quarta-feira, 28 de março de 2012

Kinder Surpresa

Muita atenção ao jogo de amanhã com o Metalist.
É o melhor ataque da prova e joga maioritariamente com brasileiros e argentinos. Alguns deles grandes promessas.
Os adeptos dos clubes adversários brincam com o Metalist e falam do clube como se do Vilafranquense se tratasse. Pois bem, não é uma equipa da elite europeia mas tem um orçamento largamente superior ao nosso. Vai em terceiro lugar no seu campeonato, mas o Chelsea também é quinto a 23 pontos do primeiro classificado e o Sporting também é quinto a muitos pontos da liderança. Por essas razões, isso são factores de apreciação com elevado grau de subjectividade.
É uma equipa com médios creativos muito bons de bola e a  sua maior pecha será a defesa. Não gostam (ou sabem) jogar em ataque organizado e por isso costumam fazer melhores resultados fora de portas. Há que ter cuidado amanhã pois poderá ser a chave da eliminatória. Exige-se elevado grau de concentração e empenho total. O público dirá presente e será o 12º jogador!
Força Sporting! A Final está ali tão perto.....

8 comentários:

luis silva disse...

Questiono os presentes se sabem quanto se ganha de dinheiro se passarmos o Metalist e para além disso, quanto dá uma vitória ou um empate num jogo da liga europa?
SL

Lionheart disse...

Lá vem este meter veneno. Há algum problema em haver prémios por vitória nas competições mais importantes, pá? És tu que pagas? Os outros não fazem o mesmo? Se o Sporting ganhasse a Liga Europa punham defeitos na mesma.

Don disse...

Fds fonte segura a copiar o visão de merda? o jornal "a bola" ao pé daquilo, é o jornal do sporting

de quanto é que foi o orçamento deles? Não sabem
Um tosco dispensado emprestado nosso é titular deles


quero lá saber dos torsiglieri e dos brasileiros, só nos beneficia, é como jogar contra uma equipa portuguesa.


VAMOS GANHAR ESTA MERDA, INDEPENDENTEMENTE DOS LESIONADOS, SE FOR PRECISO JOGA O SÁ PINTO

mete na lista
vaslui
zurich
lazio
legia
city

torçam pelo benfica que eu quero uma supertaça europeia.

vitor disse...

Caldos de galinha nunca fizeram mal a ninguém!

Já de orçamentos estamos falados esta edição da Liga Europa!

Acredito que somos superiores porque trabalhamos melhor e que vamos demonstrar essa superioridade durante a eliminatória!

Acresce que falei com o Czar que me garantiu que vamos dar uma coça aos ucranianos! Transmitiu-me ainda que é esse o crer de todo o balneário, com o devido profissionalismo!

Tomara que os bascos façam o mesmo aos alemães! Para mim, de longe o adversário mais dificil ainda em prova!

E a confidência fica-se a dever ao facto de tardar o regresso do velhinho espirito da 10 A! Seja através de mais treinos abertos ou de outras iniciativas! Os jogadores têm que estar com os adeptos!

Desde os ultra mais fanáticos, cuja unica profissão que conhecem é mesmo apoiar, aos de juba mais velha com muitas batalhas, sempre ali ao redor do Estádio, qual zona de caça ainda a emanar o odôr da ultima matança, até ao sócio mais normal! Porque também há jogadores mais normais!

Não se potencializa nada a comunicação no negócio futebol! S/ comunicação não se vende merchandising! Precisamos de melhores contratos publicitários, mais sponzorização! Falo dos clubes e sobretudo da Liga, que remete tudo para uns flash depois dos jogos, que nem me atrevo a classificar!

É necessário muito mais, muito mais agressivo que visitas de caridade! Sobretudo na caixa mágica! E deve sempre respeitar-se a máxima para não haver muita dispersão! No futebol falam os jogadores, o mister e o lider! E não deve ser só, nunca deveria ser aliás, para falar de arbitragens! Só traz mais neblina que tende cada vez mais a afastar os verdadeiros adeptos do futebol!

Por falar disso, o trafulha do Vitor Pereira continua sem vir justificar a infâmia!

Espero bem que na próxima época passemos todos a ver muito mais os nossos jogadores, sobretudo eles!

Força Sporting!

SL

vitor disse...

Continua a ser verdade o que disse Wolfswinkel já na actual edição da Liga Europa!

Num dia bom eliminamos qualquer um!

Temos grandes jogadores!

Força Sporting!

SL

Gajo que só comenta sob capa do anonimato disse...

Também concordo que este clube Ucraniano seja mais difícil do que alguns julgam e que por isso mereça todo o nosso respeito assim como todos os adversários com quem o Sporting joga, agora ter respeito pelo adversário é uma coisa, outra coisa é ter um receio exagerado que pode até criar alguma intranquilidade junto da equipa. Não me parece que haja propriamente razões para fazer do Metallist um papão, porque não o é. Olhando para a prestação que tiveram na liga Europa desta temporada, podemos ver que na fase de grupos, á excepção do AZ jogaram com equipas relativamente fracas. Na fase seguinte eliminaram o Salzburg que embora esteja longe de ser uma equipa de primeira linha, a expressividade dos números (4-0 e 4-1) possa provocar algum impacto. Na eliminatória anterior talvez não seja exagerado dizer que até tiveram alguma sorte. Quem esteve atento sabe que no jogo da segunda mão a dez minutos do fim, o Metallist estava eliminadissimo, perdia 1-0 depois de ter perdido o primeiro jogo em casa por 1-0. Nos minutos finais acabaram inesperadamente por marcar os dois golos que os apuraram. Seja como for, o que se pede nesta fase da competição é que os jogadores do Sporting estejam concentrados e focados em ultrapassar este adversário, não esmorecendo perante alguma adversidade que possa surgir, acreditando sempre na vitoria até porque o Sporting para alem de ter equipa para ganhar ao Metallist, já mostrou aquilo de que é capaz.

Jalex disse...

Vitor

Falou com o Izmailov?Quer me parecer que somos vizinhos...


Logo lá estarei,mas desenganem se aqueles que pensam que este Metalist e é um clube de distrital.Quem pensa dessa maneira de certo não viu nenhum jogo desta equipa.

Ps: Torsi dava nos um jeito do caraças.Ele mais Xandão ou o Onyewu e esta época tínhamos tido uma dupla de centrais de betão.Penso que se precipitaram um pouco com o empréstimo e consequente venda(que ainda não sabemos por que valores).

Lionheart disse...

Ainda bem que jogamos em casa a primeira mão. Para além de maximizar a receita de bilheteira tem outro efeito. Nesta fase adiantada da prova e contra as equipas mais fortes, prefiro ganhar a primeira mão em casa por apenas 1-0, por exemplo, do que empatar fora a 0 ou com golos, porque dá uma falsa sensação que a eliminatória está quase ganha. É certo que temos os traumas de Salzburgo e Viena, mas recentemente as eliminatórias contra o Atlético de Madrid e contra o Rangers (por duas vezes) demonstram como podem ser frágeis os bons resultados fora. Jogando a segunda mão fora depois de ganhar vantagem em casa podemos apostar no erro do adversário. Se a segunda mão for em casa, mesmo que com o ligeiro ascendente de um empate fora, somos nós na mesma que temos de ter a responsabilidade de alavancar o jogo e basta um golo do adversário para ficar tudo a tremer. Sendo ao contrário, se as coisas não correrem bem em casa, há ainda a segunda mão fora para recuperar, por mais improvável que seja. Tendo em conta as armas de que o Sporting dispõe, o sorteio foi-nos favorável, felizmente.