terça-feira, 2 de novembro de 2010

Sintético

Sem condições - e já sem paciência - para manter em bom estado o relvado natural do Estádio José Alvalade, que já vai no seu sexto tapete, o Sporting assumiu ("com 95% de possibilidades", afirmou o presidente Bettencourt) que em 2011/12 mudará para um relvado sintético "de última geração e fantástico". Os sintéticos não costumam ser do agrado dos profissionais do futebol, mas o mercado evoluiu e O JOGO foi à procura da melhor solução, que já existe em Portugal, no Estádio do Bessa, e que muito provavelmente será adoptada pelo Sporting, que procura o topo de gama: o sistema Geofill de enchimento orgânico, a grande novidade em relação aos habituais de granulado de borracha.
Quando se joga em sintéticos, é normal ver precisamente as bolinhas pretas de borracha a saltarem, a ficarem pegadas ao corpo ou a dificultarem a estabilidade dos apoios no piso, ou até a sobreaquecerem os pés quando está calor, isto para além de a bola saltar mais e de o piso ser mais duro para as articulações e abrasivo nos carrinhos... por muito evoluídos que sejam. Mas a marca italiana Italgreen (representada em Portugal pela Global Stadium) patenteou o denominado Geofill, um novo sistema que substitui o enchimento de granulado de borracha por um orgânico, ecológico e que melhor simula a relva natural e a sua relação com a bola e os atletas. Em Portugal, já existe no Estádio do Bessa e até o Barreirense o vai instalar, tendo em vista o retorno de futuros rendimentos derivados da formação de jogadores. O Sporting sonda o mercado há muito tempo - instalou recentemente dois de granulado de borracha na Academia, para a formação - e terá de optar em breve. Mas o futuro passa com certeza pelo melhor do momento.

PRINCIPAIS INOVAÇÕES DO SINTÉTICO GEOFILL
• Fibras vegetais e minerais
• Enchimento orgânico, que não levanta como as "bolinhas" pretas de borracha
• Estabilidade no apoio do pé e em corrida
• Não é abrasivo nem com calor nem com frio
• Fresco, mesmo com temperaturas elevadas
• Eco-friendly
• Ressaltos, deslizamentos e resistência à rotação da bola mais parecidos ao relvado natural
• Também apto e aprovado pela International Rugby Board

EM COMUM COM OS SINTÉTICOS DE GRANULADO DE BORRACHA

• Certificação FIFA
• Custo de instalação superior a um relvado natural e de manutenção mais barato
• Maior durabilidade com utilização frequente
• Imune a fungos, bactérias, vírus
• Possibilita a realização de outros eventos para gerar receitas
• Aspecto sempre bonito, mesmo com condições climatéricas adversas

in O JOGO

24 comentários:

Anónimo disse...

«Se os resultados não aparecerem, irei dar uma volta ao bilhar grande»
José Eduardo Bettencourt coloca a possibilidade de sair

Mas apareceu algum resultado que não tenhamos notado???

Se? Se os resultados não aparecerem? O homem num ano dá cabo de duas épocas... ainda coloca um 'SE'?!?!?!?!

É lento... mas está a começar a perceber que não tem futuro nem jeito pá coisa... O problema é que durante este tempo quem paga é o SCP...

Se...

rubiz disse...

lol... anónimo és um triste... volta lá para a capoeira!

Sócio 80610 disse...

Será que o próximo passo do idiota do JEBardo vai ser o de acabar com o futebol profissional do Sporting??? Este indivíduo não percebe nadinha de futebol, e prova isso a cada medida nova que implementa.

O relvado tem sido um problema em Alvalade? Tem! A solução é instalar um sintético? NÃO!!!!!

Os sintéticos são maus em todos os aspectos, menos num: dão menos despesas de manutenção. Os sintéticos são uma óptima solução para os clubes amadores, uma PÉSSIMA opção para um clube profissional, ainda para mais com a importância do SCP!!!

Eu quero ver quem é que se responsabiliza quando os nossos jogadores (que por acaso são pagos a peso de ouro) começarem a sofrer lesões graves causadas pelo sintético. Isto já para não falar nos espectáculos paupérrimos que vamos ser obrigados a ver, visto que a bola vai parecer uma daquelas borrachas saltitonas que todos nós conhecemos na nossa infância.

Resumindo, por causa de um iluminado incompetente, estou a ver o meu clube ir por água abaixo!!! CHEGA!!!!!!

Anónimo disse...

Ó sócio 80610

Conta-me lá em quantos relvados naturais e sintéticos já josgaste.

Ou é pelo que ouves ?

Quantos clubes de primeira há com relvados sintéticos ? Quantos jogos fazem por epoca ? quantas lesões houve devido ao relvado ?

NO ténis nos últimos 50 anos quantos campos continuaram a ser relvados ?

Há ! esquecime ! O ténis está muito mais atrazado que o futebol.

As Vitórias incomodam mta gente! disse...

sócio 80610,

isso é estúpidez em estado puro não é?

nem a ler?

é a necessidade de dizer mal de alguma coisa!

Anónimo disse...

Queria aproveitar este espaço para dizer ao leão revisor, se ele conhece pessoalmente alguém da estrutura do sporting, para lhe indicar um jogador que me parece bastante bom chama-se Alex joga no Santa Clara e tem 18 anos é um extremo esquerdo tipo fabio coentrão.(Parece-me Excelente)
Sócio 83711.
Obrigado

é ja agora essa questão do sintético só peca por tardio.

Anónimo disse...

Sintético:

Basta ver quanto clubes OPTAM por essa solução na 1ª divisão dos 6 melhores campeonatos europeus: NENHUM!

Os que têm essas solução em campeonatos MINIMAMENTE competitivos são devido a baixissimas temperaturas, e consequências óbvias para relva natural;

Conclusão? Só poderá ser uma solução de recurso, devido a um Estádio mal projectado, mal adjudicado e que indiscutívelmente não serve os interesses do Clube!

Responsáveis? desde o Arquitecto, projectistas e quem (não faço ideia quem tenha sido...) adjudicou o Projecto dentro do Sporting! Reais responsáveis? Nenhuns, afinal qeu sofre é sempre o mesmo: o SCP!

Anónimo disse...

estes analfas continuam a ofender a inteligência.Lol.
Se o estádio não agunente relva natural,querem o quê? Que se construa um novo?
não é mais que óbvio que se teste outra solução?
Tanto atraso mental até tiraria a paciência a um santo.
O outro,mesmo num post sobre a relva,vem vomitar ordinarices sobre o JEB...
Trata-te,se ainda houver cura!
Se meterem lá o Cristóvão ele vai fazer de jardineiro e a relva normaliza...ahahahaha!
Que anormalidade!

Riga/V-1-Boy disse...

http://pt.uefa.com/memberassociations/news/newsid=257093.html

vejam este artigo

Vitor disse...

O ex-director geral do sporting, agora no multimédia, Pedro Afra, pronunciou-se muito bem sobre os sintéticos numa palestra para reabilitar os estádios do euro, a propósito de rentabilidade,multifuncionalidade e manutenção. S.L.
p.s. Dizer que fiquei a saber que o Afra é também parceiro profissional do admnistrador do directório de noticias do sporting que convém ao directório e sobretudo ao administrador no dia em que fui expulso do directório por esse mesmo admnistrador porque para além de não gostar de ver o meu nome de utilizador usurpado não compreendo muito bem que se sacuda a água do capote com outros utilizadores sobre apelos para a.g. quando se acaba de falar em eleitorais, aquela história do "all in" dum post do fonte segura é uma mera curiosidade. Só espero que não apareça o meu amigo anónimo. Força Sporting! S.L.

Anónimo disse...

Vou fazer uma exposicao ao Presidente sobre a situacao dos sinteticos de ultima geracao , a minha (má ) experiencia com eles no estrangeiro , os problemas que originaram junto dos jogadores e os custos associados.

É A PIOR COISA QUE ELE PODE FAZER !!

Como ainda nao foi cometido o crime , como associado do clube acho que nao posso permanecer passivo e vou fazer os possiveis e impossiveis para expor a realidade ao clube e ao presidente que está muito mal aconselhado nesta matéria...cheira a $$$ fácil.

Anónimo disse...

olá boa tarde. eu já treinei regularmente no bessa e coitadinho do Sporting se mudar para essa opcao. Os meus colegas até tinham medo de fazer carrinhos...é um tapete estranho que promove uma trajectoria estranha na bola. A juntar a isso tem caracteristicas nada aconselhaveis a jogadores de futebol. Um clube como o Sporting passar para um sintetico (e atencao que me refiro aos de ultima geracao e nao aqueles antingos que tambem tive o azar de pisar) seria algo surreal. Acreditem em quem tem experiencia e contacto , é de fugir !!

Camoesas disse...

oh ultimo anónimo,

tu que tens várias experiências diz-me lá uma coisa, já jogaste num relvado constantemente húmido onde tens de estar sempre a equilibrar-te para não caíres?
Já jogaste num relvado onde há sistemáticamente buracos de vários centimetros?

...esta é a realidade do Sporting, não sei se já te apercebeste, pior do que é e seria (com um natural) é impossivel!

Vitor disse...

Não fosse a comunicação do sporting permitir que Bettencourt fale sobre bilhares e eu diria que esta onda verde de optimismo que já tardava era capaz de dar cabo da desestabilização concertada por parte de uma agenda oculta de assalto ao poder. Força Sporting! S.L.

Vitor disse...

Essa de fugirM é boa, a ideia de jogar em casa é mesmo essa, que os adversários fujam, com a diversificação de receitas que se antevê pode ser que finalmente até o fosso tão contestado venha a ter a utilização para que foi concebido, com sorte ainda se arranjam uns trocos para as cadeiras verdes, isso também não, a oposição ficava sem o argumento mais válido?! Força Sporting! S.L.

Vitor disse...

Até com as cadeiras estava a brincar, a minha é cinzenta e nunca reparei que a côr onde sento o rabo tivesse quualquer influência no rendimento da equipa, que é o que me leva ao estádio, já a função para que tenha sido assim foi completamente conseguida, mas isso não interessa nada aos fundamentalistas. O importante no estádio é puxar pela equipa, ás vezes dá ideia que alguns adeptos não acreditam quando os jogadores referem que a vitória foi de todos, como no jogo com o Rio-Ave?! É aliás a minha principal razão de vir á web, solicitar apoio no estádio, mas pelos vistos é mais confortável nem comprar a box e continuar na critica. Força Sporting! S.L.

jg1906 disse...

Ao que tudo aponta (95% de certezas, segundo JEB), para o ano temos uma novo relvado em Alvalade (já vamos no 6º), mas desta vez, totalmente inovado, vamos ter um tapete sintético! O "ultimo grito" da moda, o denominado Geofill, que se encontra na vanguarda dos sintéticos.
Segundo relata OJOGO na edição de hoje, este tapete nada tem a ver com os tradicionais, muito mal vistos entre os profissionais na bola, a até cria condições de aderência, estabilidade e ainda para mais "amigo do ambiente".
Não tenho dúvidas que este tipo de tapetes vai ser o futuro no estádios modernos. Não tenho dúvidas que vai ser a melhor solução para o nosso estádio. E sobre esta mudança nada temos que nos lamentar, e muito que nos orgulhar.
Só fico parvo, é como é que depois de instalado o 6º tapete ainda ninguém divulgou o(s) culpado(s) de tal situação. É os Estádio que "não deixa" a relva respirar? É da qualidade da relva? É do (ir)responsável que o implantou? Não se sabe, nem nunca se vai saber, porque em Alvalade já é costume a culpa morrer solteira...
O Sporting costuma ser pioneiro em várias situações. Numas dá-se bem, em outras nem por isso. E é com frequência que assistimos a outros virem pegar no nosso trabalho feito, melhorarem-no, e obter com isso muito mais proveito do que quem se dá como "cobaia". A ver vamos se a história muda.

http://orgulhosporting.blogspot.com/

Anónimo disse...

Acho que a origem do problema já foi explicada e inúmeras vezes.
Culpados?
Fala com o Taveira!
Mas não lhe vires as costas...

Camoesas disse...

Com isto ainda vamos ter uma equipa de Rubgy campeã nacional para juntar mais uns titulos aos inumeros que já temos!!

Sporting Sempre!

JSeba disse...

ó anónimo que treinaste algumas vezes lá no bessa?!?!?. Para treinar lá tinhas de ser jogador do boavista. Se fosses jogador do Boavista e treinasses lá, porque raio referes que "os teus colegas" tinham medo de fazer carrinhos?!?!? Tu, sendo jogador, não fazias?!?!? tens lábia de aldrabão!!! Eu conheço um jogador profissional que lá jogou (realmente) e que apreciou bastante a relação bola/bota com o relvado...

Anónimo disse...

Jogou lá tanto quanto a minha avó!
É mais um tretas do Cristóvão ou uma galinha.Dos dois venha o diabo e escolha,têm o mesmo intento de boicotar o Sporting.

Anónimo disse...

Nao conheço bem os relvados sinteticos mas já se jogou uma final da liga dos campeos nao deve ser assim tão mau com querem fazer parecer...

Lionheart disse...

"...esta onda verde de optimismo que já tardava era capaz de dar cabo da desestabilização concertada por parte de uma agenda oculta de assalto ao poder."

É indiscutível que existem blogues cujo propósito é apenas contribuir para mudar o poder no Sporting e não uma discussão desinteressada. A Centúria Leonina é testa-de-ferro do Rogério Alves e agora até existe uma aliança entra esta e o Ser Sporting para atingir o poder. Chega a ser vergonhoso que existam blogues de sportinguistas que há semanas não têm novos tópicos, porque desde então o Sporting tem ganho sempre. Outros têm duas ou três linhas de frases para comentar uma vitória. Que chatice, o Sporting ganhou...

Cada qual fará a sua apreciação deste tipo de comportamento. Só digo que nesta altura, se calhar é melhor mesmo ter 15 ou 20 mil nas bancadas que ajudem e apoiem, do que 30 ou 40 mil que vão lá para cobrar. Quando as vitórias forem mais frequentes, estará lá mais gente de certeza. Mas primeiro é preciso chegar lá, e se existem pessoas que preferem ver o Sporting perder porque não gostam do Bettencourt, então é preferível que fiquem em casa.

O Sporting teria todo o interesse em repetir iniciativas como a do jogo com o Rio Ave. Muitos jovens sportinguistas foram ao futebol como quem vai ao cinema, aproveitando o preço dos bilhetes e a hora acessível da partida. A diversificação do público, com o acesso de pessoas que não têm dinheiro para ir sempre ao futebol, e que por isso não estão ali como clientes, como consumidores, criam um ambiente mais positivo. Para eles é um espectáculo estar em Alvalade. É uma experiência a que dão mais valor, porque lhes é difícil e esporádico poder ali estar. É de um ambiente desses, generoso, leonino, e não o do dominado pelo cínico "cliente/consumidor Gamebox" que o Sporting precisa para poder ter um factor casa a valer.

Anónimo disse...

Pelos visto a final da liga dos campeos foi jogada com relva natural e nao num sintetico..