segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Interessante

Sá Pinto prestou no final do jogo de ontem umas declarações que considerei bastante interessantes. Disse ele, confrontado com uma pergunta de um jornalista com o desanimo demonstrado pelos adeptos pelo futebol praticado, que também ele como sócio não estava satisfeito com o actual momento mas também sabia que aqueles jogadores já tinham conseguido praticar um bom futebol que empolgou Alvalade. A segunda parte é apenas uma constatação e é algo que já tinha aqui escrito, a primeira parte é algo que nos toca como sportinguistas. Não nos enche a barriga (mais pontos) mas enche-nos o ego, saber que alguém que está a orientar a nossa equipa sente as alegrias e as tristezas como nós.

O jogo não foi bom. Continuamos a ter jogadores importantes de fora, continuamos a ter jogadores a se lesionarem durante os encontros e a aumentarem a lista de indisponíveis o que não ajuda para as rotinas que se pretendem mas vencemos! E vencemos mesmo com jogadores objectivamente abaixo do que já produziram, Insua, Elias e Ricky são bem o exemplo do que falo, jogadores que são uma sombra do que produziram entre Outubro e Novembro e que baixam o nível exibicional da equipa.

Para lê este blog desde o inicio sabe que não ligo à "nota artística" como diz o outro, para mim a única coisa que interessa é se conseguimos somar os 3 pontos ou não. O SCP ontem teve muita posse de bola, na 1º parte o Paços andou apenas a correr atrás da bola não tirando por vontade própria os seus 11 jogadores bem perto da sua área. Nós tínhamos a responsabilidade de ser mais rápidos e incisivos com a bola mas também seguros e sem cometer erros na manutenção da mesma e começo precisamente por ai, as únicas 2 ocasiões de golo do adversário surgem de perdas de bola dos nossos jogadores o que demonstra bem a superioridade que tivemos durante o encontro. Ofensivamente não criámos muitas ocasiões é verdade mas mesmo na 1º parte conseguimos criar duas situações após trocas de bola no meio campo com 2 jogadores isolados, uma por carrilo que se deixou desarmar e outra por João Pereira que recebeu a bola para trás se juntarmos a isto 2 penaltys sonegados pelo arbitro e a não aplicação das regras quando o guarda-redes adversário "quase" apanhava a bola antes do Ricky rematar mostra-nos que mesmo uma exibição a roçar o mediano podia ter perfeitamente outro desfecho.

Compreendo que a altura seja difícil, compreendo que os sportinguistas estejam sedentos de resultados e fartos de esperar. Saúdo os resistentes que jogo após jogo e mesmo sem resultados desportivos se deslocam a Alvalade deixando em aberto a possibilidade de batermos a média de espectadores por época deste novo estádio mas deu para perceber que este Sporting de Sá Pinto tenta jogar de pé para pé, é certo que o fez de forma lenta, talvez porque nesta fase os jogadores não tenham a confiança necessária para arriscarem um passe de rotura ou talvez porque esta equipa tem graves problemas nas recuperações defensivas, devido a ter centrais que não são propriamente rápidos e laterais bastante ofensivos.

O caminho faz-se caminhando é certo, mas não é menos verdade que não podemos andar constantemente com a cenoura à nossa frente, algum dia teremos que realmente conseguir alcança-la senão corremos o risco desse efeito desaparecer.

Saudações Leoninas

5 comentários:

João Santos disse...

O problema é que as perdas de bola dos nossos jogadores são 99% das vezes por parte do senhor Folga, as outras 1% até podem ser do Rodriguez em cada um dos 20 em 20 jogos que ele faz, e apesar de tudo isso, continuamos a levar com ele época após época, e sempre a titular. Muita sorte tivemos nós que ontem uma delas não desse em golo porque lá estava o Patricio. Quinta-feira há mais uma casa dada por ele, pode ser que também não resulte em golo...

QUINTA DEL DUQUE disse...

O seu último parágrafo acaba por ser o mais importante. Mas nós adeptos somos também culpados por rapidamente acabarmos com esse efeito...


MIGUEL SOUSA TAVARES

http://quintadelduque.blogspot.com/2012/02/miguel-sousa-tavares-parte1.html

leao revisor disse...

João Santos

É verdade mas a 1º foi do Izmailov. Não é para apontar o dedo a este ou aquele a verdade é que este tipo de erros tem nos sido fatal.

Peyroteo disse...

Apoiar não é fechar os olhos e, enquanto outros celebram campeonatos, apoiar todas as asneiras e, como li por aqui, ficar satisfeito por celebrar o melhor contrato de rescisão com um treinador despedido.

Por outro lado, apoiar não é assobiar e intranquilizar a equipa neste momento difícil.

Mas, infelizmente, é o que temos...

Mike Portugal disse...

Leão Revisor,

2 coisas:

1ª Não queres desligar a porcaria da verificação de palavras? É altamente irritante.

2ª Jogar de pé para pé sempre foi o modelo praticado na nossa academia. Ainda é muito cedo para o conseguirmos fazer bem pois Sá Pinto teve uns 5 treinos com estes jogadores, se tanto. Vamos dar tempo ao tempo porque temos jogadores para jogar como o Sá quer.

Por fim, para os idiotas que vão ao estádio assobiar aos 10m de jogo porque a equipa quer jogar "para trás e para o lado" para poder conservar a bola, vão aprender a ver futebol e não prejudiquem a equipa.