e como são construídas equipas europeias, depois da eliminação da concorrência interna. Tivessem os andrades de ter uma semana em que tudo se decidisse, como nós em 2005, e as coisas eram diferentes. Mas eles certificam-se que o cenário não seja esse.

DESPORTO ALENTEJO disse...

DÊ A SUA VOTAÇÃO EM QUEM GANHA A LIGA EUROPA EM:

http://www.montemor-evora-arraiolos.blogspot.com/

OBRIGADO