quinta-feira, 1 de março de 2012

Que cumpra a promessa!

É apenas aquilo que "peço".

GL disse durante a campanha que a SCP SAD seria sustentável a partir da época 12/13. Falou que para isso seria necessário que as receitas anuais se fixassem na ordem dos 70/80 milhões sem contar com a mais valias da venda de jogadores e entrada na champions, então é isso que "espero".

Os resultados negativos apresentados não são surpresa, se investimos, se aumentámos a folha salarial e se não tínhamos para vender era óbvio que o resultado teria que andar no vermelho, algo que já tinha sido dito pelos responsáveis alias.

Passámos a ter um passivo da SAD de 220 milhões contra os pouco mais de 200 do FCP (que mesmo tendo vendas superiores a 50 milhões deu prejuízo) e contra os pouco mais de 400 milhões do SLB (que aumentou o passivo mesmo tendo dado lucro resultado dos anos consecutivos de investimento que resultaram em perdas de mais de 100 milhões)

Saudações Leoninas

30 comentários:

anonymus disse...

Pois, mas quando ele fez essa afirmação ainda não tinha por cá passado a já célebre TROIKA, que impôs restrições a todos, especialmente ao povo (do qual fazem parte os adeptos dos Sporting) e que têm também efeito na compra de bilhetes para ir a Alvalade.

Penso também, que os tais milhões que prometeu investir estariam na altura garantidos, mas com as restrições feitas aos bancos pela dita TROIKA, teria havido marcha-atrás.Lê-se de vez em quando noticias nos jornais, que os bancos têm recusado e muito, empréstimos que há alguns anos atrás dariam aval.A gestão do GL tem concerteza tido dificuldades enormes para conseguir pagar ao fim de cada mês.Estou certo que se lá estivesse outro seria a mesma coisa.Só se o Sporting em vez de pertencer aos sócios, fosse a propriedade de um russo ou um árabe.

leao revisor disse...

Acredito que sim, mas quando se candidatou já sabia que isto não seria um mar de rosas.

Terá que arranjar outras soluções, para o ano quero já inverter a tendência do vermelho até porque aquela cor faz-me muita confusão.

vitor disse...

O anonymus tem razão e não é só nos clubes que a gestão é uma aventura hoje. Apesar de dar graças a Deus de não depender de árbitros!

Com o actual nº de sócios e com a flutuação nas assistências que se tem vindo a verificar não saimos do vermelho no actual mandato.

Falo claro da exploração! Nas contas tem que haver outro tipo de noticias!

E não há receitas extraordinárias que nos valham, os artistas que os adeptos exigem não se compadecem com os resultados como eles, recebem mesmo todos os meses!

Tantos anos a falar de custos e receitas e não adiantou nada!

Afinal o que é um clube grande? O que não cumpre as obrigações?

SL

SPORTING 2011 disse...

Gostaria de deixar o meu contributo com algumas ideias que me parecem obvias para o aumento de receitas que tanta falta vão fazendo.

1. Horários dos Jogos: O Sporting não pode ficar refem das televisões no que diz respeito aos horarios dos jogos, sempre que possivel os jogos devem ser agendados para as tardes de sabado ou domingo. Jogos à segunda ou sexta à noite não conseguem cativar presenças no estádio.
2. Preço dos Bilhetes: Para além das Game Box, o Sporting deve introduzir uma politica de preços lowcost, nomeadamente para as bancadas superiores de forma a garantir a lotação do estádio, desta forma aumenta-se não só a receita directa mas obviamente a receita indirecta com merchandising, consumo de bares, publicidade e imagem.
3. Politica de aproveitamento de activos que garanta uma eficaz gestão dos jogadores da academia, onde o Sporting através de emprestimos possa garantir uma renda anual pelos passes desportivos desses jogadores.
4. Criação de um jogo ou torneio de grande prestio no inicio de epoca e na altura do natal, de forma a promover a imagem do Clube não só em Portugal mas fundamentalmente no mercado externo.

Carlitos Freitas disse...

Mas Revisor a venda dos passes por 200 mil euros é ridícula vista de que quadrante for.

SEM RESPIRAR DÓI MENOS http://quintadelduque.blogspot.com/2012/03/sem-respirar-doi-menos.html

leao revisor disse...

Vitor

Se não tem capacidade para tirar o clube do vermelho em 3 anos, em 1º lugar mentiu aos sócios e em consequência disso deveria pedir a demissão por não conseguir atingir os objectivos.

Carlitos Freitas

Deveriamos precisar desses 200 mil euros como de pão para a boca. Como disse o unico negocio que não o faria era de Betinho porque nos restantes é dinheiro que entra já que tenho sérias duvidas que venha a entrar no futuro.

Carlsberg disse...

Sporting 2011 se bem que eu também goste de futebol de tarde com a familia a verdade é que com os compromissos internacionais, tais como a LC e a LE, que desgastam os jogadores, torna-se muitas vezes necessário o jogo á 2f. Mas mesmo assim as assistências, são o que são não por causa dos jogos serem á 6f ou á 2f ou mesmo aos sabados e domingos á 21h. O problemas são as vitórias e as exibições.
Assim que houver excelentes exibições bastante agradáveis, bem como a luta pelos mais importantes titulos o estádio estará sempre cheio e nem será necessário vender lugares low cost, porque não haverá lugares disponiveis.
Nesta perspectiva também o numero de sócios pagantes aumentaria e a receita de vendas de camisolas e equipamentos também aumentava exponencialmente.

Se o que disse acima for conseguido, significa que o SCP e os seus jogadores estarão nos maiores palcos da europa, e logo os contratos de publicidade e marketing são melhorados, e aí teremos mais receitas, logo mais dinheiro para investir.

Em relação aos jogos ou torneios de grande prestigio, estou de acordo, principalmente o torneio, mas para haver sucesso teria de ser efectuado, quando o SCP estivesse na mó de cima, ou seja com titulos, e em paises de grande poder económico e poder de compra, caso agora da China, ou Dubai. Mas esses torneios, têm de ser feitos no fim da época ou no inicio da mesma, senão pode-se comprometer uma época inteira se no meio dela nos colocarmos num jogo ou torneio, que para além do desgaste, pode comprometer elementos chave do plantel com lesões.

Moral da história, o que se precisa são vitórias e titulos, fora disso, continuaremos na mesma, sem resultados desportivos, e sem resultados financeiros.

SL

Daniel disse...

De uma vez por todas: apesar de ser a mensagem que passa da comunicação social, tTODOS os clubes estão com os mesmos problemas!

algum de vocês tem noção que o carnide lançou um empréstimo obrigaccionista de 50M a vencer-se a um ano (!!!) há 2 meses?? Pois, não sabem... façam uma pesquisa no google e não encontram nada...

perguntem aos vossos amigos lampiões... não sabem de nada!!

mas nós é que estamos mal

é apenas um pequeno exemplo da diferença de tratamento... continuem a comprar jornais...

SL

leao revisor disse...

Daniel

Onde está isso? Eu não faço a mínima ideia disso. Qual a taxa de juro?

SPORTING 2011 disse...

Já que falam no Carnide, deixem-me dar um exemplo de como conseguir receitas importantes.

A Taça eusébio, garante um retorno financeiro de 1M€, contabilizadas as receitas de bilheteira, venda de direitos de TV, merchandising, etc.

Ruben disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
vitor disse...

Revisor,

Quem cumpre promessas são os devotos da fé! Não ouvi ninguém dizer que ia a Fátima!

Os gestores traçam estratégias para alcançar objectivos!

Deixei bem claro que não vamos a lado nenhum sem aumento de quotizações e assistências no estádio! Que como bem sabemos estão sempre dependentes dos resultados. É o futebol!

Do que não precisamos de certeza é de tanto fundamentalismo!

Já que estamos a falar de dinheiro, olhe para os resultados dos principais bancos comerciais.

Também acha que a solução do sector passa pela demissão da generalidade dos conselhos de admnistração?

SL

Daniel disse...

leão revisor,
está no relatório do 1º semestre do carnide.

como está também que a venda do coentrão teve como resultado líquido de +/-16 milhões... curioso, não é?

onde estão os outros 14M?

mas há mais informação que bem utilizada daria uma capa escandalosa amanhã. as não interessa

imagine se fosse connosco...

SL

LeaoCapel disse...

Quando daqui por uns meses deixarmos de ter dinheiro para pagar salários e as contas correntes , aí vamos ver se os outros estão mesmo tão mal como nós, como diz a carneirada (e mesmo que estivessem eu estou-me borrifando para os outros, o Sporting não deve ser comparado aos inferiores).

Depois ainda temos casos clínicos como o Victor, que diz esta pérola:

"Já que estamos a falar de dinheiro, olhe para os resultados dos principais bancos comerciais.

Também acha que a solução do sector passa pela demissão da generalidade dos conselhos de admnistração?"

A ti dou-te um conselho: junta-te ao Rui Oliveira e Costa, carreguem uma Colt antiguinha com 3 balas e entretenham-se a jogar roleta russa. Estou farto de ver adeptos como vocês a rondar o Sporting.

Mike Portugal disse...

Tirei estes numero do blog Bancada de Leão para também podermos comparar ativos, pois não faz sentido comparar passivos sem os respetivos ativos:

Sporting SAD - 230,7 M€ (+15,6%, Activo de 181M€)
Benfica SAD - 403,72 M€ (+6,3%, Activo de 411 M€)
Porto SAD - 212,2 M€ (+5%, Activo de 226 M€)

MRG disse...

Servette declara bancarrota
Segunda da liga suíça a declarar insolvência

O proprietário dos suíços do Servette declarou esta quinta-feira a bancarrota do clube, que se torna o segundo, entre as dez equipas que competem na primeira liga suíça, a entrar em insolvência.

No Servette encontram-se vários portugueses: o diretor-desportivo Costinha (na foto), o treinador João Carlos Pereira, o adjunto João Neves, e os futebolistas Roderick, emprestado pelo Benfica, Barroca, Daniel Soares e Saleiro, bem como o luso-descendente Thierry Moutinho.

A situação coloca o Servette numa situação similar ao Neuchatel Xamax, que declarou também insolvência já no decorrer da época e deixou de competir, mas é ainda indefinido se a equipa de Genebra continuará em prova.

Em 2005, o Servette, esta época quarto classificado do campeonato, passou por um cenário semelhante e foi despromovido a meio da temporada.

A Liga suíça emitiu, entretanto, um comunicado, no qual refere estar a analisar a situação.

O "dono" do clube, o iraniano Majid Pishyar, refere em comunicado publicado no site oficial do Servette que tomou esta "complicada" decisão de "coração partido", deixando críticas ao escasso apoio do governo e da comunidade local.

"Convidei todos os parceiros a fazerem parte do sucesso do clube. Com muita pena minha apenas uma minoria juntou-se a nós", disse Pishyar.

As dívidas do Servette estimam-se entre 1,7 e 3 milhões de francos suíços (1,4 e 2,4 milhões de euros) e ao clube são reclamadas verbas por parte da empresa que faz a limpeza do estádio.

O palco de jogos, o Estádio de Genebra, não é, porém, propriedade do Servette, tendo sido construído pelo poder local para o Euro'2008.

Apesar do anúncio de bancarrota, o iraniano Pishyar disse que continuará "a lutar pelo Servette", clube que venceu o último campeonato em 1999, num total de 17.

leao revisor disse...

MRG

Compreendo que todos os casos negativos os traga para este espaço, não quererá certamente que traga todos os casos positivos.

Bem sei tambem que não é responsabilidade sua mas talvez não seria mal pensado fornecer uma ideia para resolver o problema do SCP. Ou a sua ideia. E dizer que em primeiro lugar "tirar de lá a corja" já sei, comece com o resto.

Leaocapel

Não sei se lhe trás grande satisfação mas o primeiro mês onde o SCP teve reais e grandes dificuldades para honrar com os seus compromissos foi este mês.

O FCP teve estes problemas em Novembro, sendo publico que não pagava transferências de jogadores nem salários de jogadores.

E você ainda não percebeu que continuando a chamar carneirada não trás ninguém para o seu lado? É que nunca me vai ter a apoiar os que você apoia precisamente por este tipo de comentários.

Vitor

Você acha portanto que está tudo bem... O presidente diz uma coisa e não cumpre e está tudo bem!
Esta direcção não teve o meu voto mas tem tido o meu apoio mas começam a haver situações a mais que me desagradam!
E como na questão do treinador a paciência tem limites!

anonymus disse...

O dono do Servette é também o principal accionista do Beira-Mar, se não estou em erro.A falência do clube suiço prova, que o facto de ter sido comprado por um multimilionário, não impediu que falisse.Eles, os investidores, quando se tornam os donos de um clube, nunca o fazem por amor ao clube, mas sim com a intenção de tirar mais-valias.Estes últimos acontecimentos deviam ser lições que os adeptos do Sporting e de outros,poderiam analizar de forma calma e bem pensada, comprando por exemplo, as acções que restam até aos 51% na SAD, formar depois um conselho de gestão e governar a SAD de forma autónoma, como tem acontecido com o hoquei em patins.
É uma opinião minha e mais nada.

vitor disse...

Revisor,

Quem é que disse que estava tudo bem? O que é que GL não cumpriu?

Financeiramente está caótico como foi sempre referido, inclusivé assumido o actual buraco! Nem podia ser de outra forma! Era impossivel aumentar receitas na 1ª época!

O mandato ainda não terminou!

Foi referido que estão a decorrer negociações este ano para aumentar receitas na época 2012/13 e depois atingir o nivel pretendido em 2013/14.

Foi sempre dito que eram necessários 3 anos para aumentar receitas de forma a sustentar os custos de um Sporting competitivo. Era mais que expectável que assim fosse!

Eu nem sou apologista de se andar a discutir a exploração do clube onde quer que seja, limitei-me a subscrever o que disse o anonymus sobre a conjuntura externa.

Ao mesmo tempo que referi a parte da estratégia que diz respeito a cada um de nós!

Depois disto nem estou nada preocupado com as contas do clube. Nada do que possam transmitir constitui qualquer tipo de novidade.

Sobre o treinador ainda compreendo menos o que quer dizer, foi o próprio Revisor que pediu aqui várias vezes a cabeça de Domingos!

Também quer responsabilizar GL pelos resultados até aqui?

SL

Daniel disse...

leão revisor, qual a promessa prioritária que nao foi cumprida?

SL

leao revisor disse...

Vitor

Não apenas acho que como Domingos provou que não servia ao clube e saiu, se GL provar que não serve terá o mesmo caminho.

leao revisor disse...

Daniel

Para mim até agora apenas reduzir a diferença para os rivais.

De resto ainda lhe dou tempo para cumprir as restantes.

Por isso digo "que cumpra a promessa".

LeaoCapel disse...

A mim não me traz alegria nenhuma as dificuldades do Sporting caro Revisor. Por isso mesmo é que não consigo apoiar esta Direcção nem as outras que a precederam, que são da mesma família política.

E mais uma vez lhe digo, os outros não me interessam, não percebo esta necessidade de nos compararmos a porcos e a corruptos. Com o mal deles posso eu bem (embora no caso do Porto penso que problema não seja bem a falta de dinheiro mas sim a distribuição do mesmo, basta ver os bónus da SAD para chegarmos a esta conclusão).

Quanto ao resto, quem sou eu para vir aqui converter alguém; afinal de contas se continuam a apoiar "projectos" de uma direcção que é da mesma cor das outras que a precederam, então já nada vos consegue convencer. Nem que o Sporting amanhã fechasse portas, mas enfim...
E também é curioso ficarem tão ofendidos com os meus comentários quando já apoiaram Presidentes que até chamavam terroristas e cretinos aos sócios que discordavam com eles. Por isso esse papel de virgens ofendidas não fica nada bem...

leao revisor disse...

Leao Capel

"Quando daqui por uns meses deixarmos de ter dinheiro para pagar salários e as contas correntes , aí vamos ver se os outros estão mesmo tão mal como nós,"

Apenas a minha resposta foi para lhe responder a isto. Concordando que nos devemos preocupar apenas com os nossos problemas mas sabendo que não vivemos numa "ilha".

Mas existe alguma duvida que quando JEB chamou terroristas a um sector do clube perdeu-os para sempre?

E por uma questão de lógica se você quer alguém da sua "cor" (pensava que éramos todos verdes) já ficou mais que provado que precisa do "meu voto" por isso compreenda que não é com vinagre que se apanha moscas.

vitor disse...

Afinal o Revisor não passou a representar nenhuma marca de guilhotinas! Sempre motivadoras e grande prova de confiança na vitalidade do clube!

Deve ter chegado a uma fase da vida que sente vontade de embarcar em alguma aventura. Não acredito nalgum efeito da seca prolongada que se desconheça... bastaria que voltasse a chover.

Como mudar de clube! Onde voltar à ribalta vai ser um passeio! Nesta altura já estuda a nova cor dos equipamentos.

Só precisamos de saber se tal também vincula o blogue na integra?

SL

MRG disse...

@Leão Revisor,

"Compreendo que todos os casos negativos os traga para este espaço, não quererá certamente que traga todos os casos positivos."

Eu trago todos os casos negativos para aqui porque basta dar uma vista de olhos pelas caixas de comentários de blogues e facebook para ver que todos aprovam a venda da SAD, porque querem títulos como o City, o Chelsea e o United. Esquecem-se é do reverso da medalha, que é bem mais frequente que os casos de sucesso. E é por isso que ando sempre a mostrá-los.

Já agora, gostava de saber como é que GL quer aumentar em 2 anos as receitas em mais de 30M€/ano.

Com as quotas? Com os direitos televisivos? Com o merchandising? Impossível! Utópico!

leao revisor disse...

MRG

Não é dificil

Os direitos Tv estão já negociados e o aumento de receitas via disso é ja uma certeza.

O que GL espera é realizar melhores contratos de publicidade com a academia e vender o naming do estadio.

Se juntarmos a isto um aumento mesmo que pouco significativo da quotização e da bilhética o aumento dos tais 30 milhões não é assim tão utópico.

SPORTING 2011 disse...

Claro que não é utópico, utopia é falar-mos daquilo que não sabemos.

MRG disse...

@Leao Revisor,

Claro que é utópico! Senão, vejamos:

- Os direitos de TV vão dar mais 3/4M€ por ano;
- A melhoria de contrato de publicidade com a Academia e equipamento irão render mais 4M€/ano (níveis do clube da fruta);
- Quanto à quotização, relembro que o rácio 75% para a SAD - 25% para o Clube foi invertido. Logo, a SAD passará a receber qualquer coisa como menos 5M€ por ano em quotas (números por alto, visto não ter aqui à mão o último R&C);

Por isso continuo a perguntar, como vão aumentar em 30M€/ano as receitas? Utópico!

QUINTA DEL DUQUE disse...

Ele está lá para resolver. Não vale a pena estarmos com conjecturas.

FOI O ÁRBITRO http://quintadelduque.blogspot.com/2012/03/uma-imensidao-de-felicidade-preencheu.html