quinta-feira, 29 de março de 2012

Na frente!

Com 2 a 0 tínhamos a eliminatória na mão mas mesmo assim estamos na frente para o jogo na Ucrânia!

Não são um adversário fácil, não são pernetas, muitos fortes na transição ofensiva mas também muitos débeis no seu sector defensivo e é isso que me faz acreditar que com mais ou menos dificuldade iremos marcar lá.

Penso que domingo frente ao Leiria deveriam jogar todos os que Sá Pinto não pensa para o 11 titular para 5º feira porque já se percebeu que estes rapazes andam de rastos e 2 jogos por semana é um esforço que já não conseguem aguentar.

Saudações Leoninas

10 comentários:

vitor disse...

Não conhecia nada do Metalist, por isso perguntei a quem os conhece bem e não é fanfarrão!

Quem elimina os gregos - um adversário complicadissimo - não é uma equipa qualquer!

A vantagem que demonstraram não foi ao nivel do orçamento como calculava, mas ao nivel da frescura fisica, motivada pela sua paragem do campeonato!

Inteligentissimo Sá ao inviabilizar qualquer tentativa de transição rápida, como eles bem queriam na 1ª parte! Na 2ª metade fomos para cima deles e mereciamos mais o 3-0 que eles o 2-1! Sá bem avisou para os ultimos minutos!

Os nossos jogadores estão motivadissimos na prova, sentiram tanto o que se passou no campeonato como os adeptos. Para além de que a UEFA para alguns até é mais importante, como para mim! Não aceder aos milhões da Champions já é outra conversa!

Isso e o extraordinário trabalho que Sá vem a desenvolver fazem-me acreditar até ao fim!

É possivel vencer a Liga Europa!

Boa casa! Os adeptos também querem vencer!

Força Sporting!

SL

vitor disse...

Estava convencidissimo, não obstante a grande armada espanhola - sempre hipervalorizada em Portugal - que os alemães tinham uma palavra importante a dizer nas duas taças europeias!

A confirmar-se a eliminação do Schalk 04 é outra excelente noticia!

Força Sporting!

SL

LP disse...

Eu acho que a entrada do renato neto foi péssima.
Todos os lances perigosos do Metalist nasceram de asneiras deste jogador lento de pernas e de cabeça.

Que acham vocês acerca desta quebra, de rendimento do meio-campo?

Lionheart disse...

O resultado é moralizador para as duas equipas. Tem um sabor "amargo" para o Sporting por ter sido no último minuto, quando já não se contava. E aí a postura de Pátrício é a correcta. O árbitro marcou mas nós ganhámos na mesma. Se o Metalist está confiante porque basta-lhe vencer por 1-0, o Sporting tem mais que equipa para marcar lá e estragar-lhes os planos. De resto, assim os jogadores não entram na segunda mão com o mesmo "relaxamento" que um 2-0 permite, o que podia ser mau, e Carcávia não é Manchester, meus caros. Com o City era um jogo de altíssimo risco porque defrontávamos uma equipa com capacidade para fazer vários golos num jogo. Veja-se como o Sporting mesmo tendo feito dois golos fora podia ter sido eliminado. Nesta segunda mão não será assim, mas haverá outro tipo de dificuldades. Vamos ter um adversário que joga com os pés e com as mãos, e se o árbitro fecha os olhos, como o de hoje, vai ser uma "guerra". O Capel fartou-se de levar, houve bloqueios (agora tão na moda) com fartura, empurrões pelas costas, enfim, mais parecia uma equipa de "râguebi". Lá vai ser igual.

O jogo começou com o adversário a jogar à defesa, a pressionar o jogador do Sporting que tinha a bola e a lançar contra-ataques rápidos. O Sporting sentiu dificuldades neste período, o público impacientou-se e confesso que nessa altura temi o pior. Vá lá que a malta acalmou, o Sporting assentou o seu jogo e na segunda parte, com a cabeça mais fresca e o adversário já sem a mesma disponibilidade física para manter as marcações cerradas, o Sporting pode abrir mais espaços. Às vezes é preciso deixá-los pousar e depois afiambrá-los, como fez o Izmailov. Grande, grande jogador.

Temos um problema com as entradas do Jeffren e do Carrillo, tendo-se verificado a mesma situação que em Manchester. Eles podiam ser verdadeiramente letais se o meio-campo do Sporting consequisse manter a bola naquela fase do jogo, o que não conseguiu. Assim têm pouca bola e nas poucas vezes que a têm, não têm apoio. Tanto Carriço como Neto (ambos hoje esteve muito bem) servem mais para limpar do que para subir no terreno. Era muito importante que o Rinaudo pudesse voltar à competição, porque aí o nosso jogo teria mais soluções e potenciava as duas "panteras" mortíferas que temos nas alas e que só precisam do momento certo para explodir. Isso pode catapultar-nos para uma dimensão que permite ganhar a prova... Só falta o Volkswinkel acreditar mais nele próprio também.

QUINTA DEL DUQUE disse...

Sá Pinto está a aprender e hoje podia ter estao melhor.

http://quintadelduque.blogspot.pt/2012/03/nao-ha-varinhas-magicas.html

Jalex disse...

Penso que a substituição de Carriço descaracterizou por completo a equipa.Se ontem no estádio com dificuldade compreendi a substituição devido ao amarelo que já tinha hoje ao saber que esse mesmo amarelo o impede de ir a Ucrânia já acho uma substituição incompreensível.

Como foi dito aqui Renato Neto entrou pessimamente no jogo,mais valia ter apostado no André Santos(mas parece que este jogador para Sá Pinto não conta).

O resultado é enganador,ganhamos sim mas para mim esta longe de ser um bom resultado.Patrício esteve sublime mas as más substituições e o recuo demasiado cedo da equipa acabaram por trair o guarda redes Português.

Penso também que os 45 mins inicias desta partida foram completamente desperdiçados.Houve demasiado medo em arriscar.

Não vai ser um jogo nada fácil lá,e com este resultado vai ser preciso muita cabeça para passar esta eliminatória.

Ps: Espero que Renato Neto não seja opção inicial na Ucrânia,é um jogador muito verde para estas andanças e nestes jogos tem coleccionado erros atrás de erros.

JC disse...

Alguns adeptos do SCP são mesmo incorrigíveis.
Agora que Carriço se começa a assumir como imprescindível na equipa, já criticam a sua substituição, quando antes o crucificavam em campo!
E como tem sempre de haver um ódio de estimação virado para alguém, é Renato Neto que se começa a perfilar para essa posição!
Santa Paciência!
Pobres adeptos, que não merecem a equipa que têm!

Lionheart disse...

Uma das vantagens de jogar o segundo fora, paradoxalmente (ou talvez não...), é que a equipa vai contar com um ambiente constante, mais ou menos hostil, podendo até os calar. O público do Sporting é muito instável e isso intranquiliza os jogadores. Tão depressa apoiam, às vezes com fanfarronice a mais, com olés e ondas (ontem foi uma patetice terem começado aquilo porque não se justificava nada, por ser ainda a primeira mão). Outras vezes basta um jogador falhar um passe que vem logo um bruaá das bancadas. Os primeiros minutos foram do pior comportamento que já vi em Alvalade. Estavam à espera que era chegar e golear. Felizmente que a equipa tem mais sangue frio, senão estava o baile armado.

O objectivo do adversário era trocar a bola atrás para tentar atrair os jogadores do Sporting e cansá-los infrutíferamente enquanto tentavam roubar a bola, e então os ucranianos rapidamente a lançariam em profundidade aproveitando a subida do Sporting. Só que o público não sabe ver que aquilo era uma armadilha e começa de protestar e pedir mais "empenho". A malta quer é ver correrias desenfreadas e depois criticam quando os jogadores não têm pernas. Aprendam a ver futebol, pá!

O Sporting tem de fazer pedagogia sobre este aspecto. Explicar mais as coisas para que o público entenda o que está a ver, ainda para mais com a desinformação que emana dos media, principalmente das (tendenciosas) televisões. O Sá Pinto já começou a fazer isso quando fala em jogar com inteligência. E jogar com inteligência não é fazer o óbvio, muito menos o que o adversário quer. É ter em conta as nossas limitações, inclusive físicas, que afectam todas as equipas nesta altura (não é só o Sporting que está a fazer opções), ainda para mais quando a equipa começou a época com outro treinador e outros métodos de treino (pelo menos para já parecem ter estancado as lesões musculares); e fazer o jogo que nos convém, por muito que a bancada não o compreenda. Mas o treinador também não tem de contar tudo. Convinha por isso que o adepto não tivesse a mania que sabe mais do que efectivamente sabe.

PS - O estádio do Metalist é muito bom, como de resto todos os estádios do Euro 2012. Em arquitectura são do melhor que há na Europa. Não sei de onde vem o dinheiro, mas clubes que jogam em estádios destes não são pequenas "agremiações". Vão ser cada vez mais competitivos no futebol europeu. O Shaktar até já ganhou a Taça Uefa.

http://en.wikipedia.org/wiki/Metalist_Stadium

Jalex disse...

O público de Alvalade não é parvo,algumas pessoas que comentam aqui é que alem de mal educadas gostam fazer os outros de parvos(mas nem isso conseguem para infelicidade delas).

Na primeira parte nem o Metalist estava muito disposto atacar nem o Sporting a arriscar.Entrou se com algum receio de falhar,prova disso foi mesmo algumas precipitações dos jogadores do Sporting que deram em perdas de bola.

Eu espero que não venham a chorar os 45 minutos que deram ao Metalist.E os experts aqui da bola façam uma pesquisa na internet e vejam as estatísticas do Metalist na Liga Europa. Vejam sobretudo qual é parte dos 90 mins da partida onde marcam mais golos.Pois é...

Ps :Pedagogia precisam muitos treinadores de sofá.Em especial em levantarem o rabo e irem comprar gameboxes e deslocarem se ao Estádio.Criticam os outros mas alguns nem os pés lá metem durante uma época inteira(o mínimo,já nem falo em deslocações aos estádios dos adversários).

Lionheart disse...

Jalex, está a chamar-me mal educado? Olha que chatice. Como é que sabe que não estive lá? Demos 45 de minutos de avanço uma treta. Quem é que lhe garante que marcávamos? E se marcassem eles? Por acaso é bruxo?

Você parece ser dos que gostam de estigmatizar jogadores (agora é o Renato Neto, em que ontem não há nada a apontar-lhe). Isso é que é "inteligente" e "moralizador", de "facto". Tão "inteligente" que você deve saber mais do que o Sá Pinto. Parabéns. Felizmente que ainda não se lembraram de malhar no Patrício porque fez o penalty. Mantenho tudo o que disse. Felizmente ganhámos. E não vou chorar 45 minutos nenhuns, mesmo que sejamos eliminados. Outros se calhar é que estão a salivar pela eliminação para depois terem que dizer mal e falar em fusões e SADs e no Carvalho.