quinta-feira, 19 de abril de 2012

Já só faltam 90 minutos!

Que jogo!
Nós podemos nos queixar das oportunidades falhadas que nos resolveriam a eliminatória mas os adeptos do Atlético de Bilbau têm muito mais preocupações que nós certamente, em primeiro lugar porque vão atrás da eliminatória e depois porque foram muitíssimo inferiores ao SCP em todos os capítulos do jogo!

Vamos lá marcar de certeza e o caminho para Bucareste está cada vez mais próximo!

Saudações Leoninas

9 comentários:

João Santos disse...

Lindo crlh! Só faltou o golo naquele cabeceamento do Wolfs e aquela do Carrilo. Vamos Sporting!

JMM disse...

Bem, não nos podemos queixar muito.

A equipa deu tudo e encontrou-se a perder com um golo em que o Bilbau teve muita sorte. A verdade é que remates do Bilbau só mesmo dois e os dois no meio da confusão.

Sporting controlou o Bilbau como Schalke 04 e United não conseguiram. Tivemos coração, dedicação e devoção para marcar mais dois. E podíamos ter marcado mais um pelo Carillo.

Positivo:

1. Colectivo. Só um grupo dá o que o Sporting deu.

2. Polga, Xandão, Insua, Pereira, Capel

3. Menção individual para o melhor medio defensivo da Liga: CARRIÇO. O homem limpa tudo. Rinaudo não faz falta com um CARRIÇo assim

4. Sá Pinto. Soube por tudo o que tinha sem inventar.

Negativo:

1. Wolfswinkel. Sim, ele corre. Sim, ele "morre" em campo. Mas ainda está muito verde. Perde chances que um PL não pode perder. Tem muito que fazer ainda para ser o que o SCP precisa.

2. MOvimento ofensivo. Somos muito "deficientes" a coordenar o nosso jogo ofensivo. Infelizmente, isto é falta de pré-époCA. Males do SCP de Domingos.


Conclusão: 2-1 com o City e estávamos eliminados. Mas 2-1 com o Bilbau acaba por ser aceitável. Temos é de ir lá marcar,se marcamos eles não têm hipótese.

QUINTA DEL DUQUE disse...

Os bascos deram luta e livraram-se de serem enxovalhados.

http://quintadelduque.blogspot.pt/2012/04/sporting-continua-contradizer-ribeiro.html

Jalex disse...

Grande ambiente hoje em Alavade!E tenho a certeza que se os preços fossem um pouco mais baixos tinhamos facilmente para cima de 40 mil nas bancadas(mas compreendo a razão dos preços praticados).


De resto para mim não foi surpresa a forma como se apresentou o Sporting em campo(tinha falado com um lesionado :) que me garantiu que a equipa iria deixar tudo em campo,e assim foi!).

Grande jogatana,foi pena o golo mas a reviravolta foi épica.

Aconteça o que acontecer para mim já vencemos a nossa competição.Ninguém dava um tostão pela gente e hoje tenho certeza que nos temem e tem respeito.

Obrigado ao Sá Pinto por devolver dignidade e qualidade a equipa e dar razões de orgulho aos adeptos.

SL

TiArmindo disse...

Capel foi incrivel

luis silva disse...

parabens à equipa pela vitoria.
Foi pena porque faltaram mais golos mas concordo que com este caracter vamos marcar golos na proxima semana.
Esta equipa tem a cara do Sá Pinto e deixa-nos tranquilos que mesmo nos jogos em que apareçam as derrotas, a equipa vai dar o melhor de si e lutar até ao fim.
SL

Lionheart disse...

Vitória muito moralizadora por ter virado um resultado de 0-1. O Sporting precisava de passar nesse teste. Por isso este 2-1 vale mais que o 2-1 contra o Metallist, até pelas oportunidades criadas. Mas o jogo em Bilbau vai ser complicado porque os bascos sabem jogar futebol e se engatam é um perigo. O Sporting passou um mau bocado depois do golo, fase em que se viu como eles são incisivos, como é dificil roubar-lhes a bola. Temeu-se o pior, porque foi sempre assim, marcando primeiro fora, que eles conseguiram vencer em Manchester e em Gelsenkirshen. O que torna ainda mais notável a exibição e a vitória do Sporting. Temos equipa para ganhar a eliminatória em Bilbau. O resultado é escasso, o ambiente será mau, mas temos os nossos argumentos e não precisamos de ganhar.

Pareceu-me que o golo do Bilbau foi em fora-de-jogo, alguém confirma?

É certo que falhámos golos de mais, mas essa é a consequência de termos jogadores em formação. Não é por acaso que os golos do Sporting foram marcados por dois jogadores feitos. Mas eles estão lá para isso mesmo. São estes que têm a obrigação de decidir, é precisamente por isso que faz todo o sentido que tenhamos jogadores com mais experiência enquanto outros são ainda "pérolas" em formação, mas que vão ser um caso sériom, não haja dúvidas. Noutros tempos Wolkswinkel e Carrillo seriam "assados" no espeto, mas agora com uma equipa mais estruturada a acompanhá-los, estão ambos a aprender (tal como André Martins e Rubio) a ser consistentes enquanto o clube vai ganhando. Ainda vamos vê-los a dar cabo da cabeça aos bascos na segunda mão.

Para além disso, deu para ver que o Sporting defende melhor que o Bilbau e isso é muito importante. Pode ser decisivo. Pode significar um jogo com menos sofrimento do que o temido, porque eles têm vulnerabilidades que não se esperava. Temos o problema da ausiência do Izmailov, mas provavelmente já estará Matías Fernandez (faz imensa falta nas bolas paradas) e quem sabe de Rinaudo.

Todos os jogadores cumpriram. Tivemos uma equipa nivelada por cima, em que os que se destacaram foi porque fizeram um jogão, à sua maneira. Muito bem Izmailov, mas também Carriço, Polga, Xandão,
Insúa (golo na raça), Capel (grande golo). Pior teria sido não ganhar e já se sabia que dificilmente a eliminatória ficaria resolvida hoje. Repito, ninguém previa que o jogo fosse tão desiquilibrado, portanto é aceitar o resultado e confirmar a passagem e Bucareste para tentar ganhar a Liga Europa!

PS - Vi no radapé na TVI24 enquanto ouvia o Sá Pinto que o badameco do Marques Mendes pediu a demissão do Pereira Cristóvão por este ser arguido, dizendo que é por essas aitudes que as pessoas não acreditem nas instituições. Ó palhaço, NÓS ACREDITAMOS NO SPORTING!! Não são os lampiões que decidem quem pode ficar e quem tem de sair da direcção do Sporting. Preocupa-te mas é com o teu clube, pá!

anonymus disse...

Depois de uma vitória que pode ajudar a levar o Clube à glória, os tais que se dizem sportinguistas puros, que se consideram os únicos que defendem os valores do Sporting, não aparecem por aqui para mostrar a sua alegria pela grande vitória de ontem.

Se o momento actual do Sporting, fosse a discussão de não sei qual orçamento ou passivo, então sim, eles estariam aí todos. Para se confirmar o que escrevo só tem que se esperar até à próxima AG.

Esta ausencia, só prova quanto lhes custa esta vitória da equipa, que certamente consideram, que irá a ajudar a ofuscar o seu já bastante ofuscado (mais por culpa própria) chefe-de-fila.Deste último, espera-se que apareça, logo que a equipa seja derrotada.

JMM disse...

Notícia que mostra tudo o que foi vivido:

"Simplesmente impressionante o momento em que Diego Capel foi substituído em Alvalade. É raro sentir-se um estádio tão ruidoso no momento de se despedir de um jogador: quando se dirigiu para a linha lateral, onde Pereirinha o esperava para entrar, o espanhol foi ovacionado de pé, por gente que não parou de gritar o seu nome, entoando cânticos e fazendo gestos de veneração para com o homem que, no fundo, deu a vitória à equipa leonina. Mesmo sabendo da relação especial que o extremo tem com os adeptos, Capel viveu ontem, por certo, o momento mais extraordinário como futebolista do Sporting.

De resto, o clima intenso com que a equipa, o banco e as bancadas viveram as incidências da partida deram trabalho suplementar ao 4.º árbitro. É impressionante a forma como os elementos que se encontram no banco reagem ao jogo, sempre comprometidos com aquilo que se passa nas quatro linhas. O juiz sueco chegou a parecer em apuros para mandar sentar o guarda-redes Marcelo Boeck e travar o instinto expansionista de Ricardo Sá Pinto que só muito a custo se manteve naquela que é a sua zona técnica. Prova de que a causa verde e branca se estende a todos os lugares do estádio."

Foi muito bonito!!!