segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Actualidade

Começo pelas modalidades, esta semana perdemos em Andebol, resultado que não se esperava mas que em nada coloca em causa as nossas hipóteses de vencer o campeonato, mas será algo para pensar e não voltar a repetir. Em futsal vencemos convincentemente por 11 a 0.
Sobre estas duas modalidades tenho que só referir mais duas coisas, a 1º é a abertura de um inquérito a Paulo Fernandes e Miguel Albuquerque 9 meses depois das suas declarações, e em vésperas do Derby SLB vs SCP, "coincidencia" claro!
A outra nota sobre as modalidades é o arquivamento do processo ao jogador do FCP que jogou frente ao nosso clube na 1º jornada do campeonato de andebol com 3 jogos de castigo da época anterior... Ai se fosse ao contrário...

Sobre a relva, dizer que está horrível já todos sabemos. Dizer que a forma como o estádio está construído não facilita em nada a manutenção do estado na relva também já todos sabemos. Dizer que a equipa de futebol não pratica bom futebol e joga sobre brasas idem. Então se juntarmos a "fome" à "vontade de comer" o resultado só poderá ser um!
Não sei se trocar o "tapete" será a solução, sei que algo terá que ser feito e urgentemente para proporcionar melhores condições aos jogadores para não terem desculpas para falharem um passe de 2 metros, não conseguirem fazer um cruzamento para a cabeça dos avançados a menos que a bola esteja parada, não conseguirem fazer uma mudança de direcção sem escorregarem primeiro.
Talvez colocar um relvado sintético de ultima geração, do mesmo género daquele que jogamos na Rússia à uns anos para a liga dos campeões, seria uma boa hipótese. Assim não havia a desculpa dos 10 graus a mais no topo Norte do estádio.

Este ultimo ponto já me referi a ele por duas ocasiões, o SCP joga muito melhor e atinge muito mais facilmente os seus objectivos quando desloca Veloso para a esquerda. Não só porque passa a ter alguém na esquerda que ataca também e não se limita a defender como fazem Grimi e André Marques, mas porque com a entrada de Adrien para o meio passamos a ter alguém que dá bastante mais luta ao adversário, é bastante agressivo o que "contagia" os restantes colegas.
Notei com agrado também o 4x3x3 nos últimos 10 minutos de jogo. Penafiel não pode servir de exemplo para nada, mas foi o nosso melhor período, tivemos mais e melhor posse de bola. Se isso se deveu à quebra do Penafiel ou ao crescimento do SCP... É algo que terá que ser tirado a limpo nos próximos jogos se o sistema táctico voltar a ser testado.

Saudações Leoninas

PS: Acabei por não referir o ponto mais importante de todos, na época em que ficámos a um ponto do FCP (a tal da mão do ronny), foi dos jogos em que mais senti o orgulho em ser Sportinguista ao ouvir e ao cantar juntamente com os mais de 45 mil que enchiam o estádio "até morrer SCP allez" apesar de nada termos ganho. Isto para dizer que não irá existir um Presidente, um treinador, uma classificação, uma derrota, um resultado de uma AG que me fará entregar o meu cartão de sócio... Serei até MORRER!

33 comentários:

André Cruz disse...

http://www.sportingapoio.com/noticias/artigo-de-ze-diogo-quintela/

um dos melhores artigos que li até agora sobre a falácia do orçamento.

SOS Sporting disse...

Caro LR,

Que não estamos de acordo em muita coisa, já todos sabemos.

Agora queria dar-lhe um conselho: A questão que se coloca hoje em dia não é a de sermos do Sporting até morrermos. Acho que a questão que temos de começar a colocar, é a de sermos (ou não...) do Sporting até ELE morrer.

Começo a ficar convencido que a nossa estimativa de vida tem sérias hipóteses de ser superior à da Instituição Sporting Clube de Portugal. Ou, pelo menos, com a grandeza e importãncia a que estamos habituados.

Espero estar enganado.

SL.

Leão sem Palas disse...

Caro LR,

Pela parte que me toca, também nunca entregarei o cartão.

Mas que estamos uma merda, estamos.

Não sei se reparaste mas o gajos do penafiel estavam a morrer nos tais 10 m de jogo (lembra-te das caimbras).

O 433 seria uma boa alternativa se fosse treinado durante a semana.

Quanto ao Adrien, é evidente que tem muito potencial mas o teu querido PB ainda não percebeu, assim como há 3 anos demorou meia época a perceber que o Veloso deveria ser titular, mas enfim.....

Quanto ás amadoras e aos 2 casos que referes no inicio do teu post, apenas demonstra a fragilidade directiva do SCP. JEB não teria uma palavra a dizer sobre isto? Se não fala de futebol nem do passivo, pelo menos que diga algo sobre futsal ou andebol.

SL

Carlos disse...

bom artig....dou especial enfâse a ideia de pormos um relvado de relva natural com relva sintéctica, adoptado por clubes da europa do leste principalmente

Anónimo disse...

É mesmo isso! A questão que se põe não é ser do Sporting até morrer... todos seremos, mas de facto a questão é não deixar morrer o Sporting!

Que está longe de morrer está, mas que está muito doente... está! Pouquissima gente no estádio e desconfio que muitos já nem na tv vêem...

Tenho criticado o PB e muitos dizem que isso é falar mal do Sporting... não é! É criticar o treinador de futebol!

Volto a frisar, tenho simpatia por ele e estou lhe grato pelos troféus ganhos! Mas chegou ao fim do seu ciclo e já há alguns meses...

Ontem ficou visto mais uma vez! Mas o Liedson ainda vai disfarçando algumas coisas... Pontapé prá frente, inspiração e motivação zero!

JCS

Ps: Já agora digo ao PB, se a culpa do do relvado não é dele (que não é, obviamente) de quem é a culpa do estado do futebol(?) do Sporting? Minha ou do gajo da relva?

Anónimo disse...

Concordo em absoluto que hoje a melhor solução para a laterla esquerda é MV e que o crescimento de Adrien justifica a sua entrada para nº6. Apesar de não ser tão fino como MV, tem mais voluntariedade e contagia todos os outros. Melhor dito, obriga todos os outros a correr.

PS: mais depressa morreremos todos nós que o Sporting Clube de Portugal.

Assina: Sporting Sempre

Anónimo disse...

O cartão de Sócio é propriedade do BES.

Foi entregue na sede do BES?

Anónimo disse...

Só para responder à última questão.
Eu prefiro entregar o meu cartão do que pactuar com aqueles que andam à muitos anos a roubar o meu clube.

Anónimo disse...

Caro Leão Revisor,
Não queria acrediatr no que já li em vários blogues sportinguistas.
Que você e um Verde CDV estavam ao serviço do Sporting.
Já tive a oportunidade de trocar algumas impressões consigo no Site de Apoio; isto antes da AG e não me pareceu nada disso.
Não frequento a blogosfera há muito tempo, mas assim é complicado.

Assina: Sporting Sempre

Anónimo disse...

Mas afinal de contas quem é que anda a roubar o Clube à muitos anos??!
A teoría da conspiração e os falhanços por parte de falhados em alcançar o poder é que andam por aí à muitos anos!

O Sporting tem um Conselho Directivo, uma Comissão Executiva e um Conselho de Administração da SAD constituído por Sportinguistas de grande valor, pessoal e profissionalmente, acima de qualquer suspeita!

leao revisor disse...

Sporting Sempre

Voce pode acreditar no que entender, mas o argumento de que trabalho para o SCP já é antigo.

Alias o argumento é para mim e para aqueles que não têm a opinião generalizada aqui da blogosfera.

JL disse...

Hoje cumprem-se 4 anos dum treinador que é o espelho da política da SAD para o futebol: Mais ou menos. Não dá espectáculo, mas tirando um ou outro jogo, também não passa vergonhas (acham eles). Não ganha nada de relevo, mas sempre vai ganhando alguma coisinha (excepto o ano passado).

O que precisamos de meter na cabeça, especialmente agora que abrimos as portas a venderem o que sobra do SCP é que JEB e a Direcção estão-se a marimbar para os campeonatos e para o futebol bonito. Antes de Roquette inaugurar a moda do “financeiro-bem” vir da Linha ou da Herdade do Esporão ao Sábado ver o futebol, esta rapaziada ia ver o golfe (aliás, o Franco manteve essa paixão, chegando a faltar, enquanto Presidente do SCP a jogos para a poder satisfazer e acompanhar).

Quando o SCP der o estoiro, eles voltam para a Linha e vão ver outra coisa qualquer.

Não esperem que uma Direcção composta pelas mesmas pessoas que acham que o que se passou com o Bayern Munique “é normal” e “não é vergonha nenhuma” seja sensível à competitividade no futebol.

Sem papas na língua: O futebol do SCP serve hoje em dia como a cenoura à frente dos burros (nós, entenda-se). Vai-se prometendo investir “mais um cheirinho” em troca de irmos passando o que temos para passar: há dias a SCS, depois a Academia, depois emitir uns títulos, depois o Estádio.

Para este efeito, o Bento chega bem: não chateia, faz o trabalho dele (mal), o do Ribeiro Telles, do Pedro Barbosa e até do Presidente (melhor), é mais barato que um treinador à altura dos nossos pergaminhos e é bem mandado.

Quando daqui a 3 anos não houver património, o passivo for 500 milhões de Euros, andarmos pelo 5o lugar e o Pedro Silva continuar a ser titular, JEB e a rapaziada saem para comprar tabaco e não voltam.

E é isto a nossa vida.

SL

Anónimo disse...

Bela análise, JL.
Mas a situação tem que se inverter. Vamos ver quando e à custa de quem ...

Anónimo disse...

Quem anda a roubar? É fácil a resposta.De certeza não são aqueles que estão contra este estado de coisas.São simplesmente aqueles que engrossaram as dívidas ao longo destes anos todos que estão no poder.
Como achamos que isto está a ser gerido,com gestores "credenciados" que aumentam o défice,mesmo vendendo património?

Anónimo disse...

JL,

Filipe Soares Franco é um apaixonado pelo desporto, em geral. Todavía, o golfe não é a sua modalidade de eleição. A sua modalidade preferida é o ténis, sendo ainda hoje e apesar dos problemas nos joelhos um jogador de bom nível.
Por acaso é crime ir assistir a uma final de um open de golfe disputado em Portugal??

E tu? Nem ao futebol vais! Só sabes é dizer mal e deitar abaixo!
Se calhar nem sócio és...e se o fores porque não regressas de Macau e começas a preparar uma lista alternativa?
Dizer mal e criticar é fácil. Apresentar soluções credíveis é que é mais complicado...

JL disse...

Não é crime nenhum, mas sendo ele Presidente do SCP, faltar a um jogo do Clube a que preside para ir ao golfe é capaz de ser aborrecido.

Meu caro anónimo, sou Sócio sim, e um Sócio não ir por estar a 17.000 kms do Estádio é capaz de ser mais aceitável do que um Presidente não ir porque não lhe apetece.

Continue com a diatribe sobre "quem está fora não pode falar", é um tributo aos Sócios de fora de Lisboa e aos emigrantes em geral. Suponho que lhe repugne que possa votar à distância, também.

Não tenho que preparar lista nenhuma para ter direito ao desagrado. Está satisfeito com a justiça, a educação, a saúde, o governo? Se não está, pela sua lógica, só pode criticar se se candidatar.

Já percebi que o seu discurso vai no sentido de minar a minha legitimidade para a crítica relembrando aqui que estou à distância, que estou em Macau, etc. Não se esqueça é duma coisa: Estou a par do que se passa no Clube, vejo os jogos todos, leio os jornais todos e acompanho a vida do Clube quase em tempo real.

No meu caso, isso significa que seguir o SCP com a paixão que tenho por ele me mantém a pé para ver os jogos ás 3, 4 e 5 da manhã. Significa que já viajei a Portugal por causa do SCP. Se para si, isso me torna menos legítimo para participar na vida do CLube e criticar o MUITO mal que se tem feito, estamos conversados.

SL

Dezperado disse...

Epá se criticam tanto o JEB por utilizar o discurso do coitadinho, sugeria aos sócios e apoiantes para mudarem o discurso também. Só se fala do "quando o Sporting morrer", mas alguém aqui acredita nisso??????
Ou também gosto do "estão-nos a roubar o património do nosso clube", também é uma afirmação que as pessoas primeiro deveriam saber do que estão a falar, para depois opinarem. Olhem para as contas do nosso clube e depois digam se é só a SAD que está na bancarrota. Se o nosso Clube não estava a precisar de receitas como pão para a boca.

Parem com discursos pessimistas e derrotistas, não jogamos nada é um facto, mas com este tipo de discurso não mostramos a garra e paixão que tanto pedimos aos nossos jogadores.

Esperem pelo fim da época e depois podem fazer o discurso do "eu já sabia, eu avisei" porque o mundo do futebol dá muitas voltas e pode acontecer muitas surpresas lá para a frente.

SL

Anónimo disse...

Caro Dezperado,
Tenho a mesma opinião que você.
Acho que fiquei muito perto de si na ultima AG. Você disse que estava ao lado do Dias da Cunha e eu estava na fila da frente.

Assina: Sporting Sempre

SOS Sporting disse...

Para os mais 'rígidos', quando referi que o Sporting poderia estar em risco de ter uma esperança de vida inferior ao comum mortal (leia-se, nós...), referia-me, obviamente a acabar tal como o conhecemos! Como Clube grande, que procura sempre jogar para ganhar, sempre candidato, etc, etc, etc.

Penso que só não compreende o que eu quero dizer quem não quer, e aliás o passado recente no que a orçamentos diz respeito já nos coloca numa posição de «semi-grande»... ou não? Não tem sido isso que se tem discutido? Estarmos entre os 40ME dos grandes (onde obviamente já não nos encontramos...) e os 5 a 10ME dos «outros»?

Já não é a primeira vez que aqui refiro que o Sporting já não é um grande Português mas sim o «Atlético Madrid Português»!!! Para bom entendedor...

SL.

Anónimo disse...

O Sporting está a morrer.

Quando morrer mesmo, ou seja, quando for privatizado, também eu entrego o meu cartão de sócio.

leao revisor disse...

Esta é a nova cassete de alguns...

"o SCP está a ser privatizado, vou entregar o meu cartao de socio".

O SCP está a ser privatizado desde a formação da SAD, deu jeito quando os "parolos" andaram lá a meter (dar) dinheiro, agora que começam a querer algo em troca... Toca das "virgens" entregarem os cartoes de socio!

Façam como o adeptos do Man United formem um clube, já que o deles foi "privatizado" e tambem deve ter morrido.

JL disse...

Caro Leão Revisor,

Começaram por ser meia dúzia, agora são mais uns quantos. Não defendia a posição de PB "só faz falta quem cá está" e a de FSF "Quero um Clube sem Sócios"?

Então continuem o bom trabalho, dentro e fora de campo, estão a conseguir.

SL

Anónimo disse...

O problema desta "pouca" gente que escreve na blogosfera e gosta de apanhar as frases mais bombásticas dos vários presidentes e depois as decontextualiza, é não conseguirem destinguir as coisas. Tal como diz o LR agarram-se a CHAVÕES para criar a confusão e o pânico. E esta última da "PRIVATIZAÇÃO" e da "GERAÇÃO DA DIVIDA" é de certeza para rir. E depois ainda ameaçam com a entrega dos cartões de sócios. Nada de novo, pois ao longo dos tempos têm entrado e saido muitos milhares de sócios.
A PRIVATIZAÇÃO, como bem diz o LR já começou há alguns anos com o advento das SAD's. E todos sabemos porque razão foram criadas. Foram-no porque os clubes estavam a esgotar as suas fontes de receita: bombas de gasolina, bingos, terrenos oferecidos pelas autarquias, etc. Isto porque os clubes portugueses foram sempre deficitários e tiveram sempre problemas de tesouraria. Assim era necessário injectar capital e ninguém dá nada a ninguém de borla. Logo só ficando com acções do clube é que poderia haver investidores.
A "GERAÇÃO DA DIVIDA" é mais um mito, porque a divida já vem de há mais de 30 anos, até nem sei se o clube algumas vez não teve endividado. Portanto esta geração já vem de muito longe. Se quisesem ser mais correctos poderiam quando muito dizer "GERAÇÃO QUE AUMENTOU AINDA MAIS A DIVIDA". O problema maior do clube não é ter uma grande divida, mas sim não ter activos que cobram os passivos.
Quando aludimos a determinados assuntos deviamos ser rigorosos e colocar todos os dados na mesa.

Assina: Sporting Sempre

JL disse...

Caro Sporting Sempre,

Eu que sou uma dessa "pouca gente", como desdenhosamente chama a quem não propugna o plano "vender tudo" preconizado por FSF e agora implementado por JEB, até vou mais longe no rigor terminológico que (bem) exige: Não há privatização no SCP porque ele nunca foi público, só tem utilidade pública.

Quanto ao continuar da dívida, importar frisar que quando a geração Roquette pegou no SCP, este tinha dívida, mas tinha património imobiliário. Esse património era vasto, bem mais vasto do que o valor da dívida e era todo nosso, não estava hipotecado a nenhum banco. Portanto, se quer ser rigoroso e desculpar a geração da dívida com a tese de que ter dívida não é necessariamente mau, o que é mau é não ter com que a pagar (o que não deixa de ser verdade), então eu saliento que a responsabilidade de não termos activos com que cobrir o passivo é da geração da dívida, como agora se lhe convencionou chamar.

O que é verdadeiramente importante reter é que nada disto importa. As mesmas pessoas que conseguiram vender todo o património imobiliário do SCP e ainda assim aumentar o passivo em 20 vezes apresentaram-se a eleições e venceram com 90% dos votos.

As mesmas pessoas que valeram ao SCP a mais humilhante derrota da sua história foram afiançadas aos Sócios "forever". Ficaram com o apoio de 90%.

As mesmas pessoas que pediram há poucos anos o património para a SAD a troco dum "Sporting Europeu" voltaram a pedir património num contexto em que o SCP "interno" vegeta a 10 pontos do líder. Deu-se-lhes mais património com 74% de aprovação.

Se estas pessoas vão ser o fim do Clube como o conhecemos, i.e., como Clube de base associativa com participação dos Sócios, se o vão converter numa sociedade a meias com o Joaquim Oliveira e o Pedro Baltazar, sociedade essa que uma vez por semana também joga à bola e tem uma equipa inscrita num campeonato, ou se pura e simplesmente vão arruinar o Sporting, já começa a ser de somenos.

Seja qual for o destino do Clube, será o destino que os seus Sócios quiseram que fosse. Fizeram-se eleições, apareceu um candidato sem programa a prometer um treinador de mau futebol "forever" e sem programa aparente. Ganhou com 90%.

Fez-se uma Assembleia Geral a propor passar-se a marca SCP, os direitos comerciais SCP e os direitos de televisão sobre os jogos do SCP para a SAD sem se indicar por QUANTO é que se passava este activo. Passou com 74%.

Seja isso o que for, vai acontecer ao SCP o que a esmagadora maioria dos Sócios quis que acontecesse.

Quando se vendem coisas sem se saber por quanto, há que convir que não há desfecho final que seja injusto, por mais sombrio que ele possa ser.

À larga maioria: assim quiseram, assim tiveram. Agora é deixar andar.

SL

Anónimo disse...

JL,

Vai tratar do Sporting de Macau e não chateies!!

JL disse...

Anónimo,

Pode escrever isso as vezes que quiser, insultar quem anda fora do seu país com essa sua visão de "para te queixares, tens que viver em Lisboa", as vezes que lhe apetecer, que eu não ligo.

Continue a vir aqui indicar que estou em Macau. Quando me explicar em que eu estar em Macau torna a situação do Clube menos calamitosa, eu agradeço.

Até lá, vá tratar do que lhe apeteça e não me chateie é a mim.

SL

Anónimo disse...

Caro JL,
Não chamo "pouca Gente" com desdém. Chamo porque efectivamente são poucos. Basta ver a votação das eleições e das AG's. O que me parece é que a maioria dos que opina na blogosfera não é sequer sócio e os que são não votam em eleições ou em AG's. Por isso representam muito pouco no universo leonino. Mas isso não lhes retira o direito de opinar e esplanar as suas ideias. Gostava era que uma grnde maioria dos bloguistas não chama-se á outra minoria ( porque quem defende este plano e está com JEB é de facto uma minoria AQUI NA BLOGOSFERA)de segudistas, carneiros, vendidos e outros mimos. Com esse tipo de sportinguistas não debato ideias.
E como bem diz uma maioria relativamente grande sufragou o JEB e o seu Plano, portanto democraticamente têm luz verde para avançar.
Alguns têm medo que o clube fique em mãos estrangeiras como o MU ou Chelsea. Mas se formos constatar foi depois dessas injecções de capital externo que os clubes ficaram maiores e mais ganhadores e que se saiba os adeptos nunca abnadonaram o clube e ainda têm mais fervor clubistico. Acho que qualquer investidor procura rentabilizar o seu negocio e quer que o clube seja cada vez maior e tenha mais êxitos e mais sócios.
Veja-se o crescimento do MU. Temos o outro lado da moeda que se chama Ecletismo e isso não gostaria de perder no Sporting. Mas como não acho que venhamos a cair em mãos estrangeiras ou nacionais dormo descansado.

Assina: Sporting Sempre.

JL disse...

Caro Sporting Sempre,

Não preciso de temer o Clube em mãos estrangeiras, quando há mãos nacionais tão ou mais perigosas que o podem agarrar.

Está coberto de razão: a Direcção tem luz mais que verde para avançar (com a SCS, que a Academia e os VMOC's não estão aprovados).

Mas democraticamente, a minoria da blogosfera, de bloqueio, o que lhe queira chamar, também tem direito a verbalizar a sua opinião.

Aí é que está o fulcro da diferença. A maioria acha que é hora da minoria se calar e apoiar, mesmo que seja flagrantemente contra.

Mas a minoria pelos vistos tem esta tendência prepotente (na opinião da maioria)de achar que não tem que se calar só porque a maioria quer.

São opções.

Sl

Anónimo disse...

Caro JL,
Não mando calar ninguém, nem quero que se calem. Agora também não acho bonito essa coisa de ameaçar com entrega de cartões e outras coisas piores. E sim, acho que todos devemos apoiar o nosso clube, mesmo não concordando com a direcção vigente. Pois se não formos nós a apoiar, quem apoiará?

Assina: Sporting Sempre

JL disse...

Caro Sporting Sempre,

Quanto ao "apoiar, mesmo que não se concorde", tem a consciência que descreveu o paradigma do "seguidismo": "eu até acho isto mal, mas como eles têm um blazer com o símbolo do SCP, é melhor eu bater palmas".

Os Sportinguistas não são pavlovianos e chega a um ponto em que para as medidas e as pessoas merecerem apoio é preciso mais do que o simples facto de serem medidas e pessoas do Sporting.

Caramba caro Sporting Sempre, se o Bettencourt quiser vender o seu carro e não lhe disser por quanto é que o vai vender nem o que vai fazer com o produto da venda, você dá-lhe carta branca só porque ele tem um curso de economia, trabalhou num banco e é do SCP?! É óbvio que não! O património do CLube é SEU, é dos Sócios todos, porque é que o há de tratar com mais displicência do que trataria a sua casa ou o seu carro?

SL

Anónimo disse...

Caro JL,
Acha mesmo que isso é o paradigma do "SEGUIDISMO". Então já todos fomos SEGUIDISTAS, pois em vários momentos estivemos contra o rumo do nosso clube ( e se falar no futebol, é fim de semana sim, fim de semana não). Não entre por aí, porque de certeza que não vai conseguir fazer vingar essa teoria.
A minha é mais simples: Até posso não concordar com o caminho seguido, mas o que nunca deixarei é de apoiar o meu clube com a minha modesta contribuição. Porque afinal o clube fica ( NÃO, O SPORTING NÃO VAI ACABAR, POR MAIS QUE ALGUNS TEIMEM EM AFIRMAR ISSO ) e os dirigentes, treinadores e jogadores passam. E no final o que conta para mim é que contribui para que o clube fique para sempre. Esta é a minha visão de sócio do Sporting.

PS: Alguns compram camisolas e escrevem os nomes de jogadores, presidentes ou até o seu ( deles). Eu compro camisolas e só quero lá o nome do SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, porque esse é FOREVER.

Anónimo disse...

Caro JL.
O ultimo comentário é meu.

Assina: Sporting Sempre

JL disse...

Caro Sporting Sempre,

Tenho a certeza que entusiásticos adeptos do Boavista tiveram a mesma fé na perenidade do Clube que o meu caro amigo tem na do SCP.

Acho que seguidista é quem bate palmas a tudo o que tiver o símbolo do SCP por trás sem critério e independentemente da bondade das decisões associadas , e dou-lhe um exemplo do perverso que isso é:

Eu torci CONTRA o SCP no processo do Iordanov, apesar de ser fanático pelo SCP. Porque recusar a justa despedida ao capitão, a um profissional digno e um homem que se dedicou ao Clube é errado, e não há símbolo do SCP que torne isso correcto. Neste contexto, para dar apenas um exemplo, sou da firme opinião de que presta melhor serviço aos valores que fazem o SCP quem é capaz de se opor a ele do que quem diz: "se os dirigentes do SCP fazem, então está certo e o Iorda que se lixe".

O SCP só está certo e acima de tudo na justa medida em que se comporte como entidade idónea e de acordo com os valores de quem o fundou.

Ser seguidista é não ver isto. Ou vendo, engolir e bater palmas.

Atenção, eu não o chamo de seguidista, a sua posição é uma como qualquer outra e mesmo que fosse, ser-se seguidista não tem juízo de amoralidade ou imoralidade associado ao termo (pelo menos para mim). É simplesmente operar e agir na presunção de que o SCP faz pela mão dos seus dirigentes, então é bem feito.

Como já tenho 20 vezes de passivos, muitos Kmets e Tiuis na memória, não opero sob essa presunção e o SCP e os seus dirigentes têm razão...quando têm razão. Se a têm poucas vezes, isso devia dar que pensar. A todos.

SL