quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Foram muitas as pedras...

Independentemente do que acontecerá com Carrillo, existem coisas que nunca aceitarei no meu clube. O Carrillo pode não renovar, não vejo nenhum problema nisso, é mau obviamente, mas o jogador pode achar que o melhor para ele é sair do clube e procurar a "felicidade" noutro clube. O SCP por seu lado pode achar que a melhor forma de defender os seus interesses é: 1-vender o jogador (lembro que disse que 12M em Agosto seria menos mau que 3/4 em Janeiro ou 0 no próximo verão). 2- colocar o jogador a treinar com os infantis. 3- Continuar a utilizar um dos melhores jogadores sempre que assim o treinador entender.
Carrillo chegou ao clube em 2011 e assinou por 5 anos (até 2016) pelo SCP a receber 300 mil euros anuais brutos. Bruno de Carvalho vence as eleições em Março de 2013. Na campanha eleitoral entre muitas coisas (com razão ou com falta dele não interessa agora) disse para atacar o passado que os jogadores não deviam entrar em ultimo ano de contrato a jogar, que o processo devia ser tratado com tempo, era isso que uma "estrutura" competente faria.
A verdade é que a primeira proposta feita por esta direcção contemplava precisamente os mesmos 300 mil euros/brutos ano com a passagem da clausula de 45M, Carrillo desde que BdC é presidente tem sido dos jogadores com mais jogos realizados e consequentemente dos mais importantes da equipa, merecendo a confiança dos 3 treinadores escolhidos pelo actual presidente (não conto o período de Jesualdo). Esta proposta foi feita depois de ter chegado uma quantidade de pernetas (que vieram e já foram) a receber mais do que lhe estavam a propor.
Agora a 3 meses do jogador ficar livre o SCP chega aos 2M/limpos ano, pagando mais de 5M em comissões e o jogador continua a ter muitas duvidas em renovar. Neste momento tenho a certeza de uma coisa, o SCP sairá sempre a perder, o jogador não renovará e perdemos um jogador que nos podia dar muitos milhões, ou o jogador renovará e o SCP vai pagar muito acima do que dizia que pagava que para mim é o menos mau nestas duas possibilidades.
Mas voltemos ao inicio, eu sou daqueles que acho que o Carrillo tem todo o direito de não querer renovar com o SCP, da mesma foram que fomos buscar o JJ aos lampiões e achámos uma maravilha, é obvio que eles e o FCP andam "mortinhos" para nos dar uma paulada destas.
Aquilo que não tenho muitas duvidas, para alem da forma "pouco competente" como todo este processo foi tratado (desde a primeira proposta até ao inicio desde defeso), porque como é obvio não esperavam que Carrillo ao ver JJ a receber 4M por ano e os seus colegas a receber 1,5M limpos ano ia ficar "satisfeito" com o triplo do que recebia, para alem do mais quando tem os nossos rivais a assobiarem com 10x mais. É que Inácio na sua ânsia de limpar a imagem da direcção tenha dado um tiro enorme nos pés.
Achei 2 vezes inacreditável o que Inácio disse sobre Carrillo no programa da SIC, como é lógico os "bate palmas" vão achar que a culpa de tudo será do mau do Carrillo, do empresário e do Zahavi. Isto para não falar como esta direcção tratou tantos colegas de Carrillo e um treinador com quem tinha uma forte ligação de amizade, "nas costas dos outros vejo as minhas"...
Afinal não iríamos falar a uma só voz? Ou se é esta a voz do clube... muito mal vai o SCP!
Eu até acho engraçado os sportinguistas neste caso, uns já dizem que o Carrillo pode ir porque temos o Mateus e o Gelson... 2 jogadores que estiveram com um pé fora de Alvalade (o Mateus esteve mesmo com os 2) precisamente por causa dos "contratos modelo" e que tanto critiquei e na altura os "bate palmas" diziam que só sabia criticar.
Saudações Leoninas

8 comentários:

CARLOS GOMES disse...

Tenho pena mas tem toda a razão.

PedroC disse...

O problema na minha opiniao, sempre teve a haver com o empresario, e com o facto do passe ser partilhado.

Isto atrasou bastante o processo. Na minha opiniao nunca houve real interesse por parte dos representantes na renovacao do jogador, exactamente por nao tirarem dividendos disso. E a falta de uma venda, é preferivel o jogador ir para um Porto, ganhando muito mais em comissoes, e dando uma grande estalada a quem os afrontou.

Da mesma forma, e por uma questao de principio, a direccao que diz nao querer compactuar com estas situacoes e com comissoes e etc, arrastou o processo, nunca entendendo no que isto podia dar, principalmente porque o jogador so acordou para a vida, e comecou a jogar a bola tarde, algo que a direccao nao preveu, e quando se chegou a frente ja era tarde de mais.

O carrillo so comecou a jogar a bola a serio de a 1 ano para ca. Com as posicoes extremadas, o Sporting ja acordou tarde de mais para o problema. Errou na avaliaçao.

E agora para mim, cometeu o erro final, que foi nao vender o jogador em Agosto. Vai se arriscar ver o jogador sair para um rival, o que sera uma enorme derrota, repito enorme derrota. Ou entao vai ter de encher as medidas ao jogador, ao empresario, a mae, ao pai, vai ter de fazer tudo aquilo que sempre negou e criticou, o que vai dar uma rica imagem a todos os outros que partilham o balneario com o carrillo, e que ja tiveram na mesma situacao, e a quem provavelmente foram negadas coisas que hoje veem ser dadas.

E ainda se arrisca a fazer um contrato de longa duracao, de custos enormes, a um jogador que é tudo menos estavel, e que pode perfeitamente amanha virar a agulha e voltar a ser o que era antes facilmente.

Para mim, carrillo nao vale 4 milhoes de euros por epoca, e ponto final. Tendo em conta.os.ordenados praricados no Sporting, nao vale. É a minha opiniao.

Nao vejo saida limpa para isto, e para mim cheira-me que isto vai ser uma borrada "a la ceoquete", como eu ja nao esperava voltar a ver tao cedo.

tiscp disse...

Realmente nesta situação não à volta a dar, a direcção esteve mal na abordagem a todo este processo.

Com jogadores destes não se pode ter esta atitude e deixar chegar os jogadores ao ultimo ano de contrato, alias devia haver sempre uma salvaguarda de segurança de 2 anos e não andar-se a tentar impingir contratos modelo, no futebol isso não é viável, com jogadores medianos pode-se conseguir, com jogadores de outro nivel tem que se negociar caso a caso.
Se tivessemos oferecido no ano passado 1M/ano provavelmente não teriamos neste dlema, que afecta não so uma das grandes mais-valias da equipa, senão a melhor, como todo o restante grupo numa importantissima fase da epoca. E nestes jogadores, e nos outros tambem, ou o jogador vale o investimento ou não vale, e caso valha tem é que se fechar o quanto antes e não andar à espera de cedencias e mais cedencias, sabendo-se de antemão que existem "outros "desejosos de casos destes para atacar desenfriadamente.

E quanto a mim a questão da partilha de passe tambem não e desculpa para o caso, visto que o fundo é proprietario de 50% dos direitos desportivos do jogador mas tal não invalida que o clube tenha que falar ou obter autorização do fundo para renovar com o jogador.
Se não se reconhece a % do fundo isso trata-se de uma questao à parte a tratar com o fundo, não interferindo na relação com o jogador, visto que os direitos desportivos pertencem exclusivamente ao Sporting.

Outro ponto negativo neste caso foi o comportamento de Inácio, e sou dos que reconhece o seu trabalho no clube, que considero inconcebivel ter alguem de dentro da estrutura a discutir questões internas do clube na televisão, neste caso sabendo ou não da conversa tida entre o jogador e o presidente, so teria e que ficar calado e esquivar-se da questão, não vir afirmar o que afirmou e colocando o clube numa posição contrangedora.
E atenção não acho problema nenhum ter ninguem da direcção a representar o clube na televisão, até e de todo conveniente especialmente tendo em conta quem os roc e jorge gabries que por ai andam, agora exige-se o minimo de salvaguarda dos interesses da instituição.

No entanto espero que ainda se consiga convencer o jogador, caso contrario so existe uma saida encostar o jogador e não dar-lhe mais um minuto sequer, que será preferivel a dar-lhe competição e continuidade de evolução, assim fica paradinho um ano e logo se ve em que condiçoes chegará ao dragao.

J.Heleno disse...

Confirma-se Carrillo fora dos convocados. A partir do momento em que não aceitou a última proposta de renovação, não esperava outra atitude do nosso Presidente, que assim mantém-se coerente com aquilo que tem sido a sua postura.

A meu ver, caso o jogador não renove contrato, a única maneira de calçar até Dezembro seria se fosse imediatamente vendido, caso contrário é encostar até Junho.

Posto isto, há várias ilações a tirar: O Sporting fica duplamente a perder, por um lado perde a perspectiva de um bom encaixe financeiro e por outro perde desportivamente.

Quanto ao jogador, perde um ano de competição o que em qualquer atleta faz moça, ainda para mais quando com o JJ a perspectiva seria de atingir um patamar competitivo ainda mais elevado.

Do meu ponto de vista, e a confirmar-se o actual cenário, é o maior erro da gestão de Bruno de Carvalho, uma vez que esta situação seria perfeitamente evitável caso tivesse sido apresentada uma proposta decente em meados da época passada.

Por último a questão das "padradas" isso para mim é tudo treta, o jogador se não renovar é porque já está apalavrado com outro clube, é o mercado a funcionar, saindo o SCP muito mal da fotografia porque não se precaveu quando o deveria ter feito.


Leão sem Palas disse...

Á primeira vista diria que BdC errou claramente ao não despachar Carrilho na pré época, mas pelas (estúpidas) declarações do Inácio penso que terá havido um compromisso verbal, que o jogador não estará a respeitar e que levou BdC a não o vender.

Temos por isso um Presidente que terá sido comido, mas enfim.....

BdC já passou o que passou com o Bruma por isso muito me espanta que repita o mesmo com Carrilho.

Se o jogador / empresário já tem acordo com outro clube português, não há nada que possamos fazer para que ele renove e andam a brincar com o SCP.

Dar 4 M€/época por Carrilho é uma barbaridade, mas entendo BdC. Se quiser ir ao mercado buscar um extremo semelhante gasta 10 M€ e ainda tem que lhe pagar um bruto ordenado. Por outro lado as "invejas" no grupo desaconcelham um ordenado destes.

Vamos mas é apostar nos miúdos e esquecer o carrilho. Fica na bancada o resto da época e siga.

SL

Leão sem Palas disse...

Esta história do Carrilho tem tantas analogias com a do Maxi.

João Pedro disse...

"Carrillo chegou ao clube em 2011 e assinou por 5 anos..."

Claro que tinha que haver a habilidade de se esquecer de dizer qual foi o montante e a percentagem do passe que foi adquirida. Se não me falha a memoria o Sporting 'optou' por não comprar a totalidade do passe e com isso dar a Santa-margemzinha para a parasitagem fazer o que está à vista.



"...muito mal vai o SCP!"

Claro. Ia bem quando se deixou sair o Rodrigo Tello sem qualquer retorno ainda para mais tratando-se de um dos jogadores mais caros de sempre.

Ou se calhar ia melhor quando este tipo de situação era tratada segundo o método Se-o-Sporting-fosse-meu-o-João-Moutinho-não-jogava-mais-até-ao-fim-do-contrato e passado um ano ser vendido por mais do dobro do que o Sporting havia recebido.

Nestes tempos é que o SCP ia bem! Para certa gente acredito que sim.

Diogo Marques disse...

O dia mais feliz do revisor chegou. Finalmente tem um assunto onde pode criticar a direcção com razão aparente.

Parabéns e aproveita este dia