sexta-feira, 17 de maio de 2013

Jesualdo sai, quem entra?

Como disse anteriormente tudo o que se passou nestas ultimas semanas era mais que previsível, não sou nenhum bruxo e muito menos recebo 40 mil euros, mas esta era fácil de acertar.
Vamos portanto voltar a partir do 0, para alem de uma equipa nova, teremos um treinador novo. Como novamente já tinha dito, eu não correria este risco, já sabemos que para o ano vamos ter uma "equipa de risco" se juntarmos um "treinador de risco" a mistura pode ser fantástica ou horrível, se pensarmos que a "equipa nova" é em idade e em jogadores que entram o risco ainda aumenta mais.
Muito se tem falado do perfil de treinador, sabemos que agora os nomes falados são o Rui Vitória, Marco Silva e Leonardo Jardim, em 2011 foi Van Basten porque Bielsa não aceitou ser treinador de um candidato (assumido por o futuro homem forte do futebol do clube). Eu apostaria num treinador português, mais barato (o factor financeiro deve pesar) maior conhecedor do nosso campeonato.
A contratação do novo treinador será a 1º grande decisão do presidente, espero que acerte e que o novo traga os maiores sucessos ao clube.
Saudações Leoninas

22 comentários:

JMM disse...

"Eu apostaria num treinador português, mais barato (o factor financeiro deve pesar) maior conhecedor do nosso campeonato."

como por exemplo...

leao revisor disse...

JMM

Não tenho ninguem em particular, apenas na diferença estrangeiro vs portugues eu escolheria o portugues.

Mas dos nomes falados eu prefiro o Leonardo Jardim.

Jorge Alemão disse...

Espero que o processo seja também decidido com alguma celeridade.

Ao que parece e ao contrario do que fizeram crer não entra nem sai nenhum jogador sem o aval do tecnico, por isso temos que resolver essa questão rapidamente senão podemos perder negocios interessantes como por exemplo Salvador Agra que ao que parece vai para o braga

leao revisor disse...

Jorge Alemão

O lateral esquerdo do estoril estava a ser negociado por esta direcção e o Jesualdo não era favorável à sua vinda.

Acho que isto diz tudo sobre se o treinador tem que dar o seu aval ou nao.

AJS disse...

Eu pessoalmente não gosto muito de Leonardo Jardim. Treinador muito defensivo e resultadista (coisa que não aprecio), e um pouco instável, a saída do Beira-Mar...
Dos que se falam gosto mais de Marco Silva.
O que for escolhido será "o meu treinador".

FCS disse...

O que é que o Jesualdo riscava nas contratações, dispensas no porto?

Basta lembrar a forma como entrou, meia dúzia de dias antes de arrancar a época.

Claro que agora é um bocadinho mais vaidoso. Infelizmente no Sporting também é mais fácil...

Jorge Alemão disse...

Revisor

Se isso é verdade - já começo a ver algumas vantagens em Jesualdo não continuar - porque Jefferson é claramente melhor que Joãozinho

Mauro Silva disse...

Como novamente já tinha dito, eu não correria este risco, já sabemos que para o ano vamos ter uma "equipa de risco" se juntarmos um "treinador de risco" a mistura pode ser fantástica ou horrível, se pensarmos que a "equipa nova" é em idade e em jogadores que entram o risco ainda aumenta mais.

Andemos quantos anos quisermos atrás, ou e quisermos apenas após Paulo Bento... o que poderá ou não dar razão ao LR.

O ponto é: daremos nova oportunidade ou esperamos pelo 1º desaire para desabafar as mágoas?! É que de entre Paulo Bento, Carlos Carvalhal, Paulo Sérgio, Domingos Paciência, Oceano Cruz, Frank Vercauteren ou Jesualdo Ferreira (mérito lhe seja dado), venha o diabo e escolha qual o pior... ou quem quer que seja.

Nem um Clube depende de um treinador nem vice-versa. Por mais importante que seria manter o treinador...

Finalizando, a escolha ou a decisão ganha tanta preponderância quanto as (más) decisões que foram sendo feitas até agora. Sendo que no futebol o passado não interessa e só o presente, convenientemente, o que interessa é o critério do próximo.

Gestão de expectativas, afinal de contas...

paulo R . disse...

Vamos partir do zero? E nessa escala neste momento onde estamos ? 1 ,2 ? Sinceramente não me parece que seja um problema grave será pior nos nossos rivais que estão muito bem e começar do zero será pior agora nos ?

anonymus disse...


"Nem um Clube depende de um treinador nem vice-versa. Por mais importante que seria manter o treinador..."


Pois, mas as vitórias da equipa de futebol, que é o que nos interessa, depende e muito do treinador que se tiver no comando.

Veja-se só até onde se chegou, pelo facto do GL ter errado na escolha dos 3 primeiros treinadores.

Estou convicto, que se tivesse escolhido o JF logo que tomou posse, tudo estaria agora muito melhor.

O treinador e os jogadores, são as duas partes mais importantes numa equipa de futebol. Os dirigentes só têm como função, dar tudo o que é necessário, para que toda a equipa se sinta protegida.

Cantinho do Morais disse...

Mas o treinador já lá está!! Ou não, pois ainda tem um jogo na Luz, para finalizar o campeonato.

leao revisor disse...

Jorge Alemão

Só para lhe relembrar que tivemos um lateral esquerdo chamado Evaldo, que unanimemente era considerado o melhor lateral esquerdo da liga quando jogava no braga, com varios anos de campeonato portugues e que quando chegou ao SCP foi o que se viu.

O lateral esquerdo do Estoril, chegou este ano, e sinceramente nem sei se é bom ou não.

FCS

Se querem continuar a colocar as coisas assim ok, aquilo que eu digo e que defendo é que o treinador deve SEMPRE opinar sobre as entradas e as saídas de um plantel, é evidente que existem clubes onde têm maior ou menos peso as suas decisões mas deverá sempre ser ouvido. Ora neste caso isso não aconteceu e se concordam eu não. É apenas isto que eu digo.

Mauro Silva

A escolha do PB foi uma aposta de risco, mas uma aposta de risco numa pessoa que conhecia os processos da academia, conhecia o clube, e conhecia mais de 2/3 do plantel que iria trabalhar, entrando a meio da época e tendo de apresentar resultados imediatos foi a solução (barata) que se achou melhor.
Desta vez, a parte do conhecer o trabalho da academia, do clube e conhecimento do plantel não existe.

Um clube depende do que?

Mas a gestão de expectativas tem sido perfeita... Mais é minha opinião que nenhum presidente terá tanta margem de manobra como este, já que os resultados desportivos pouco vão interessar já que tudo será feito "pelos interesses do clube"

Paulo R

É uma forma de ver as coisas, o plantel deles vão levar a razia que o nosso vai levar?

Morais disse...

LR,

Cá está. A questão do Evaldo é uma daquelas paradigmáticas. Por outro lado, o Porto acertou no Cissoko. É preciso mais do que sorte, recomendações de empresários, CS, ou gostos de treinador.OFCP é ímpar nisso. É preciso ter calma e fazer um trabalho de fundo, e espero que se a aposta for no lateral do Estoril, tal esteja a ser feito, não basta uma boa época, a qual pode ser um caso isolado.

O treinador deve ter uma opinião, aliás, um contributo importante para a análise das contratações e nomes específicos. Deve ser final? Não, mas deve ser tida em conta. Como não lhe sai a ele do bolso, deverá ser assim. Existem poucos treinadores a quem é dado um poder de decisão daquele que se tem falado para JF, torna-se demagogia.Aliás, ele nunca teve tal autonomia na carreira. Relembro que ele está lá há meio ano, e não há 3 ou 4 anos.
Precisamos isso sim, de um treinador que tenha perfil de líder e formador/orientador de jogadores. Por isso , o perfil do JF é um bom ponto de referência.

Prefiro ter uma razia no plantel, sendo que os que ficam são maioritariamente portugueses, do que ter um plantel da américa do sul que nada dá ao futebol português, excepto dinheiro em caixa que desaparece logo para financiar salários e novas importações (estou a ser belicoso pois acho que algumas estratégias de alguns clubes estão já a danificar o futuro das selecções e dos jogadores portugueses, existem limites de bom senso). Somos o Sporting Clube de Portugal por alguma razão, o clube mais importante de/para Portugal.





tiscp disse...

LR, mas segundo o que tu dizes, com a razia que ira existir, com a mudança que ira existir em toda a estrutura, qualquer que seja o treinador, Jesualdo ou não, irá invariavelmente começar do zero.

O que temos que fazer na questão do treinador, e nas outras também, é olhar para o passado e compreender os erros que foram cometidos e tentar ao máximo evitá-los. Não podemos voltar a cometer o erro de fazer um projecto centralizado unicamente no treinador, esta que foi a nossa pior época demonstra-nos isto, GL condessou todo o seu projecto em Sá Pinto, e foi o que se viu, na época que alguns classificam de brilhante de PB, cometeu-se o mesmo erro e dai adveio todas as crises que viemos a sofrer posteriormente.

Jesualdo se quisesse ocupar "apenas" a cadeira de treinador deveria continuar, não querendo, siga a sua vida, de certeza que em todos os clubes que trabalhou nos últimos anos não teve o protagonismo que quer assumir no Sporting, então vá para o estrangeiro e ai quero ver se alguma vez irá ter os poderes todos que supostamente agora exige.

Como em tudo, as pessoas passam e o clube fica, não consigo perceber todo o drama à volta de Jesualdo, não quer não fica, sinceramente temos muitas possibilidades de ficar melhor servidos.

Jorge Alemão disse...

Seja qual for o treinador, vai entrar no inicio da epoca e terá tempo para construir uma equipa com os jogadores que terá ao seu dispor.

Mudanças de treinador não significam arranques do zero - no porto saem treinadores campeões (provavelmente este ano vai-se repetir isso) e isso não significa que se comece do zero.

O Sporting precisa acima de tudo de estabilidade directiva e união e sinceramente seria um tiro no pé se por causa de um treinador se mudasse a estrutura e se afastasse Inacio (é extremamente injusta a perseguição que tem sido alvo) ou se lhe reduzisse poderes.

Sporting1966 disse...

Se Jesualdo não fica é um tiro nos pés. Não ha outro que conheça o futebol português como ele, ja conhece os jogadores! Aposta na formação! Coisa que nem Domingos nem Sá Pinto!!! (chocou me mesmo ele não ter apostado nos jogadores que conhecia!), nem o outro que vinha rotulado de treinador que aposta na formação, fizeram. "ah e tal so os pequenos é que apostam na formação" ai é? Vejam o Borussia de Dortmund! Apostou na formação, andava la em baixo, foi bicampeão e este ano desceu de forma na liga alemã e nao foi tricampeao, mas ta na final da Champions! e pode ganhar!

Jorge Alemão disse...

Acerca da formação - metam uma coisa na cabeça:

Qualquer treinador que venha vai apostar na formação porque é o plantel que terá.

Jesualdo teria apostado em Dier, Ilori e Bruma se ainda tivesse Elias, Boularoz apto, Xandão ou Insua ?

YAZALDE76 disse...

Malta o que está na moda é a democracia popular. Por isso toca a escolher o treinador em AG. E para o ano, quem renovar os lugares anuais ao intervalo vai poder escolher por SMS ou no Facebook quais os jogadores a entrar na 2a parte....

PG disse...

O que está em causa é o saber aproveitar o trabalho que ele pode fazer na formação . Continuar o trabalho. Nem todos o sabem fazer. Além disso é voltar à estaca zero. No fundo é um hábito no clube estar sempre a mudar de treinador.

Carlsberg disse...

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/sport/sporting/houve-proposta---para-eu-continuar

Como podem ver houve proposta, que aparentemente Jesualdo não aceitou!!

O que fazer, contrariar todas as bases do projecto que a direcção acredita e quer implementar, só para Jesualdo ficar?

Na minha opinião um projecto e um valor é aceite a um treinador, este aceita ou não, caso não aceite avança-se para outro. Não sei onde está o problema???


SL

anonymus disse...



"Jesualdo teria apostado em Dier, Ilori e Bruma se ainda tivesse Elias, Boularoz apto, Xandão ou Insua ?


Mas não foi ele que os pôs a andar?

Carlsberg disse...

Anonymous,

Terá sido mesmo ele que os põs a andar, ou o Farinha e GL!

E mesmo que tenha sido JF, que os pôs a andar, a pergunta é e tinha outra opção,sendo que em Janeiro a ordem era diminuir custos a de qualquer maneira?

Por isso não me parece que seja isso!!

Mas também não sei se mesmo com Elias ou Xandão JF não apostaria por exemplo em Dier ou Ilori. Não se esqueçam que Elias estava a fazer um época horrível!!


SL