quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Aviso...

Antes demais é uma satisfação ter novamente um 6 que ganhe 90% as bolas de cabeça aos adversários.

Depois dizer que José Mota foi o pior adversário do SCP até hoje. Foi ele o responsável pela estratégia dos autocarros à frente da baliza deixando assim os nossos centrais a construir jogo. Tem sido assim com todos os adversários que temos apanhado pela frente desde ai e tem sido uma carga de trabalhos em todos os jogos.

Se isto é verdade, também o é que Domingos já teve mais que tempo para resolver a questão e "obrigar" os médios a construir jogo e não a se juntarem aos avançados/extremos à espera de mais um balão dos centrais.

Dito isto, hoje oferecemos 45 minutos ao adversário. Entrámos no jogo deles, lentos, eles não tinham vontade de jogar mas nós pouco mais tínhamos. Tiveram 3 oportunidades de golos, 2 oferecidas por nós e de uma bola parada (mais uma), nessas sofremos 2 golos. A equipa não jogou bem mas João Pereira apesar da sua garra e vontade tem estado horrível ao nível da sua tomada de decisão e tem por isso "cortado" inumeras jogadas de ataque. Bojinov entrou aos 10 minutos para o lugar do Ricky e compreendo a falta de ritmo, mas esteve péssimo! Se o Ricky não estiver em condições para domingo prefiro o Ribas do que o Bojinov. E por ultimo Polga, não me lembro de um jogo tão mau como este em 8 anos de SCP e isto deve querer dizer muito da sua exibição. Completamente desastrado! Se a pressão de voltar a ter Rodriguez e Xandão lhe estão a afectar então é melhor aproveitar a janela de inverno e ganhar ainda alguns trocos ou poupar nos seus ordenados porque assim não joga nem mais um minuto.

Basicamente foi um aviso que podia ter sido bem pior! É a competição onde forçosamente temos que vencer! "Apenas" temos que ir vencer à choupana, num jogo onde vamos ter mais anti-jogo, mais autocarros à frente da baliza mas onde não podemos falhar o que falhámos hoje e onde não podemos oferecer o que oferecemos hoje!

Saudações Leoninas

12 comentários:

Don disse...

Se o 6 que fala, é o que joga com o nº31 nas costas, os restantes 10% que perdeu devem ser o lance do 1º golo em que ele com o seu 1,87m perdeu para os 1,82m do Mario Rondon...talves tenha cabeceado 9 bolas não contei

Espero que Polga nunca mais vista o equipamento do Sporting, e que o central que está à experiência assine o mais rápido possível


Joao Pereira teve uma escorregadela, mas fartou-se de compensar outros colegas...fez 1 falta levou 1 amarelo...quantas sofreu, alguém contou?
Os árbitros adoram amarelá-lo e os sportinguistas ainda dão o aval, ele e o rinaudo ao lado do MAXI e do JAVI perdiam à caçadinha

Se todos jogassem com a raça dele

SL

Jalex disse...

Eu gosto do Rento Neto,ate vi uma carrada de jogos dele nos juniores na altura.

Mas aquela posição não é a dele(nunca foi)e isso é claro quando recupera e bola e a jogada acaba ali 90% das vezes sem conseguir dar um seguimento fluido as mesma(usei a mesma estatística que o Revisor,o olhometro :D ).

Já foi o André,Já foi o Daniel e o Renato a ser assim há de ser a próxima vitima.
O Domingos espera que eles calcem as botas do Argentino,mas isso é impossível,o Rinaudo é o Rinaudo e é um fora de série e como fora série que é da maneira que ele faz aquela posição só mesmo ele.

Por alguma razão o nosso meio campo outrora o nosso ponte forte hoje esta se a tornar o nosso maior inimigo.
Domingos se quer utilizar estes jogadores tem forçosamente de repensar estratégias e tácticas que sejam adequadas as características dos mesmo.

Pensar que são os jogadores que se tem de adaptar a estratégia e táctica(Matias?)só mostra uma visão limitada.

Hoje senti me desesperado e envergonhado(já não bastava aquele relvado pintado!)com o que vi em campo mas sobretudo com o nosso timoneiro.

A margem de erro já foi ultrapassada no campeonato e acho que já ninguém exige ao Domingos a vitória final do mesmo(mas mesmo assim todos os jogos dessa competição devem ser encarados como uma final,pelo pelo menos para haver coerência com o discurso que ele fez a seguir ao jogo com o Porto).

Mas realidade é que a equipa nesta altura já deveria render muito mais.E espero que ele não me venha com histórias de papas novamente!(Já basta o que eu tenho de ouvir no trabalho agora devido a essa frase infeliz).

Contra o Braga espero uma vitória convincente e um Domingos com ideias e uma estratégia bem definida e preparada.

vitor disse...

Uma noite horrivel!

E voltaram os assobios a Alvalade.

SL

Daniel disse...

1) Oferecemos 2 golos de bandeja
2) Falhámos mais 2 golos cantados
3) Mais um penalti por marcar
4) Será que esta época ainda vamos ver algum jogo com os 11 melhores em simultâneo?

SL

João Santos disse...

Foi mais um jogo à Polga, com mais uma Polguice, infelizmente já teve tantos assim que é para mim normal não conseguir especificar um em que tenha sido pior. Assim de repente, contra o Bayern foi 1 deles, apesar de já ter tido imensos jogos péssimos na Europa...

leao revisor disse...

Eu não digo que o neto seja o 6 ideal para o SCP mas que é melhor nessa posição que carriço e andre santos para mim não tenho duvidas.

Depois como não vi nenhuma repetição do lance (nem quero ver) no estádio dá-me a sensação que é elias que perde o lance de cabeça no 1º golo. Mas mesmo que tenha sido o neto a perder no golo não me lembro de ele perder um lance numa bola vinda pelo ar do Gr ou dos centrais. E essas que fala do Rondon foi sempre com ele ja fora de campo.

E os árbitros adoram amarelar o João Pereira porque ele também se coloca a jeito estando sempre a protestar.

Mike Portugal disse...

LR,

Foi mesmo o Neto que se deixou antecipar pelo Rondon no lance do 1º golo. Não teve nada a ver com saltar ou com altura. Simplesmente o Rondon (que quase nem precisou de saltar) chegou 1º à bola e cabeceou-a livremente.

Muito sinceramente acho que ganhamos mais, com um meio-campo:

-- Schaars
Elias Matias

do que estar a mandar o Matias para uma das alas e meter o Neto ou o Carriço ou o A.Santos.

vitor disse...

A unica satisfação hoje reside no próximo jogo ser fora de casa.

Era bom que direcção e treinador resolvessem vários assuntos pendentes antes da equipa voltar a Alvalade.

Desiludido com os adeptos, mas sobretudo com a direcção. Alguém duvida que mais norte revertiam num ápice o episódio das fotos em capital de confiança agregador em vez de um estádio quase às moscas?

Que o treinador ontem não conseguiu contornar, com uma equipa sempre muito lenta. Chegou a parecer que o acelarador é um exclusivo de Capel.

E centrais constantemente com 60 mts nas costas correm sempre riscos desnecssários. É da natureza dos avançados serem muito mais rápidos. Tudo muito previsivel!

Já agora, Bojinov está longe de ser a aposta do treinador na frente, onde nem nunca devia jogar sózinho. Suplente utilizado, não fez nada que Wolswinkel infelizmente, não tenha vindo a fazer nos ultimos tempos e mesmo assim fez de longe o melhor jogo desde que chegou, nunca se escondendo.

Enquanto não dermos o tempo necessário a quem o reclama, onde pelos vistos não estão só os atletas, vamos estar sempre a começar de novo.

SL

Lionheart disse...

O jogo na Choupana vai ser de alto risco. Os outros vão reproduzir a táctica de Alvalade, provocando e aproveitando eventuais erros do Sporting, sabendo que se fizerem um golo têm meio caminho andado para a final. Temos uma margem de erro limitadíssima. Curiosamente, a partida seguinte, para a Liga, também é na Madeira, com o Marítimo. Dois jogos seguidos na ilha. Duas deslocações tradicionalmente difíceis...

Os adeptos são portugueses. Fraca gente. O empate contra o porco desmoralizou o pessoal e a assistência na Taça foi fraca. Justamente quando esta competição é mais importante para o clube, derivado ao campeonato estar mais longe, é quando os adeptos se desinteressam. Ambiente fraco nas bancadas, jogo morno no relvado, adversário mais confiante. Enquanto os sportinguistas não perceberem isto, não percebem nada.

vitor disse...

Os que no estádio deram a ajuda extra aos avançados do Nacional são os primeiros a exigir a taça.

SL

RG disse...

Que mau que é aquele J.Pereira, péssimo a defender, útil a atacar e fantástico a fazer faltas inúteis a entrada da área do SCP do lado do seu corredor. Felizmente faltam 5 meses para ser vendido!

Ultima palavra para a equipa tec. Matias a extremo?? E que tal Polga a Ponta de Lança? Patrício a central?? Tenham dó

Com as dificuldades que existem em construir e cm as equipas a perceber isso mesmo, em Alvalade o meio campo enquanto não houver Rinaudo tem de ser Schaars,Elias e Matias, com ordens tanto para o holandês ou brasileiro desceram perto dos centrais para pegarem no jogo. Nas alas em condições normais Izma e Jeffren, não tendo um destes, Jeffren e Capel/Carrillo,

Daniel disse...

Não querendo defender Domingos que não precisa, percebe-se a ideia do Matias mais à direita. O Nacional jogou como vão jogar os pequenos em Alvalade: 3 linhas juntas em menos de 20m. Há 2 formas de contornar isto. Ou se joga para entradas de avançados (que têm de ser eximios a dominar e de remate fácil - daí o Ribas) ou se joga em diagonais, finta curta, tabelas para se ganhar espaços e faltas.

Esta segunda opção não é o jogo do capel nem do carrillo, que precisam de espaço, de adiantar bola para o espaço, que não existiu.

Se bem se lembram o matias, eximios neste tipo de jogo, ali já resultou em 3 jogos em alvalade. Ontem resultou em parte, ganhámos faltas e cantos e criámos, mesmo na primeira parte, lances que podiam dar golo, se houvesse pontaria (cabeceamento do insua ao lado do poste na sequência de um canto, CORTE de bojinov para onde estava virado completamente só na entrada da pequena area, CORTE de insua para onde estava virado, remate de matias entrada da area perto da barra....).

Não estando a resultar, o treinador e muito bem, alterou rapidamente.

Podemos questionar o porque do x nao jogar, jogar o y tanto tempo, poder entrar o z na segunda parte ao invés da primeira,... mas como não acompanhamos o dia a dia dos jogadores, não falamos com eles, a única coisa que lhes conhecemos é o vulto ao longe em dia de jogo, não me lixem!

Tivesse o neto estado com atenção, o polga fosse metade do descomplicado que é o americano, o carrillo não se tivesse iludido com uma baliza tão grande, o vladan estar mais para a direita 10cm quando o matias lhe acerta, o baptista tivesse dado o segundo amarelo ao sérvio na primeira parte, o baptista tivesse visto (?) a cotovelada na boca que o americano levou... já tinhamos o bilhete para o jamor.

ps: obviamente que a apatia da primeira parte de ontem e os primeiros 25m de vila do conde NÂO PODEM ACONTECER!