segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Modelos de gestão

Li com muito interesse uma crónica de Pedro Faleiro Silva (ex-presidente da AAS) sobre as diferenças dos modelos privados vs modelos associativos.

E achei muito interessante esse texto porque para lá da sua opinião pessoal revela um rol de factos do futebol europeu que são indesmentíveis.

Resumidamente e depois de apresentar factos acredita que a nossa solução só poderá passar por um modelo associativo e com uma redução de custos mesmo que isso implique uma reformulação de objectivos algo que nunca tinha acontecido na nossa história.

Compreendo, acho interessante essa visão mas não concordo. E não concordo pela simples razão que o SCP já tentou efectivamente esse caminho. O SCP já tentou reduzir o seu orçamento, o SCP já tentou ter um plantel maioritariamente composto por jogadores saídos da formação e o SCP já tentou fazer o melhor possível, tentando vencer o campeonato mas sabendo que isso implicaria o melhor SCP e que os rivais tivessem mal. Isso resultou em 4 segundos lugares, participações constantes na champions e lucros na SAD algo que nunca mais aconteceu na nossa já relativamente longa história dessa sociedade. Mas isso tambem nos levou a perder completamente o comboio em relação aos nossos rivais, chegámos a ter um orçamento 4 vezes inferior a um dos nossos adversários e era correcto afirmar que tínhamos um orçamento curto para ser campeão e alto para o 3º lugar.

E depois o efeito bola de neve faz-se... maus resultados, geram insatisfação dos sportinguistas, o que gera menos receitas etc etc etc, filme que todos já viram e viram várias vezes.

Por isso o caminho de redução de despesas é viável sim, apenas e só se a nossa liga ou a nossa federação, colocar regras nesse sentido, porque de outro modo com o SCP a baixar e o FCP e o SLB a aumentarem os seus investimentos apenas com um milagre é que voltaremos a ser campeões.

Saudações Leoninas

5 comentários:

vitor disse...

Depois do jornalista que veio falar da coligação - ao menos ficamos logo a saber que voltou a haver dinheiro para alcool - a reclamar 1 titulo em 6 anos a mamar?! Na nossa melhor fase, tivesse guardado o Jardel e podia reclamar 2!

A falar de formação, o palhaço que organizou com os amigos skinhead, esperas ao Paulo Bento!?

Nada de novo, as galinhas é que não têm memória!

Que a equipa com menos sobrecarga de jogos continue a vencer!

Força Sporting!

SL

QUINTA DEL DUQUE disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
QUINTA DEL DUQUE disse...

Apesar de nem tudo ser tão linear. O Atlético de Madrid com o outro treinador parecia uma equipa de solteiros e casados. Hoje com Simeone estão como o dia da noite.
Um treinador decente e bons dirigentes valem uns valentes milhões de euros de poupança em jogadores.

DEPOIS DE QUEM É A CULPA VÍTOR?
http://quintadelduque.blogspot.com/2012/02/depois-de-quem-e-culpa-vitor.html

10A disse...

O grande problema é que qualquer projecto em Portugal é boicotado pelo malfadado sistema.
É indesmentível que bons dirigentes, uma boa equipa técnica e bons jogadores poupam milhões, mas se o boicote por parte dos actores principais do sistema se impõe nos momentos decisivos não há, nem nunca haverá qualquer projecto ganhador sustentável.
É lamentável que nos últimos trinta anos a justiça nacional, que tem tido alguns dos seus actores principais nos órgãos de justiça federativa (ex: PGR, Presidente do STA, etc.) tenha sempre assobiado p'ró lado e demonstrado ser um coisa de meninos em comparação com a teia do sistema.
Convençam-se que por muito que se lute dentro e fora de campo às claras, a grande luta é e será (pelo menos nos tempos mais próximos) subterrânea.

vitor disse...

Boa segunda à noite no cabo, quase não se falou do Sporting!

Nem o mariconço do Seara que se entreteu a teorizar enquanto se contorcia - com a cabeça debaixo do braço chegou a lamber o tampo da mesa - quem vai ganhar o clássico é sua eminência, o prof. Manuel Sérgio! Só de imaginá-lo a falar com Jasus...

Que as grandes equipas aparecem nos momentos fundamentais?! Como se depois das derrotas na Russia e em Guimarães, já sem margem de erro, Coimbra não fosse mais que fundamental! Saviola achava que sim!

Na semana em que reabriu o blogue "Mafia do Benfica"!

Já nós, ainda antes dos 4 jogos numa duzia de dias, voltamos a ter jogadores a mais nas selecções!

SL