sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Direito de Resposta

Penso que seja consensual que este será o blog onde os mais acérrimos defensores desta direcção e os mais críticos debatem, discutem sobre o estado do clube, umas vezes mais educadamente outras menos.

Ontem decidi escrever um Post porque prevejo que mais cedo ou mais tarde vamos trocar de treinador, o objectivo era saber o que já tivemos, os resultados que obtiveram mas também falei dos treinadores que rejeitamos, algo que é um facto e que se faz parte da nossa história devemos ao menos assumir o que fizemos.

O meu Post "caiu mal" num blog que se sentiu ofendido, neste sentido tenho que fundamentar a minha opinião sobre o Treinador José Peseiro que passou pelo SCP:


- Na época do José Peseiro o SLB foi campeão com a pontuação mais baixa de sempre desde que passou a vitória a contar 3 pontos:
95-96-FCP 84P
96-97-FCP 85P
97-98-FCP 77P
98-99-FCP 79P
99-00-SCP 77P
00-01- Boavista 77P
01-02- SCP 75P
02-03- FCP 86P
03-04- FCP 82P
04-05- SLB 65P Época do José Peseiro
05-06- FCP 79P
06-07- FCP 69P
07-08- FCP 69P
08-09- FCP 70P
09-10- SLB 76P

"Ainda te digo mais nas 4 épocas que o Paulo Bento (o Medíocre como tu gostas de lhe chamar) teve no SCP só por uma vez não seria campeão com a pontuação que fez o SLB nessa época:"
05-06-SCP 72P
06-07-SCP 68P
07-08-SCP 55P
08-09-SCP 66P

Nesse blog e depois desta lição de história do SCP comentei ainda da seguinte forma:

"Para acabar apenas de digo que na Época do José Peseiro em que "o Sporting a praticou o melhor futebol dos últimos 20 anos" em 34 jogos ganhou 18, Empatou 7 e Perdeu 9."

"Se encontrares uma época em que o SCP tenha perdido mais do que 9 jogos agradecia porque me fartei de procurar."

Resumindo, todos podemos ter a nossa opinião desde que seja devidamente fundamentada. Não me custa admitir que o futebol de Peseiro era muito mais atractivo que o de Paulo Bento (que era rigorosamente o oposto) que com isso perdemos ao longo dos anos milhares de espectadores mas como provei com factos a época do Peseiro não foi um mar de rosas e pelo menos matematicamente seria a época mais fácil de se vencer.

Acima de tudo temos que ser coerentes com as nossas opiniões, não podemos tar sempre aos tiros e falar de mentalidades e depois defender o "futebol bonito" com estes resultados... A menos que não se conheça a históra do clube.

Termino com isto tenho todo o gosto de debater com qualquer um todos os assuntos do nosso clube desde que devidamente fundamentados.

Saudações Leoninas

18 comentários:

Mário Rui Oliveira disse...

LR

sim , mas repara que levámos até ao fim a Taça UEFA e a Taça de Portugal até às meias finais creio.

O próprio Peseiro admitiu que se tivesse poupado alguns jogadores e não tivesse a final da UEFA poucos dias depois do Benfica-Sporting, teria sido campeão e concordo com esta análise.

Acima de tudo creio que o Peseiro deu-nos o que poucas vezes temos tido ... prazer de ver jogar o Sporting.

E fez-nos sonhar como mais nenhum.

A verdade é que mesmo não ganhando, ele esteve realmente perto, muito perto de ficar na história !

e se tivesse tido o apoio que o PB teve, acredito mesmo que teria feito mais no clube !

leao revisor disse...

Mario Rui Oliveira

O SCP perdeu 9 jogos por poupar jogadores? Empatou 7 por poupar jogadores?

As pessoas andavam entusiasmadas é verdade, mas pergunto se os nossos rivais tivessem feito uma época "normal" andariamos entusiasmados, a sonhar?

Quantas vezes na história do futebol uma equipa perdeu no seu estadio uma final europeia? Quantas vezes uma equipa a jogar em casa perdeu depois de estar a vencer ao intervalo?

Será que em 18 jogos que não vencemos para o campeonato jogamos bem?

Pessoalmente isto custa-me a perceber, mas como disse sempre eu detesto este tipo de futebol, bonito, agradavel, para a frente mas cheio de erros.

Anónimo disse...

prefiro jogar mal e ganhar do que jogar bonito e perder :)

vejamos.. o sporting de PS é das equipas que mais ataques e remates faz a baliza no campeonato e acaba 90 % dos jogos com 60 % de posse de bola.. ou seja.. nos produzimos e finalizar ?

leao revisor disse...

E problema nem é só esse, uma equipa grande que queira ser campeã, a partir do momento que se apanha a vencer tem que saber segurar o resultado.

Com o inacio, se tivessemos a frente era vitoria certa por exemplo... Vejam as equipas do Mourinho, digam que é feio que não dá espectaculo... O que conta é a bola na rede e os pontos que levamos para casa...

tiago SCP disse...

LEAO REVISOR 15-0 LAMPIAO DISFARÇADO

SL

Zé Ninguem disse...

LR exacto.. mas parece-me que para isso o PS tinha de saber ler o jogo e antecipar-se.. mas nao.. espera sempre pelos 80 mins para reagir, e dps corre atrás do prejuizo, é isso q lhe falta! é um pequeno promenor mas que faz toda a diferença!

nem q ele faça como no jogo da europa contra o lille em que acabou com 7 defesas.. mas que defenda o resultado ou então que segure o meio campo e nao dê iniciativa de jogo ao adversário, é isso que me custa ver no sporting de hoje em dia, ser um sporting a actuar como um pequeno clube e nao como um grande e temivel grande clube europeu, ja nao impomos respeito no jogo, ou pelo - durante 90 minutos!
Morremos sempre na praia.

PS: comentei como anonimo, eskecime de assinar.

leao revisor disse...

Ze ninguem

Mas isso é uma evidencia e por isso que digo que mais cedo ou mais tarde trocaremos de treinador que mais situações identicas à de 2º feira vão acontecer... infelizmente para o nosso clube.

Zé Ninguem disse...

e será so a mudança de treinador que fará a diferença? nao terá que ser a atitude,a organização e o planeamento também? e nao tou a falar de direções, pk nao estou aki para criticar a mesma até porque apoio incondicionalment.

Anónimo disse...

Não é muito justo comparar as épocas por nº de pontos do campeão.
Tudo é relativo.
Provávelmente as épocas em que o campeão factura menos pontes devem-se a que houve maior competitividade dos adversários.Não tem que ser forçosamente porque é fraco.
Por alguma razão não é só o campeão a facturar pouco,são todos os primeiros.
Gostei do futebol da equipa de Peseiro.Era bonito e embora não tenha ganho troféus,também não andou longe.
Mas para mim,o melhor futebol que vi jogar nos últimos anos foi com Jozic.
Nessa época fomos travados por uma parede que não nos permitiu chegar onde merecíamos.

Quanto à questão do jogar bonito ou não,acho que cada treinador tem o seu estilo.Não acredito que um treinador que ponha a equipa a jogar feio seja mais eficaz por essa razão.
Há treinadores mais competitivos e outros menos eficientes,nada mais.

leao revisor disse...

Tudo é relativo no futebol

Mas lembro-me que nessa época o FCP trocou de tecnico 4 vezes, uma instabilidade que nunca mais acontecerá.

É uma opinião que tenho que respeitar, achar que a perca de pontos pode ser relativa à maior competitividade dos adversarios mas não achei na época que fosse por mérito dos adversarios que não ganhavamos os jogos sempre fiquei com a opinião que era mais demerito nosso, alias salvo raras vezes sempre que o SCP não ganha a um não grande existirá sempre demérito nosso na minha opinião.

Anónimo disse...

O problema do Sporting não é apenas uma questão de treinador. É muito mais do que isso, é um problema de estrutura, é um problema de incompetência, de más decisões, de más relações entre as pessoas e de falta de planeamento e de visão.
Como já disse inúmeras vezes, com este presidente, com esta estrutura, com estes órgãos sociais estafados e desfazados de uma realidade moderna e exigente, até podiam vir o Ronaldo e o Messi que os maus resultados e a lei de murphy continuaríam de pedra e cal.

É preciso uma mudança profunda. De pessoas, de dirigentes, de funcionários e é preciso contratar jogadores que rendam e que tenham qualidade para jogar no Sporting.

Mas se preferem, por uma questão de puro oportunismo, continuar a empurrar com a barriga para a frente, para manterem os tachos enganem-se a vocês próprios mas não façam os Sportinguistas de estúpidos!

Anónimo disse...

paulo serge é pa ficar até ao fim...outro treinador seria estar a ser queimado em lume brando. Importante seria colmatar os problemas desta equipa e ir preparando uma epoca.....mas eu ja nao acredito nada disto porque NUNCA APRENDEMOS.

Pode ser que os resultados sejam tao calamitosos que o bettencourt peça a boleia do treinador. Fica dificil de manter a face , quando em 2 anos tem 3 treinadores e 3 directores desportivos. Mas tambem acredito em tudo , pois estes vigaros já nao me surpreendem.

Carlsberg disse...

Eu tb me recordo dos roubos que tivemos na época do Peseiro. Recordo-me especialmento do jogo que empatamos em casa com o SC Braga, em que o Hugo Viana marcou um golo que foi anulado por fora de jogo e estava a menos de 2 metros do ultimo defesa. Relembro também que a falta que deu origem ao golo do Luisão no penultimo jogo do campeonato também não existiu, entre outras.

Devo recordar que a meio dessa época rebentou o caso apito dourado, e o Valentim Loureiro foi suspenso, entrando para o seu lugar o Cunha Leal, com enormes ligações ao Benfica. Para isso basta lembrar o jogo do estoril vs benfica no algarve!!!

Não concordo nada com a análise feito ao Peseiro,jogávamos um futebol bastante agradável e de ataque, que depois nos abria alguns espaços na defesa, pelo que sofriamos alguns golos.
Mas o maior problema do Peseiro (e aqui n sei até que ponto a culpa seria dele ou de quem mandava) era disciplina. Por exemplo nesse mesma epoca o Liedson veio 2 dias mais tarde das férias de natal, e jogou contra o Benfica e aí começou a perder a mão no plantel. De resto foi o melhor treinador que passou no SCP desde o Inácio e o Boloni.

Agora para dizer aquele que eu acho ser o melhor treinador e manager para o SCP, acabando com a posição de director desportivo, era o Manuel Fernandes.
Este homem é mais sportinguista que muitos sportinguistas, mesmo aqueles que estão na direcção. Daquele homem eu sei que tudo o que fará é por amor ao SCP e não ao dinheiro, este homem é o unico no momento em portugal que nos pode levar a acreditar que é possivel sermos grandes novamente. De resto só temos o Jorge Jesus que está no Benfica.

SL

leao revisor disse...

Carlsberg

Fomos mais gamados nessa época do que em épocas com o bento por exemplo?

9 derrotas e 7 empates não se podem justificar apenas com a arbitragem.

O Manuel Fernandes para treinador nao queria, para um lugar no futebol sim. Que é mais sportinguista que muitos não ha duvida.

Anónimo disse...

No Sporting nenhuma flor reluz. Estão como tu revisor murchos. É bom lembrar que há trinta anos já J.R. dizia..."O SPORTING ESTÁ INGOVERNÁVEL". A História veio dar-lhe razão.

vitor disse...

Não me querendo imscuir na guerra do Revisor que não faz nenhum sentido, no associativismo só há uma razão que legitima uma oposição a uma direcção, ela sim legitimamente eleita, a falta de seriedade que não é de modo algum o que se passa, a história da competência é só um alibi, tivessem ao menos coragem para expressar qualquer coisa mais palpável que a história da auditoria.

Quanto ao migalhas, depois da conferência do grão a grão é o minimo que merece, concordei tanto com a entrada como com a saida, não no sentido de sim mas óbviamente no do não, para ambas as situações, isto é, não tinha qualquer experiência quando entrou, o que aconteceu pela carestia a que Soares Franco vetou o futebol, foi no entanto um héroi enquanto treinou a equipa, merece o agradecimento de todos os sportinguistas. Sem duvida, depois das experiências que viveu hoje está em condições de treinar qualquer clube, por isso treina a selecção. Comentar qulquer treinador mais atrasado é pura perda de tempo, o importante é o presente.

E quando como sempre precisávamos de um treinador com experiência de clube grande voltámos a cair no erro de um Paulo Sérgio que nem como jogador sabia o que isso é. Solicitou jogadores guerreiros á sua imagem, para jogar preocupado com os outros e nem isso Costinha lhe deu, porque pelo menos o nosso director de futebol sabe o que é um clube grande e como deve jogar, sobretudo como os jogadores devem proceder, não obstante os erros por uma manifesta necessidade de afirmação perfeitamente natural, é esse caminho que se está a percorrer no sporting num tempo de disponibilidades escassas onde mesmo que tivesse sido possivel fazer muito mais e melhor não vale apena agora estar a dizer porque é que as coisas aconteceram assim. A bem dizer assistimos a 3 homems sérios e inexperientes a trabalhar em pról do sporting sob a sobrecarga de uma oposição sempre dsiposta ao boicote que a comunicação leonina não consegue neutralizar, pelo contrário mais não faz que deixar transparecer essa mesma inexperiência, no caso das conferências do treinador chega a ser ridiculo, o presidente melhorou muito desde que optou pelo low profile, o Costinha optou por calar-se, no que fez muito bem. Fizeram o que conseguiram e também aqui não adiantará muito estar agora a comentar, terá que ser com esta equipa e com os reforços que conseguirem no natal que iremos até ao fim da época, quem melhor que quem trabalha desde o inicio da época para conseguir resultados mais depressa? É nisso que os adeptos impacientes como o Revisor deveriam pensar, não faz nenhum sentido estar já a antecipar a próxima época onde se procederão ás correcções que acharem necessárias e nessa altura estou certo que já se encontrarão todos muito mais avalizados para fazerem o mais indicado. Ainda há muito trabalho para realizar este ano, mesmo no campo a equipa começa já a evidenciar processos consolidados. Neste momento acredito que está a ser feito tudo o que é possivel para os resultados aparecerem, independentemente do cenário amanhã, há que apoiar hoje. Força Sporting! S.L.

Anónimo disse...

Contratar Paulo Sérgio e pagar por ele 600 mil euros, emprestando Pereirinha e entrando no torneio de Guimarães de borla foi um acto de má gestão e de estupidez absoluta. E os resultados comprovam a minha afirmação.

Costinha não tem experiência e qualidade humana para o cargo que ocupa. Os jogadores não gostam dele e o ambiente do grupo é mau. Os resultados confirmam o que digo.

Enquanto não houver uma mudança a sério o Sporting vai continuar pelas ruas da amargura. E com as bancadas vazias.
E ainda estamos a um mês e meio do natal.

Anónimo disse...

LR,

Devias saber avaliar todo o mundo futebol, e não só as estatísticas.
O ano do Peseiro não foi um bom ano, nisso estamos de acordo.
Os de PB foi melhor, mas não era o que nós queríamos.

Comparares os dois com bases na estatística não será o correcto. As condições era diferentes, os Presidentes eram diferentes, a massa associativa era diferente (que ainda defendia o clube há uns tempos atras...), os adversários eram diferentes, tudo foi diferente, por isso não podemos comparar.

Depois há ainda o facto do Peseiro pegar numa equipa com muitas caras novas, com muitos jovens e pegou uma equipa de Fernando Santos. Ele conseguiu por essa equipa a jogar futebol. O que se passou é que faltou a componente que PB viria a trazer.

Outra nota sobre Peseiro: ele ainda foi do tempo em que o Sporting contratava treinadores que mostrassem alguma coisa: por exemplo, conhecem aquela equipa do Nacional, das mais fortes do nosso pais? Sabem onde é que estava antes de Peseiro pegar nela?
Pois, uns vêm de baixo e mostram trabalho para vir para esta casa, agora é só fazer festinhas ao Presidente e qualquer um chega cá.

Agora o PB: É um facto que conseguiu mais titulos que o anterior (taças e tal), mas pela tua análise se vê que o melhor ano dele foi o primeiro (será que já lá havia muito trabalho?). Fez um excelente trabalho na concentração dos jogadores, mas perdeu o 'show', perdeu o balneário com tanta rigidez, perdeu os campeonatos.

Querem a minha conclusão? Nenhum deles é treinador para o Sporting, ou talvez não estiveram no tempo certo no Sporting. E assim continuamos nós a perder campeonatos...

SL