quinta-feira, 21 de agosto de 2014

O que fica a faltar

Antes de começar a pré-época, havia a ideia que para sermos competitivos interna e externamente, tínhamos que aumentar a qualidade tanto a nivel qualitativo como quantitativo. Efectivamente melhoramos o numero de opções, quanto neste momento aumentamos a qualidade do 11 devido ao espectacular reforço Nani, mas infelizmente não para os níveis que nos aproximem dos adversários, principalmente o FCP que está fortissimo a todos os niveis.
Tínhamos posições para resolver no arranque desta época, um central, um médio ofensivo, um extremo e um ponta. Estas necessidades seriam mais ou menos urgentes consoante a saída de elementos chave. Já dizia o ano passado que para mim a dupla de centrais seria Rojo e Dier, saíram os 2 e a nossa defesa ficou entregue a Mauricio e Sarr (pelo menos neste momento). Com o anuncio oficial da saída de Rojo noticias dizem que voltámos a estar interessados num jovem Sueco. O que pelo menos a mim levanta outro tipo de preocupação com a insistência em noticias que indicam propostas para Wiliam, e com o anuncio que Rabia virá para a posição 6 a saída de Wiliam pode acontecer até ao final do mercado e isso seria um rude golpe nas nossas aspirações. Como disse antes, para extremo, chegou Nani e tenho muita curiosidade e expectativa o que será da nossa equipa e como revolucionará a nossa forma de jogar 2 desequilibradores natos nas alas. Com o problema de Slimani fica a faltar um goleador que se o ano passado já fiquei muito satisfeito com a sua chegada, este ano com a qualidade dos nossos alas estou convencido que seria um grande trunfo para a nossa equipa.
O caso de Slimani é de facto complicado, o jogador recebe pouco agora em comparação com as propostas que recebeu, mas recebe muito para o que antes recebia, e como disse o presidente e sempre defendi isso, os contratos foram assinados de livre e espontânea vontade. Contudo Slimani quando veio para o SCP fez precisamente o mesmo filme, Liedson tinha este folclore todos os defesos para só dar estes exemplos. O futebol moderno é isto, quer as pessoas queiram quer não, é necessário saber lidar com isto da melhor maneira e da forma que melhor beneficie o clube. Slimani está completamente queimado aos olhos dos sócios, bem sei que isso com um golo ao SLB é completamente esquecido mas podia se evitar todo este problema, resolvendo-o internamente sem grandes "fugas de informação". Para já não falar da entrevista do presidente à sportingtv que dou essa de barato, a noticia de hoje do jornal A Bola (mais uma vez este jornal) que fala da recusa (e quanto a mim completamente compreensível devido ao problema da lingua) do Jogador em assinar a nota de culpa.
Tendo dito isto, pergunto-vos se é fácil fazer compreender a um jogador que pede um aumento de vencimento (porque acredito piamente que a vontade do jogador é continuar no clube) e a resposta é negativa, vê o clube que lhe recusou esse tal aumento oferecer por outro avançado mais do triplo que lhe paga actualmente. Infelizmente para nós, e acreditando em comentários deixados neste espaço o FCP prepara-se para contratar um avançado muito melhor que Slimani.
Em suma, nestas entradas e saídas, neste momento ficamos mais fortes na frente mas mais fracos atrás, saindo Wiliam não me parece que iremos ao mercado compensar a saida, saindo Slimani é obrigatório ir ao mercado!
Saudações Leoninas

6 comentários:

anonymus disse...



LR

O Slimani está numa situação igual, â de um empregado que já está há um certo tempo numa empresa, onde provou o que vale e que vê chegar um outro para fazer o mesmo trabalho e que vem ganhar mais, sem ainda ter provado nada ou quase no futebol.

É perfeitamente legítimo que ele peça mais. E depois é uma pedido natural feito por alguém que ultrapassou em campo, tudo o que se esperava e logo no primeiro ano.

É verdade que há um contrato assinado entre o jogador e o Sporting, mas os aumentos salariais durante a sua vigência, sempre existiram no futebol.

É preciso compreender que um aumento de salário condigno, não serve só para se viver melhor. Serve também (e de que maneira!), como prova de reconhecimento do seu valor da parte patronal.E isto no plano profissional, é muito importante.

É verdade, que ter sensibilidade para se analisar casos como este, não é para todos.

Talvez, agora que ele e o Sporting entraram em colisão, seja intenção da parte do BdC transferi-lo e com o dinheiro realizado, contratar outro.

Mas quem é que garante que aquele que vier irá ter um rendimento em campo, igual ou parecido ao do Slimani?

Quem é que também garante, que o seu substituto não irá ter as mesmas exigências passado algum tempo ou que não será um flop?







J.Heleno disse...

Mas está tudo doido??

O jogador assinou um contrato há menos de um ano!
O Sporting apostou nele, um ilustre desconhecido, que veio ganhar bem mais do que ganhava no seu anterior clube.
Fez uma primeira época em que marcou 10 golos e foi titular em metade dos jogos.
É legitimo ter a expectativa de ser aumentado, aliás, não conhecendo o contrato de trabalho, mas tendo por principio aquilo que é a "praxe" nestas lides, muito provavelmente o contrato prevê o aumento salarial mediante determinadas condições. Se não o prevê, na altura da negociação o jogador e o seu empresário deviam ter clausulado tal ponto.

Agora questão diversa é EXIGIR um aumento imediato, sob pena de forçar a saída, utilizando para isso a imprensa como forma de pressionar. Isso do meu ponto de vista é de todo inaceitável, seja num clube de futebol ou em qualquer organização.

É óbvio que gostava que o Slimani ficasse, apesar de não ser um ponta de lança extraordinário, inferior por exemplo a Liedson e RW, tem qualidades importantes para o nosso campeonato. E a sair, é certo que temos de nos reforçar de preferência com um jogador mais completo.

leao revisor disse...

J.heleno

Fico muito satisfeito que finalmente dêem algum valor ao ricky.

J.Heleno disse...

Finalmente???
Por não concordar com a maior parte das suas opiniões, não me confunda com outros que criticaram tudo e todos.
O RW é, do meu ponto de vista, um bom avançado, bastante superior ao Slimani.

A diferença é que o RW foi caro e foi vendido em desespero de causa, ao passo que o Slimani foi bastante barato e pode vir a permitir um bom encaixe financeiro.

J.Heleno disse...

Mas friso que trata-se de uma opinião pessoal, do estilo de cada um dos jogadores.
O Liedson, por exemplo, era bem superior a ambos...

Ferreira disse...

Comunicado
"A Sporting Clube de Portugal, Futebol, SAD informa que, no âmbito do processo disciplinar instaurado contra o jogador Islam Slimani, pelo incumprimento de deveres contratuais, o atleta reconheceu, ontem, sexta-feira, que não agiu de forma correta e profissional, mostrando-se arrependido pelo seu comportamento, tendo, no dia de hoje, sábado, formalizado o reconhecimento da sua culpa.
Como consequência, a Sporting SAD decidiu reintegrar o jogador nos trabalhos da equipa principal, na próxima segunda-feira, sem prejuízo do prosseguimento do processo disciplinar e consequente aplicação das sanções disciplinares que forem decididas."