segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Tiros e censura

Independentemente de gostar ou não de PB ou JEB não posso deixar de focar alguns aspectos que considero que mais relevantes.
Segundo sei, os tiros para o ar dados pela polícia foram fruto das pedradas de que estavam a ser alvo. Se assim for nada se pode dizer.
Agora com o que não posso concordar é com factos como os que aconteceram o ano passado em que a polícia carregou sobre os adeptos na bancada que seguravam tarjas. Estamos num estado livre e os adeptos devem ter a liberdade de mostrar as tarjas que bem entenderem desde que não sejam ofensa pública (palavrões, etc) ou que incitem à violência. Logo, tarjas como "RUA", "VERGONHA", "MINORIA ABSOLUTA", etc, têm de ser permitidas, quer se goste ou não!
Eu posso não estar de acordo com esse tipo de manifestações, mas acho que os adeptos têm o direito de se manifestar como bem entenderem, desde que não passem dos limites!

2 comentários:

Anónimo disse...

Só neste Sporting,da era Roquette,os sócios só podem manisfestar o seu agardo,nunca o desagrado.
Conheço bem Bettencourt,até das lides bancárias,em que este senhor é um verdadeiro déspota,ameaçando e perseguindo aqueles que não pensam como ele.
Toda a violência que está a existir se deve a ele,pois com as suas plavras injuriosas incentiva este etdo de coisas,par depois se vitimizar e dizer que é um coitado.
O mal deste Sporting reside na ambição desmedida de Bettencourt,com sede de poder e protagonismo.Pode acontecer que poderá arrepender-se de ter querido ocupar um lugar,para o qual não tem minimamente aptidões.Tem sim uma grande dose de parlapiê e consegue enganar muita gente,gente esta que será quem o destruirá quando verificarem a porcaria e aldrabice que avalizaram.

João Pedro B disse...
Este comentário foi removido pelo autor.