segunda-feira, 12 de outubro de 2009

AG - Não adiar o futuro

Não vou discutir os pormenores do segundo ponto da AG de amanhã. Vou somente fazer dar a minha opinião sobre o assunto.

Antes de mais gostava de dizer que eu não vejo o Sporting Clube de Portugal dividido em Clube e em SAD, para mim o Sporting é uno e indivisível. Não faz sentido um Sporting sem o futebol, nem a SAD sem o Sporting.

Posto isto parece-me de especial relevância duas situações:

1º - A proposta de reestruturação financeira, assenta (neste momento, porque com FSF e numa primeira fase não era assim) na permissa que o Sporting Clube de Portugal fica directa e indirectamente com a maioria do capital da SAD.

Este ponto é essencial, porque todos os que falam num possível enfraquecimento do Sporting em relação à SAD (como expliquei anteriormente não percebo uma coisa sem a outra), podem ficar com a certeza que as decisões fundamentais da SAD serão tomadas pelo Clube. Como se costuma dizer, para criar a divisão, serão os accionistas a decidir. É verdade que sim, mas o clube é o accionista maioritário o que defende os interesses do Sporting Clube de Portugal e da SUA SAD. Dou um exemplo que muitos falam, daqui a 10/15 anos e porque uma qualquer imobiliária oferece ao Sporting 500 milhões de euros (quem nos dera!) pelos terrenos da academia, é o Sporting que decide o que fazer a esse montante.

2º -as eleições foram à pouco tempo e nessas eleições, onde os resultados eleitorais foram significativos, a proposta do JEB passava por manter, com alterações, o plano de reestruturação que já estava delineado. As alterações que JEB pretende implementar são naqueles pontos onde existia mais discórdia, e de forma a que todos se pudessem sentir mais confortáveis com a solução apresentada.

Parece-me essencial que o Sporting, neste momento, não volte a marcar passo no seu trajecto, andamos a fazê-lo à muito tempo, os sócios confiaram no JEB à pouco mais de 4 meses, esse foi o rumo definido, deixemos então que se percorra esse caminho.

Acho que não devemos mais uma vez adiar um assunto primordial, e que sem ele resolvido, não tenhamos ilusões, com PB ou qualquer outro a nossa equipa de futebol nunca será tão competitiva como a dos nossos adversários e JEB tem feito o que prometeu nas eleições, tenta aproximar os sócios do clube, tudo está muito bem encaminhado no que respeita ao pavilhão ser junto ao estádio, resolveu a questão do IORDA que tanto nos envergonhava, falta agora a parte financeira.

Peço a todos que compareçam na AG, principalmente aqueles que habitualmente não vão por mera comodidade, o nosso clube precisa de todos e de todos sem excepção. Precisamos de acabar com a guerrilha interna que se estabeleceu no nosso clube e juntos lutarmos todos para o mesmo lado.

Posto isto, penso que é claro para todos que o meu voto será a favor.
Saudações leoninas

56 comentários:

JL disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JL disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JL disse...

A respeito deste post, gostaria de destacar algumas mentiras (O caro Informador que desculpe o termo, mas é mesmo o que são):

1. "O clube é o accionista maioritário o que defende os interesses do Sporting Clube de Portugal e da SUA SAD."

É preciso ter a honestidade intelectual de enfrentar os factos. O clube tem a maioria do capital, é verdade, mas não tem a maioria dos votos, devido a 2 factos:

a) A sua participação está dividida: parte das acções são detidas pelo próprio Clube, as restantes pela SGPS; e

b) Por esse facto, há limitações na contagem dos direitos de voto da participação do SCP na SAD.

O Sporting vota hoje em dia com 24% dos votos. O resto dos accionistas vota (potencialmente) com 32%. O Sporting hoje em dia vota em minoria e não tem, sozinho, as rédeas do destino nas mãos.

No entanto, com 24% dos votos, é mais provável conseguir bloquear os votos dos demais accionistas, que se precisam de concertar em bloco.

Assim, qualquer solução que passe por diluição da posição accionista do CLube de 68% para 50,1% só nos coloca ainda mais nas mãos de outros accionistas.


Isto não é uma teoria da conspiração, isto é o que resulta da lei e de simples cálculo matemático. É um facto.

2. Face a tal facto, isto também é mentira:

"daqui a 10/15 anos e porque uma qualquer imobiliária oferece ao Sporting 500 milhões de euros (quem nos dera!) pelos terrenos da academia, é o Sporting que decide o que fazer a esse montante."

Quem decide são os accionistas, e não os Sócios. Assim, se os accionistas deliberarem que estes 500 milhões são para distribuir como lucros pelos accionistas, lá serão eles distribuídos. E NENHUM Sócio pode dizer NADA.

O SCP tem direito de veto, isso é verdade. Mas só o exerce se quiser.

Trocando por miúdos: Como estamos, decidimos NÓS o destino do património. Aprovando, decide o Bettencourt (i.e., decide o BES).

3. "JEB tem feito o que prometeu nas eleições".

Para dizer isto é preciso ter alguma falta de vergonha.

Onde esteve o plantel fechado até ao jogo com o Twente?

Onde está o fim do discurso do coitadinho?

Onde estão os jogadores para "entusiasmar"?

Tudo promessas. Tudo mentiras.

Por fim, a maior mentira de todas, que não está escrita, mas está implícita: Os SÓCIOS do SCP continuarão a ter uma palavra a dizer sobre como se gere o património do Clube, diz-nos, nas entrelinhas, o caro Informador.

A passagem do património do CLube para a SAD significa que as decisões quanto a ele passam a cabe r às AGs da SAD e não do CLube.

Ora, o SCP, como accionista da SAD pode dar o destino que quiser ao montante que resulte do património.

A diferença fundamental, é que para o fazer HOJE, tem que nos perguntar se pode e se nós queremos. Com a aprovação da passagem do património, passa a não ter que dar cavaco a ninguém.

O SCP NÃO TEM QUE AGENDAR AGs DO CLUBE PARA OS SÓCIOS DELIBERAREM SOBRE O QUE SCP DELIBERA NA AG DA SAD.

O SENTIDO DE VOTO DO CLUBE NAS AGs DA SAD CABE À DIRECÇÃO DO CLUBE, NÃO AOS SÓCIOS.

DEIXAMOS DE TER UMA PALAVRA A DIZER. PONTO FINAL PARÁGRAFO.

Caro Informador, se quer isto, vote sim. Se não quer vote não.

Não minta é as pessoas, que isso é aborrecido.

SL

SOS Sporting disse...

Dão tantas voltas e voltinhas, e pontos de vista e prespectivas à coisa... que 99% das pessoas não fazem ideia o que pensar!

Mas chego a algumas conclusões:

1º O super JEB-saltitante ganhou as eleições com um resultado inegável! Tinha lá algum asterisco a dizer que se isto não fosse aprovado em AG o clube ficaria ingovernável? E o que fará ele se esta situação não andar para a frente? Nada como até agora? Mamamos com o PB mais 3 anos só por castigo?

2º É tudo tão pouco esclarecido, parece que há (e não é de agora, já na altura de FSF era igual...) uma vontade tão grande que a maior parte das pessoas não percebam realmente o que se vai passar se esta situação for aprovada... que o resultado sabem qual é? Não quero nem saber!!! não vou lá votar, porque nunca o iria fazer em consciência!!!

Agora virem com o argumento que continuaremos nesta miséria e com esta miséria de plantel e pseudo-treinador se não se aprovar a proposta... é no mínimo estar a gozar com a minha cara!!!

Mas como são uma dúzia de 'lord's' que decidem o futuro e o presidente e afins... depois admirem-se que quando os sócios ainda têm algum (pouco) poder de decisão... vos mandem à merda!!!

Eu como sócio constato o seguinte: Nunca, mas nunca houve vontade real das direcções de justificar e explciar exactamente o que irá suceder em termos de independência e governabilidade do Clube e SAD se esta proposta for avante!

Da minha parte não levarão para os vossos amiguinhos mais nenhum cheque em branco!

SL.

JMAST disse...

Caro JL:

Excelente como sempre.

Obrigado por defender os interesses do sócios e do próprio Sporting Clube de Portugal.

SL

JL disse...

SOS Sporting:

Ainda liga ao que JEB diz?

Disse que não se ia candidatar.

Disse que abdicava receber 50% do que recebia no Santander sem saber quanto é que a comissão de remunerações lhe ia atribuir. Se a comissão lhe desse menos, fazia o quê? Ia-se embora?

Disse que o plantel estava fechado até ao primeiro jogo com o Twente.

Disse que vinham jogadores para entusiasmar.

Disse que se ia acabar o discurso do coitadinho.

Lá dizer disse. Mas era mentira.

JEB é um balão de ar quente, sobe enquanto a pressão é menor. Quando sobe...rebenta.

JEB é mais inteligente que Franco, melhor falante e mais simpático. Mas como tem a mesma costela de mentiroso e manhoso, isso torna-o ainda mais perigoso. Salvo a comparação, faz lembrar o Sócrates: fleumático mas incompetente. Espalhafatoso, mas vazio. Emproado mas sem motivo. Anima as hostes, mas com o poder na mão é um ai-Jesus.

Quanto ao seu voto, urjo-lhe que não deixe de votar. Se não está convencido, então é votar não. Se eu não tiver a certeza se uma determinada medida me lesa, à cautela, vou lá remar contra ela.

Quanto à vontade de explicar, claro que não há. É que a verdade é o que escrevo acima:

Já somos minoritários no voto (e, neste momento, porque queremos); e

Aprovando-se, cumpre-se o sonho de Franco: o Sócio deixa de ter influência na gestão do Clube, só serve para pagar quotas e comprar camisolas.

(Ainda) depende de nós impedir isto.

SL

Rúben disse...

Caro JL,

Espero que amanhã use da palavra na A.G. para defender e explicar aos sócios os perigos que correm.
É um serviço que presta ao clube!

Saudações Leoninas,

Rúben

SOS Sporting disse...

Caro JL,

É óbvio que a mim o super-JEB-saltitante nunca me «enganou»... Aliás, deixo aqui mais um excelente exemplo do «nível» e capacidade de «gestão» (va-se lá saber do quê, exactamente...) do nosso super-cottonette-saltitante:

«Bettencourt admite fundo de jogadores
Hoje

Uma semana depois dizer que o Fundo de Investimento do Benfica "era um vergonha", onde, "se avaliavam jogadores como Javi García a 17 milhões de euros e júniores que ninguém conhece por cinco milhões", o presidente do Sportingt admite fazer o mesmo no Sporting.

No núcleo do Tramagal, Bettencourt , disse que essa "é uma medida sempre possível". Além disse, admitiu que falou com Dias da Cunha e que recebeu do ex--presidente algumas boas ideias para o project finance.» in DN.

Comentários para quê???

SL

MRG disse...

Informador,

"""Não vou discutir os pormenores do segundo ponto da AG de amanhã. Vou somente fazer dar a minha opinião sobre o assunto."""

Quando se recusa a discutir os pormenores que são, neste caso, os "pormaiores" que fazem toda a diferença, está tudo explicado.

E Sporting Clube e Sporting SAD são muito diferentes: enquanto no Sporting Clube está tudo a 100%, na Sporting SAD está tudo actualmente a 68% e, se o Projecto Financeiro for aprovado, a 50,1%.

JL disse...

SOS Sporting,

Mas com uma diferença: Como JEB já alertou para a sobre avaliação de activos neste tipo de fundos, o investidor que invista no do SCP já vai olhar para ele com maus olhos.

A boca grande de JEB presta mais um excelente serviço ao SCP.

Quanto à medida, não me espanta nada:

Para além de JEB consabidamente não ter palavra, ele já tinha ensaiado um projecto de fundo de jogadores, como se deve recordar: O Viana, o Quaresma e o Ronaldo estavam lá.

Valiam era menos que o Javi Garcia...somados.

JEB: Um grande gestor e um artista português. 90,44% não podem estar enganados.

SL

JL disse...

MRG,

Minoria de votos, já temos nós em potência.

Assim, amanhã decide-se é quão nas mãos dos Baltazares desta vida ficamos nós.

Decide-se ainda se queremos que seja JEB a decidir o que fazer com o património do nosso Clube, ou se preferimos ser nós a decidir isso.

Registo ainda que a Direcção do SCP acha que a passagem da Academia está já aprovada.

Para além disso não constar da Acta da AG de 28/05 (de onde só consta a interpretação jurídica dada pelo PMAG à votação - vale o que vale, e tendo em conta que o PMAG era o Alves, vale portanto pouco), é evidente que a passagem da Academia está sujeita à mesma maioria que qualquer outra passagem de património.

Quem entenda o contrário só pode ser uma de duas coisas:

1. ignorante; ou

2. da opinião (errada) de que a passagem da Academia não é da competência deliberativa da AG do SCP, mas antes do CD, caso em que não se percebe porque é que se votaria sequer a passagem da Academia em AG.

Mais uma artimanha para debater amanhã.

SL

Anónimo disse...

Não votei em jeb, e tb acho que o ciclo de paulobento está prestes a encerrar...

agora nao vejo soluçao mais credivel que esta...nem vejo nenhum dos que contestam a apresentar soluções.

incrivel é que alguns contestam e dps dizem que nao percebem bem o conteudo da proposta?!!!??? como se contesta o que não se entende????????? infelizes...

Mas enfim se é para cada vez ficarmos mais atrás dos lampioes e dos porcos e nao termos capital nem pa pagar chuteiras a juniores entao votem nao.

Eu quero um SPORTING com mais poder de investimento e esta é a souluçao viável, parecemos uns coitados ignorantes que tem medo de alterar alguma coisa que seja, mas dps falamos mal de tudo e todos porque nao alteram nada

Nao tenham duvidas esta é a melhor soluçao possivel para conseguirmos investir mais....votem sim.

E não, nem sou pró jeb, nem sou dos 10% (seja lá o que isso for) sou DO SPORTING!!!!!E quero o meu clube ao nivel do que sempre foi: Um Gigante do futebol!!!!


SL

Tiago Silva disse...

Boa tarde,

Gostava que alguem me pudesse indicar onde se pode consultar o balanço de custos e proveitos do Sporting.

Outra questão são os dinheiros dos terrenos do antigo estádio! Já recebemos isso, ou se recebemos foi tudo para o bolso de alguem?

É com grande preocupação que vejo que quando o Soares Franco entrou no clube tinhamos um passivo bem menor que agora e parece-me que tinhamos mais património (coisas para vender em caso de necessidade).

Por favor alguem me explique estes assuntos ou me indique um local para me informar.

Cumprimentos a todos.

Hugo Malcato disse...

Caro Tiago Silva,

1) Contas da SAD podem ser vistas tanto no site do Sporting como na CMVM. Contas do clube, são divulgadas nas assembleias gerais para o efeito.

2) Refere-se aos valores relativos à transacção com a MDC ou a dívida que a CML tem para com o Sporting?

- Quanto à MDC, não sei se já recebemos o total do valor;

- Quanto à CML, ficou acordado que o Sporting receberia 23M em imóveis para recuperação. FSF afirmou que o mais provável seria a sua entrega aos bancos como forma de abater a dívida bancária.

Espero ter ajudado.

SL

leao revisor disse...

Eu nem me queria escrever nestes dias antes da AG mas existe coisas que não podem ficar sem resposta.

Para alguns, os que defendem esta direcção, nunca dizem a verdade é tudo mentiras.

Agora é a história dos votos na SAD que vem à baila...

Isto é muito simples, a SAD tem uma serie de anos e o SCP neste momento, 68% do seu capital é do clube, esta % está dividida por algumas empresas do grupo visto que por LEI o maximo que o clube pode ter são 40%!. Mas o clube é accionista maioritário de todas as empresas do grupo. Por isso controla ora directa ou indirectamente os tais 68%.

Depois deste pequeno pormenor, TODAS as propostas do clube que não necessitem aprovação em AG estão previamente aprovadas visto o SCP ser o accionista maioritário.
Digam-me uma vez que isso nao aconteceu!

Na ultima AG da SAD, o R&C só foi aprovado com 99,99% dos votos para que se tenha uma ideia...

E termino só por dizer que voces, os criticos, têm que começar a definir uma estratégia comum, porque na ultima AG do clube o vosso GURU da economia vinha precisamente questionar este facto, que nas AG da SAD estava tudo previamente aprovado...

Ai a coerencia meus senhores...

Anónimo disse...

João,

Já que escreves sob o nome informador devias procurar manter-te um pouco mais bem informado

SL

JL disse...

Caro LR,

"Isto é muito simples, a SAD tem uma serie de anos e o SCP neste momento, 68% do seu capital é do clube, esta % está dividida por algumas empresas do grupo visto que por LEI o maximo que o clube pode ter são 40%!. Mas o clube é accionista maioritário de todas as empresas do grupo. Por isso controla ora directa ou indirectamente os tais 68%."

Realmente é muito simples. Mas ainda assim o LR conseguiu explicar tudo mal.

O Clube tem 68% do capital social.

A lei efectivamente só permite que o Clube detenha 40% directamente.

O Clube no entanto, detém apenas 16%. O restante capital do SCP na SAD é detido via SGPS.

Sucede porém que, de acordo com a lei e com os estatutos, as acções de tipo A (todas as que pertençam ao SCP directamente) votam sem limitações.

Assim, por esta via, o SCP tem 16% dos votos.

Sucede ainda que as acções de tipo B (todas as outras) têm a limitação ao nível dos votos correspondentes de 10% do universo de acções B, ou seja, 84%.

Logo, as acções da SGPS valem 10% de 84%, i.e., 8,4%.

O SCP tem assim 24,4% dos votos. Sucede porém que os demais accionistas, pela aplicação das mesmas regras, têm, todos juntos, 32% dos votos.

Logo, resulta evidente que o SCP, tendo maioria de capital na SAD, não tem maioria de votos.

E esta, LR? Afinal é mesmo mentira.

Mas há outra mentira:

Mesmo com os 50,1% que desde os tempos do Franco são oferecidos à rapaziada como garantia de alguma coisa, e mesmo que haja a inteligência de afectar o máximo das acções ao SCP, a SAD continua com 40% + 6%, enquanto que os outros accionistas perfazem juntos 49,9%.

Moral da história: SCP em minoria de votos na mesma.

Mas são os maldosos da minoria que dizem mentiras. Não é a Direcção.

Quanto à aprovação do R&C, teve 99,9% sim, dos votos numéricos: 168.680 votos a favor e 24 abstenções. Mas não 99,9% dos votos percentuais.

LR, já nem queria escrever, podia ter ficado assim. É que para escrever o disparate que escreveu, mais valia ter ficado quieto.

SL

Hugo Malcato disse...

Leão Revisor,

Nada contra as suas opções, opiniões e vontade de defender aquilo em que acredita. Mas...

Mais uma vez, para quem se diz ser "fonte segura" está mal informado. O Sporting não tem o capital distribuído por diversas empresas, mas sim pelo clube, pela SGPS e uma participação inferior à que eu tenho por parte da SPM (100 acções). Assim:

In R&C 2008/2009 (diga-se de passagem, bem recente) vide pp 124:

Sporting Clube de Portugal:
Directamente - Acções da categoria A 3.430.010 16,333%
Através de:
Acções de categoria B
Sporting SGPS 10.976.222 52,268%
Sporting - Património e Marketing, SA 100 0,000%

Eu não estou a falar de boca ou porque simplesmente fica giro dizer, estou a apresentar FACTOS.

Saudações Leoninas

leao revisor disse...

JL

Inscreve-te para falar na AG, e como nao tens outro, esse é agora o teu (vosso) argumento para chumbar a proposta...
Depois de ouvires a resposta tens cerca uma hora para arranjares outro argumento para voltares a votar contra a proposta.

As regras sao as mesmas desde o inicio e só agora é que sem lembraram disso?
Disse alguma mentira quando o vosso GURU veio questionar o porque de todas as propostas da SAD estarem previamente aprovadas?
As leis mudaram desde a ultima AG? Parece-me que não!

Eu só escrevo disparates, a sapiencia está toda do teu (vosso) lado!

Até amanha
SL

JL disse...

LR,

Eu não me lembrei só agora disto. Mas:

A Direcção não se dá trabalho de explicar as propostas que faz e o status quo do CLube e da SAD e os capachitos da DIrecção como vocês explicam-nas mal e de forma enganosa.

Alguém tem que se chegar á frente.

Assim, eu não venho dar novidades. Venho só lembrar que a DIrecção é useira e vezeira em mentir para conseguir o que quer e isso é parece-me que o facto dos dirigentes do CLube enganarem com regularidade os Sócios é o tipo de coisa que os Sócios devem ter presente antes de lhes passarem mais uns milhões para a mão.

Quanto ao guru, o guru já tinha avisado já. Pelos vistos, o nosso guru sabe mais que o guru Franco e que o guru JEB, que afirmaram e continuam a afirmar que se o SCP tiver 50,1% do capital da SAD, continua a controlar a maioria dos votos.

Como isso é mentira, no mínimo os vossos gurus são ignorantes das regras que gerem as sociedades comerciais em geral e a que eles dirigem em particular.

No máximo, são mentirosos e querem enganar as pessoas.

O mesmo se aplica a si que vem aqui vender a banha da cobra deles.

Parece-me que eles e você não saiem bem na fotografia em qualquer um dos casos.

A sapiência não está do meu lado. O LR é que sabe muito pouco e acaba por parecer que eu sei mais por comparação.

Agora venha com os 90% nas eleições, para eu o ter que lembrar do bonito trabalho dentro e fora de campo que o seu amado Juba Branca tem feito:

Líderes destacados, cheios de dinheiro e a massa adepta unida em torno dum treinador consensual e uma Direcção credível.

É isto, não é? Mas ao contrário.

Amanhã lá nos vemos. Eu vou ser um dos que não deixa meterem a mão ao bolso do SCP. Suponho que o LR será um dos outros.

SL

leao revisor disse...

JL

Se o GURU sabe tanto que nos invente uma proposta alternativa...

Sim eu estou cheio dele à conta do clube... argumenta e deixa-te de merdas!

JL disse...

LR,

"Sim eu estou cheio dele à conta do clube..."

Não seja palerma nem fuja ao tema.

Só disse que sendo MENTIRA que o SCP com 50,1% fica com a maioria dos votos na SAD, conforme já se demonstrou, o Franco e o Bettencourt, ao dizerem o contrário, ou são burros ou estão de má fé.

Quanto a isto, não tem nada a dizer?

O guru tem umas ideias, mas tapar o buraco que os seus gurus cavaram é efectivamente complicado.

Mas olhe, os seus gurus já tiveram uma ideia peregrina: inventar que nós já aprovámos que a Academia passe para a SAD. Eles lá criativos são.

Agora vai ser o costume: vão repetir (mais) essa mentira até à exaustão e fazer figas para que a malta pense que é verdade.

Responda ao que lhe digo, não invente o que eu não disse. É mais difícil, mas faz melhor figura.

SL

leao revisor disse...

JL

Eu ja tinha dito aqui que a passagem da SAD e a emissao de vmoc´s ja tinha sido aprovada em AG.

Voces é que ficaram euforicos quando o Rogerio Alves disse que a proposta tinha sido rejeitada que nem ouviram o resto!

Sobre os votos volto a dizer o que ja disse, inscreve-te para falares e explicas a tua versao, vais ter contraditório e depois os socios que não sao burros tomam a decisão.
Tens a hipotese de virar a AG para um lado ou para o outro.

Quanto ás ideias do GURU... se forem iguais às que apresentou nas eleições... está tudo dito.

JL disse...

LR,

Previsível como sempre.

Ganharam as ideias do seu Juba Branca, que têm sido um sucesso, como demonstra a excelente situação do CLube neste momento.

Quanto à Academia, não tenho culpa que os corpos directivos percebam pouco de direito e queiram ficar com os activos. É uma combinação perigosa, eu sei, mas isto não dizer "foi aprovado" e já está.

Eles que a vendam, se querem ver.

Quanto à AG, é como lhe digo: responda ao que lhe digo. Não fica mal a ninguém admitir que se enganou. Já mostrei aqui por A+B que o LR e os seus amados Presidentes se enganaram ou então quiseram enganar quanto a isto dos votos.

No entanto, é ver o LR irredutível a persistir e a desafiar-me a falar, como se amanhã algum dos seus dirigentes do croquete fosse sacar a resposta mágica que mostre que a minoria de bloqueio é feita dum bando de tontinhos que não percebe nada disto.

Esqueça. Quem não percebe nada disto é a Direcção. Ou acha que passivos deste calibre são amealhados por gente competente?

Mais uma vez, volte lá com os 90% , que é para eu me rir mais um bocado.

SL

leao revisor disse...

JL

Voce nao tem que se rir tem que se envergonhar pelo resultado... Ou 10% nao foi uma vergonha, depois da campanha que foi feita onde até usaram este blog para "vender" a ideia que iriam ganhar por larga margem?

Tens a oportunidade de fazer passar por ridiculos toda a direcção do clube à frente de milhares de Sportinguistas e não o queres fazer? Se nao queres ser tu dá esse trunfo e informa alguem desse "furo"...

E depois estamos cá para ver quem é que sai mal da foto.

JL disse...

Acho que uma vergonha é:

a Presidência do seu JEB; e

A forma ridícula como o LR foge da realidade e evita responder ao que lhe perguntam ou assumir os seus erros.

Não preciso de fazer ninguém passar por ridículo, muito menos a Direcção. Temos um presidente que já faz isso muito bem.

Cá estaremos para ver, mas para já, a realidade não o ajuda nem a si nem aos seus.

PS: Sobre a Academia, tive acesso à acta da AG de 28 de Maio, pelo que estou em condições de afirmar peremptoriamente que é mentira que dela conste uma deliberação que aprova a passagem da Academia para a SAD.

Mais uma mentira no já longo rosário delas.

Não me fale de ficar mal na fotografia quando vem aqui dia sim, dia sim debitar mentiras e é incapaz de dizer: "é verdade, enganei-me".

SL

João Pedro B disse...

JL,

Desmontou a tramóia de forma brilhante como sempre, mas parece-me que mesmo que a "proposta" amanhã não seja aprovada existem outras formas de "dar a volta" (formas de trafulhice for dummies).

Estando longe de ser entendido nesta matéria, recordo-me de alguém por aqui ter colocado a hipótese de a SAD fazer um aumento de capital, (não sei exactamente em que condições isto pode ser feito e se a passagem de activos para a SAD pode contribuir para tal) caso o clube não acompanhe este crescimento, ficara irremediavelmente sem poder de decisão que é justamente o propósito de tudo isto.

Quanto a alienação de património é um disparate haver ainda alguém a colocar sequer essa hipótese, o clube já vendeu património que chegue.

PS: Acho que ao Leão Revisor e afins não chegava a sessão de escárnio publico, o castigo do funcionário anão seria mais apropriado.

leao revisor disse...

JL

Entao se estás em condições de afirmar que é tudo mentira...

Mais uma para ridicularizares a direcção.

Força

Hugo Malcato disse...

João Pedro B,

O plano apresentado anteriormente prevê o aumento de capital para acompanhar a emissão das VMOC's.

Este aumento de capital e a incorporação da Academia na SAD são a forma encontrada de conseguir garantir que o clube fique efectivamente com 50+1 em termos de acções.

Acontece porém que face às definições legais para os tipos de acções, o Sporting fica com votos inferiores aos propalados 50+1.

Espero que tenha sido minimamente "claro" já que em tudo isto, é sempre difícil conseguir tal meta.

SL

Anónimo disse...

" JL disse...

A sua participação está dividida: parte das acções são detidas pelo próprio Clube, as restantes pela SGPS;"

É preciso ter a honestidade intelectual de enfrentar os factos. O clube tem a maioria do capital, é verdade, mas não tem a maioria dos votos, devido a 2 factos:

a) A sua participação está dividida: parte das acções são detidas pelo próprio Clube, as restantes pela SGPS;"


E a SGPS é controlada a 100% por quem? Não é pelo Sporting Clube de Portugal? Quando o representante da SGPS votar não será obrigado a fazê-lo da forma que a direcção do Sporting mandar? Ou este gajo está mal informado (o que não acredito) ou então é mais uma tentativa de instrumentalização dos sócios mais mal informados, o que não é de estranhar.

Trás à baila a honestidade intelectual e é isso mesmo o que lhe falta. A tentativa de provocar confusão é evidente.

JL disse...

LR,

Já se percebeu a sua estratégia. Quando sabe que não tem razão, assume a postura de desafio. Parece o Soares Franco. Triste, mas esperado.

Venha a AG. Traga a banha na cobra numa mão e a capa do Rei JEB noutra, como bom bom pajem que é. Depois logo se verá se a malta a compra.

É capaz de comprar. O seu Juba Branca tanto se lamuriou que a menos que lhe dessem dinheiro para a mão a equipa não ganhava, que é capaz de haver uns distraídos que alinhem nisso.

Não deixa de ser boa táctica: manter teimosamente um incompetente no banco até a malta preferir pôr o Clube no prego a ter que assistir a mais 90 minutos de futebol do SCP.

Quanto à acta, estou em condições sim. Mostre-me onde está a deliberação e a aprovação e depois logo falamos.

Deve ter sido uma leitura do Franco fez da acta depois de almoço que lançou essa tese. Ou então foi o ALves, que percebe muito de direito, mas não sabia as maiorias de aprovação em AG.

João Pedro B,

É efectivamente possível a entrada de activos num aumento de capital, chama-se entrada em espécie.

Mas o SCP tem poder de veto quanto ao aumento de capital, é uma das prerrogativas das acções A. Se não vetasse, o que com JEB é perfeitamente possível, depois teria que vir o JEB explicar aos Sócios porque é que aprovou uma coisa para a qual não tinha meios, o que é coisa para a massa adepta não achar piada.

Quanto ao PS: :D Nem só de SCP é feita a vida, senão isto era só chorar. ;)

Anónimo disse...

"Esqueça. Quem não percebe nada disto é a Direcção. Ou acha que passivos deste calibre são amealhados por gente competente?"

O que o Sporting tem estado a perder!!! Com uma sumidade destas perdida de maneira tão inglória!

Tem-se numa conta!O mal destes gajos (há bastantes) é pensarem que ninguém é melhor do que eles.Na sua opinião não existe ninguém na actual direcção do Clube com capacidade para ver estas coisas assim tão erradas(?) e que eles (este principalmente) é que são os iluminados escolhidos pelos deuses do direito e da finança.

JL disse...

Caro anónimo:

"E a SGPS é controlada a 100% por quem? Não é pelo Sporting Clube de Portugal? Quando o representante da SGPS votar não será obrigado a fazê-lo da forma que a direcção do Sporting mandar? Ou este gajo está mal informado (o que não acredito) ou então é mais uma tentativa de instrumentalização dos sócios mais mal informados, o que não é de estranhar."

Volto a explicar:

Participação directa: acções detidas DIRECTAMENTE pelo CLube, i.e., propriedade do Sporting CLube de Portugal.

Participação indirecta: acções detidas INDIRECTAMENTE pelo CLube, como por exemplo as acções que pertencem a uma sua participada, como a SGPS.

Dito isto, não se trata do SCP não dominar o sentido de voto da SGPS. O que se passa é que apenas as participações directas têm a natureza de acções de categoria A, que votam na sua totalidade, i.e. 16% de acções = 16% dos votos.

Mas as acções da SGPS são acções de categoria B, cujo direito de voto é limitado a no máximo 10% da totalidade de acções de categoria B existentes no capital social da SAD.

Assim, as acções da SGPS, embora controladas pelo SCP (como bem relembra o anónimo, embora eu não me tivesse esquecido) valem, para efeitos de voto, apenas 8,4%, i.e., 42% de acções = 8,5% de votos.

Fui claro?

Acho que evidente, só a sua própria confusão. No entanto, não posso deixar de lhe agardecer a sua intervenção, que demonstra à saciedade a gravidade do problema:

É que como o caro anónimo, há milhentos outros sócios igualmente confusos sobre a matéria objecto de decisão na AG de amanhã e sobre uma série de outras meias verdades ou mentiras inteiras da DIrecção.

Agora pergunto-lhe, caro anónimo: será que não é a Direcção que tem gosto em instrumentalizar os sócios confusos? Que outra explicação há para a Direcção não explicar tudo bem explicado?

Que outra explicação há para a Direcção sustentar que os 50,1% de capital da SAD garantem a maioria dos votos, quando tal é falso?

Quanto às suas acusações de falta de honestidade intelectual, espero que a explicação supra as mitigue.

Fico às ordens para mais esclarecimentos. Pode ser que a próxima leva de acusações não peque por disparatada e precipitada como esta.

SL

João Pedro B disse...

JL e Hugo Malcato,

Não sei se me expliquei bem, mas a ideia essencialmente era saber:

1 - Quais as condições para o aumento de capital.

2 - Se a aquisição de activos, sei lá, assim por exemplo uma academiazita ou algo do género poderia criar condições para o tal aumento de capital da SAD.

JL disse...

Caro anónimo (presumo que seja o mesmo)

O que o SCP tem andado a perder com estes senhores é, para além de prestígio e competitividade desportiva, dinheiro. Mais concretamente 280 Milhões de Euros.

Se para si os predestinados das finanças apresentam resultados destes, estamos conversados.

Quanto ao meu problema, é ter paciência demais para quem, como o caro anónimo, sabe de menos.

SL

JL disse...

João Pedro B,

Pode claro. A incorporação de activos como a academia permitiria ao SCP entrar com o capital no cenário dum aumento de capital.

SL

Hugo Malcato disse...

João Pedro B,

Vamos separar tudo por pontos:

- O Sporting precisa de fundos pelos mais variados motivos e para tal apontam-se as VMOC's como solução;

- Esta operação é de elevada dimensão e o capital não subscrito por investidores será tomado por parte das entidades bancárias. Mas para tal, os bancos exigem a passagem de um activo significativo como "garantia" para as VMOC's. Daí a necessidade de passar os direitos televisivos.

Este era o plano original. No entanto, esta operação fazia com que no final da maturidade das VMOC's o clube tivesse a minoria das acções.

Face a esta realidade, surge uma nova versão:

- Empréstimo de 20M para realizar um aumento de capital;

- Entrada da Academia na SAD subscrevendo assim capital através de "espécies".

Desta forma, o clube garante a maioria das acções (50+1) mas como o JL já expôs, não assegura a maioria dos votos face à limitação nas acções do Tipo B.

Anónimo disse...

"Dito isto, não se trata do SCP não dominar o sentido de voto da SGPS. O que se passa é que apenas as participações directas têm a natureza de acções de categoria A, que votam na sua totalidade, i.e. 16% de acções = 16% dos votos"



E os 16% das acções da categoria A não são suficientes para bloquear qualquer tentativa que seja contra os interesses do Sporting Clube de Portugal?

É que segundo li em algures, bastam 15% e que é exigido pela Lei.Se assim for, para efeitos de bloqueamento tanta basta ter 15% das acçõpes da categoria A, como 50,1%.

Anónimo disse...

"JL disse...
Caro anónimo (presumo que seja o mesmo)

O que o SCP tem andado a perder com estes senhores é, para além de prestígio e competitividade desportiva, dinheiro. Mais concretamente 280 Milhões de Euros.

Se para si os predestinados das finanças apresentam resultados destes, estamos conversados.

Quanto ao meu problema, é ter paciência demais para quem, como o caro anónimo, sabe de menos"


Ninguém lhe pediu para se meter na discussão dos ignorantes.
Se isso lhe causa incómodo só tem que se pôr de parte.Não se meta onde não foi chamado.Guarde a sua sabedoria para si que nós, os ignorantes, saberemos escolher o que melhor acharmos para o Sporting, como sempre tem acontecido ao longo deste últimos 103 anos.O Sporting tem existido durante todo este tempo, não pela sabedoria doutoral de alguns, mas pela carolice e o espirito de sacrificio de milhões ao longo da sua existência.

Hugo Malcato disse...

Caro Anónimo das 16:54

Com as acções do Tipo A (sejam 15% sejam 40%) o clube pode vetar qualquer tipo de operação de capital, venda patrimonial e/ou alteração de estatutos.

Mas sem a maioria de votos, pode perder o controlo sobre a gestão real da sociedade.

Em termos redondos, é isto.

SL

JL disse...

Caro anónimo,

Não, não são. As acções de categoria A dão direito de veto ao SCP, mas, para além de constituirem uma forma de "golden share" abertamente condenada pela UE e que está em vias de acabar em Portugal, os direitos de veto aplicam-se apenas a certas deliberações da AG da SAD.

Para as restantes, as maiorias estatutárias e aplicáveis nos termos do Código das Sociedades Comerciais aplicam-se na íntegra.

Quanto ao que seja "atentar contra os interesses do SCP", isso é perigosamente relativo.

É que distribuir dividendos não é matéria sobre a qual o SCP tenha direito de veto.

Assim, com a minoria dos votos, basta que, após a venda dum bem da SAD, o Baltazar e o Oliveira se juntem a mais uns e decidam que querem que o produto da venda seja distribuído pelos accionistas em vez de ser empregue no reforço na equipa, e lá se vai o dinheiro que era para o avançado para os cofres do Joaquim Oliveira.

E o SCP não pode fazer nada. Muito menos os Sócios.

Caro anónimo, isto para si não é contra os interesses do CLube?

SL

João Pedro B disse...

Anonimo,

"...nós, os ignorantes, saberemos escolher o que melhor acharmos para o Sporting, como sempre tem acontecido ao longo deste últimos 103 anos"

Se o conhecimento da historia do clube é o que denota, o comentário não destoa.

JL disse...

Caro anónimo das 17.04,

Se bem me recordo, eu estava a discutir o assunto com alguém e fui insultado por alguém que não era parte na discussão. Mais concretamente o caro anónimo.

A si, já o conheço eu. É o anónimo que aparece de vez quando com o discurso eivado de ódio contra os licenciados, cheio de suposta crítica social (de pacotilha, refira-se).

Está coberto de razão. Mas um dos carolas que ajuda a fazer o CLube sou eu, que pago quotas e participo na vida do CLube, e pelos vistos presto-lhe mais atenção. Por isso, se quer uma medalha, ponha-se na fila.

Do Sporting somos todos, não julgue que isso lhe dá alguma mais-valia aqui.

SL

Rocha disse...

JL disse...
"Quanto ao meu problema, é ter paciência demais para quem, como o caro anónimo, sabe de menos."

És o maior, o melhor, o único que não alinha com líderes mentirosos (o do teu PS não é nada disso), infinitamente sábio, e que, como ser perfeito, ainda aturas os tristes e ignorantes que à tua volta circulam...

Chegou o novo Messias... E é sportinguista... Sou definitivamente um ser ignorante mas feliz.

Tu existes mesmo?

JL disse...

Caro anónimo,

Eu sou do PS?

Definitivamente ignorante é. Feliz, não sei.

Espero que sim.

O que eu sei é que se estava a discutir a AG com pés e cabeça e agora, depois de aparecer por cá, anda-se a trocar insultos. Deve ser da sua boa influência e ideias interessantes.

Vá dar uma volta ao bilhar grande e espero que aquilo por lá seja agradável, para ver se não volta.

Existo sim. E o caro anónimo? É só frustração, ressabiamento e jeito para transformar debates de ideias em feiras da ladra, ou tem qualquer coisinha a acrescentar?

SL

Anónimo disse...

"JL disse...
Caro anónimo das 17.04,

Se bem me recordo, eu estava a discutir o assunto com alguém e fui insultado por alguém que não era parte na discussão. Mais concretamente o caro anónimo.

A si, já o conheço eu. É o anónimo que aparece de vez quando com o discurso eivado de ódio contra os licenciados, cheio de suposta crítica social (de pacotilha, refira-se).

Está coberto de razão. Mas um dos carolas que ajuda a fazer o CLube sou eu, que pago quotas e participo na vida do CLube, e pelos vistos presto-lhe mais atenção. Por isso, se quer uma medalha, ponha-se na fila.

Do Sporting somos todos, não julgue que isso lhe dá alguma mais-valia aqui."

Olhe que não...olhe que não! Nunca fui eu que escarneci naqueles que trabalham de fato-macaco.Nunca fui eu que olhei com complexos de superioridade para aqueles que por menos cuidado ou por falta de conhecimemto, escreveram (ou escrevem)com erros neste blogue, nunca fui eu que me "armei" em CORRECTOR!

Eu nunca tive nada contra os licenciados.Aliás, espero ter um cá em casa dentro de algum tempo.O que eu detesto, são aqueles que para se impôrem aos outros, precisam de puxar pelo diplôma, dando provas com esse gesto de não terem outra coisa.Ontem veio no JN um artigo sobre essa gente, onde se falava dos TITULOCRATAS que se servem constemente da licenciatura para se apresentarem na sociedade e que exigem (eu conheço...) que os tratem por doutores, quando afinal não o são.

Por isso lhe peço que não me confunda consigo.Sinto-me muito bem com a minha ignorância! Nunca trocava a sua tão pretensiosa sabedoria e muito menos o seu diplôma, pela minha experiência de vida.

Rocha disse...

Caro anónino JL,

Insultos? Lembro-me de dois -"Ignorantes" e "Juba Branca".

Ressabiado e frustrado? Eu? :):):)
Reparou pelo meu discurso, foi?

Leão sem Palas disse...

Caro JL e Hugo Malcato,

Só aqui cheguei agora e depois de ler todos os posts, chego á conclusão que só não entende os que vocês aqui escreveram quem nãpo tem nada na cabeça.

É inacreditável, como este acéfalo deste anónimo ainda argumenta, quando o próprio LR já não tem argumentos.

Mas é devido a estes anónimos que o JEB nem pia sobre este assunto.

Então não seria de esperar explicações aos sócios sobre o que se vai passar na AG de amanhã? Não deveriam haver sessões de esclarecimento, debates na TV, etc, etc?

Para JEB, quanto menos falar melhor. Os "distraídos" são comidos e nem dão por isso.

Há individuos que nos querem fazer passar pelo mesmo que os lampiões. Presidentes assim não.

SL

Rocha disse...

Como ignorante que sou, tive o cuidado de procurar no dicionário o significado da palavra "acéfalo". Encontrei o seguinte:

- Aquele que ainda não percebeu que não ganha nada a insultar os sócios que têm, no momento, uma opinião divergente
- Aquele que ainda não percebeu porque perdeu as últimas eleições
- Aquele que, não sendo mais que os outros, se faz passar por tal

Agora é que eu não percebi mesmo nada...

Anónimo disse...

Vejam

http://viscondealvalade.blogspot.com/

MRG disse...

Quando tive esta conversa com o Leao Revisor no chat do Sporting Apoio sobre os direitos de voto do Sporting Clube na SAD, ele disse que nada sabia.

Mas parece que continua a nada saber porque diz que é mentira!

Sporting até morrer disse...

Caros JL, Hugo Malcato e João Pedro B,

Li os vossos posts com atenção e compreendi perfeitamente o ponto de vista por vós expressado.
Acusações e agressões verbais à parte, foi importante!

Mas agora lanço-vos a vocês e a todos os que aqui vêm o seguinte repto (o LR já tinha colocado algo parecido em post, mas merece uma abordagem diferente).

Se amanhã a proposta do ponto 2 saír chumbada pela AG, que ideias é que podem ainda salvar este Sporting?

E uma outra pergunta:
- Aqueles que votam contra o ponto 2 da AG, votam também contra todo o projecto finaceiro como tem vindo a ser conduzido até aqui, ou acreditam em pegar neste projecto no ponto em que está e dar-lhe um novo rumo?

Era bom ouvir o que t~em a dizer sobre estas duas questões.

SL

João Pedro B disse...

Sporting até morrer,

Parece-me que está a trocar descabidamente a ordem das responsabilidades. A exigir soluções terá de ser a quem foi eleito para dirigir o clube, mas pelos vistos de acordo com a noticia que vinha no "Record" e para quem tinha interesse em saber o que faz um presidente "a tempo inteiro" (e altamente remunerado) ficamos a saber que para alem de andar a questionar as iniciativas de outros clubes, anda a "investigar" (amoralmente) se determinados sócios tem as quotas pagas ou compram Gamebox, excelente produtividade não haja duvida.

Claro que também pode sempre pedir soluções a quem se considerou inteligente por eleger estes "génios", inteligência essa apenas ao alcance dos "iluminados" da maioria conformista.

É completamente imoral vir pedir soluções a quem não tinha sequer "carta de ligeiros para conduzir o camião TIR", citando o próprio JEB.

Rocha,

Se não percebeu nada, eu dou-lhe uma ajuda;

- Tivemos um projecto Roquette, que visava eliminar o passivo do clube ao fim de 10 anos, sendo o resultado aquilo que se sabe.

- Temos um clube que vendeu património tendo o passivo aumentado, duvido que exista alguma explicação lógica para tal, mas talvez seja eu que não sou suficientemente iluminado.

- Caminhamos para um cenário no qual os sócios deixaram de ter poder de decisão, estranhamente muita gente não quer entender isto.

"Percebeu" agora? Se tiver problemas de interpretação diga.

JoaoPedroSCP disse...

Caro JL,

Agradeço as suas palavras mas creio que falar em meias verdades não é a solução para o clube. Esquece-se que as Golden Shares têm um poder de veto e bastam estas para impedir qualquer acção "contra" o clube. Importante também que se diga que nãoforam referidas alternativas... Renegociar o que não temos?? Fuga para a frente e comprar jogadores à espera que valorizem e sejamos campões. Dêem uma alternativa credivel. Estar como estamos é bem pior e é a alternativa que eu não quero para o clube!!

Hugo Malcato disse...

Vamos então por partes:

Sporting até Morrer

Temos de nos restringir aos factos e um deles dá-nos a certeza que o Sporting precisa de liquidez. Quanto a isso podes analisar duas vertentes:

- A forma de gerar verbas
- A forma como têm sido geridas as verbas que se geram e como têm sido utilizados os recursos.

Quer a minha opinião quanto a um plano financeiro? Não sou totalmente contra as VMOC's. Já manifestei por diversas vezes que não tenho confiança nas pessoas que nos estão a apresentar o mesmo. Foram estas pessoas que criaram o buraco ao gastar mal e a aproveitar mal aquilo que se tem.

Note por favor que eu, Hugo Malcato, sócio há 26 anos e com um rendimento anual bruto inferior a 21 mil euros recebo menos em um ano do que certas pessoas num mês. Mais, este rendimento, não me é pago com verbas dos associados do Sporting. Sou eu quem deve mostrar alternativas? Creio que nós elegemos aqueles que nos apresentam os planos e por isso, devem ou não eles ter planos de contingência?

Quanto a soluções, já indiquei noutro post:

- Jogar futebol e valorizar os nossos jogadores. No entanto, a isto vão certamente afirmar que não temos um plantel de qualidade e que os outros são beneficiados, visão que eu não partilho minimamente.

- Se eu lhe disser que com Kmet, Hanuch, Sá Pinto, João Pinto, Jardel, Niculae e Tello temos o equivalente a 40M de euros gastos em custos de transferências (excluindo salários) e que o Sporting não teve um único euro de retorno, não acha que tenho razões para desconfiar da gestão destas pessoas?

Repare que estes 40M são 73% do montante que se pretende emitir em VMOC's.

Quanto a esta discussão de jogadores e dinheiros, visite o post do "Million Dollar Question" para saber mais sobre a minha posição.

A situação do número de votos é sob a minha perspectiva grave. Talvez por culpa minha - mas eu não sou especialista em direito comercial - acreditei que o Sporting tinha a maioria de VOTOS na AG mas já vimos que existem limitações. Então e quando o capital estiver ainda mais disperso? Verdade é que o "50+1" utilizado para nos acalmar e satisfazer cada vez mais se revela como uma falácia.

Consegue confiar nisto? Mais do que escolher entre A e não A há que pensar "Devo aceitar este "A" sem questionar visto que parece que não há mais nada?"

Caro JoaoPedroSCP

Nos últimos anos, vivemos convencidos que a "golden-share" (mais correctamente Acções Tipo A) correspondiam a um montante máximo permitido por lei mas na verdade são 16%.

Quanto ao poder de veto: Esse está conferido em actos de natureza de operações de capital, alterações estatutárias, alteração da sede da sociedade etc.

Em termos de gestão, conforme já indicado, existem limitações para as acções de tipo B no que diz respeito a votos. Portanto, hoje em dia, é já possível alguém chegar e dominar por exemplo a estrutura do futebol, tendo a maioria dos votos. (ver explicação já dada pelo JL).

Durante anos e anos não se deu o murro na mesa. Foi sempre o choradinho de que os outros é que são ajudados e têm facilidades e que sucessivamente nos arruinaram. Não houve coragem em muitas ocasiões e houve muitas coisas mal contadas ao longo dos anos (um estádio sem endividamento, vendas de património vão tornar o clube sustentável etc...)

Agora, apetece relembrar as palavras de Salgueiro Maia:

"Existem Estados de Direito, Estados autoritários e existe o estado a que isto chegou!"

Fui eu que o criei?

SL

Sporting até morrer disse...

João Pedro B e Hugo Malcato,

Quando coloquei o meu comentário, talves devesse dizer que já ia um bocadinho mais à frente no meu pensamento...já ia no pós-AG

Para mim, e perante a falta de ideias para outro caminho, o que está em questão na AG desta terça-feira é a continuação ou não do projecto de reestruturação financeira, e como ele foi delineado até hoje.

Parece-me a mim que perante o iminente chumbo do ponto 2, o projecto fica também ele todo posto em causa.

Que consequências trará isto?

Acredito que após terça-feira, e perante a falta de alternativas, se nos coloque o cenário de convocação de novas eleições.

E aqui não será só um prognóstico meu, pois também o LR já deu essa ideia num dos seus posts recentes.

Saindo esta Direcção, coloca-se a pergunta novamente:

- Que ideias existem para salvar o Sporting?

Não acredito em processos judiciais contra quem colocou o Sporting nesta situação, pois todos sabemos como isso iria acabar.

Dificilmente os bancos vão flexibilizar algo nos pagamentos mensais.

A venda de jogadores neste momento parece ser algo disparatado pois o Sporting está a jogar muito pouco, e dificilmente alguém pagará o valor correcto por um jogador do Sporting.

Em relação às VMOC´s, elas poderiam gerar algum valor concordo, mas resolveriam apenas uma pequena parte do enorme problema do passivo.


As soluções em cima da mesa são poucas, já para não dizer que existe uma única solução de momento...
Chumbando-se esta, novas ideias precisam-se, venham elas de onde vierem!

SL