segunda-feira, 8 de outubro de 2012

GL ou acertas.... ou acertas!

Ponto prévio para dizer que não sou acérrimo defensor de Godinho Lopes. Votei nele por acreditar ser um mal menor, pois detesto o populismo e demagogia presentes em Bruno de Carvalho.
Godinho Lopes apresenta-se agora em fase crítica do seu mandato, por vários motivos. Pela grave crise financeira e falta de liquidez em que o clube se encontra e pela falta de resultados desposrtivos.
Tem agora a última (na minha opinião) oportunidade de fazer uma escolha acertada. Na minha opinião, ou acerta na mouche no treinador escolhido ou tem os seus dias como presidente do Sporting contados. Não há margem para erro. Terá de ser um treinador a sério, com experiência, pulso no balneário e que esteja acima de quaisquer suspeitas. Elemento aglutinador da massa adepta sportinguista.
Outra questão prende-se com o jogo de ontem. O Sporting mereceu perder. Não foi melhor. No entanto a arbitragem foi uma autêntica pouca-vergonha. E o que liga a direcção ao que se passou ontem é a pergunta que passa pela cabeça de todos os leões. O que faz Duque, o administrador do ordenado milionário, no Sporting?

34 comentários:

jcnaguiar disse...

com o nome de Scolari esta manha... ate fiquei sobressaltado, mas tens razão GL tem aqui a sua ultima oportunidade de mostrar que tem o que é preciso para por o clube no caminho das vitórias, mas ao novo treinador nao pode acontecer o que aconteceu aos ultimos que quando os resultados começaram a nao surgir, ve-se o treinador completamente isolado, ontem depois de perdermos um jogo que por mim nem fizémos nada para empatar, demasiado vergonhoso o nosso jogo, é que decidem aparecer todos.. isso era tudo muito bonito se fosse coerente e nao andarem completamente desaparecidos e agora é que se sentem lesados.

João Barreiros disse...

Esta derrota de ontem é dedicada a todos os sportinguistas que quiseram correr com o PPC.
O trabalho dele estava a ser incómodo para os corruptos do norte, então, trataram de minar-lhe o caminho e mais uma vez muitos de nós foram na conversa.
Enquanto não percebermos que o maior inimigo do Sporting é o Porto não vamos a lado nenhum.
Detesto o Benfica, mas nestes anos todos o Benfica, em termos de corrupção fica a anos luz do Porto.
Pior do que a vergonha da arbitragem é ter papalvos como o Rui Oliveira e Costa a deixar o nosso clube ser gozado pelo Miguel Guedes.
Apoio o Godinho e continuarei a apoiar, acho que tem feito coisas boas no clube e foi buscar bons jogadores para a equipa, no entanto não teve sorte com os treinadores, mas em relação ao tema FCP acho que o Bruno de Carvalho era mais competente a desmarcaram o Pinto da Costa. Pena ter o nome do imbecil do Inácio na sua equipa.

SL,

Mike Portugal disse...

Alguem me tire uma duvida. O mandato deste direção termina em Março de 2014, certo?

Manuel José Azevedo disse...

O que faz Duque, engorda ... Financeiramente e o resto ve-se nos numeros da camisa.

PG disse...

Para treinador metia o Estaline que acumulava com a função de presidente. Como ele tem o curso de treinador era o 2 em 1. E poupava se dinheiro...

Joel Leite disse...

Já nem sei o que dizer.......mas para mim o Sporting devia seguir uma linha completamente diferente ...Não ter medo de assumir que esta epoca esta perdida, sim porque está perdida, mesmo que venha um novo treinador , ninguem consegue sobreviver com um único Avançado,e o qual ainda se encontra numa fase de crescimento,

Então á que encarar,e dizer abertamente aos adeptos que o Objectivo passa por lutar por um lugar na liga dos campeões, construir uma equipa para daqui a um dois anos lutar pelo titulo

Claro que gostamos de ouvir dizer que vamos lutar pelo titulo, que vamos ser campeões , mas essa realidade não existe, Gastamos 50 milhoes, pois bem o Porto e o benfica gastaram 120 milhoes,.....

Não há milagres e mesmo quando eles se faziam eram assobiados,

Abraço

André disse...

Se for verdade o Scolari, é sinal de que não aprendem mesmo nada esta gente.

Este a unica diferença é que o salario é grande e vai exigir tostão por tostão.

Ronaldo disse...

Só não vê quem não quer! Quem, ESSENCIALMENTE POR ORGULHO, não consegue reconhecer que é preciso romper com o passado recente está, à semelhança de muitos, a colocar os seus interesses (mesquinhos por sinal) à frente dos interesses do Sporting!!!

Desportivamente andamos sistematicamente a fazer de cabeçudos nas vitórias dos outros. E não me venham com as arbitragens. Pois se somos regularmente, e de modo cirúrgico, prejudicados pela mafia que domina o futebol português poque é que os apoiamos para as eleições na liga e na federação e nos sentamos ao lado deles nas tribunas? É de quem gosta de ser enrabado e nunca está satisfeito. Quer sempre mais...

Financeiramente é o que se sabe. Vamos vender metade do clube pelo valor do prejuízo de 2 ou 3 anos desta miséria...

Jalex disse...

Godinho caiu no erro que outros caíram no passado.Rodeou se das pessoas erradas.

Não tendo votado em Godinho acabei por simpatizar com o mesmo.Parece me ser boa pessoa,e o seu único erro foi ter transformado a direção do clube num verdadeiro saco de gatos.
Fez o na altura obviamente por razões eleitorais e também acredito na ingenuidade de que algumas das pessoas escolhidas seriam as certas para o cargo.

Entre outros falhou redondamente na escolha de duas pessoas.Duque e Freitas a quem delegou a pasta do futebol.

Estes são os únicos responsáveis,e penso que deveriam ser responsabilizados da mesma maneira que foram Domingos e Sá Pintos(ambos escolhas dos mesmos).


Godinho esta numa posição complicada neste momento,no seu lugar tomava uma medida drástica.

Contratava um treinador novo e delegava lhe o controlo total da pasta do futebol.
Mais que um treinador seria um Manager,a imagem de
Mourinho,Fergusson e outros.
A par do Presidente seria a figura mais importante no clube.

Obviamente que isto exigiria uma limpeza tudo o que "gravita" em redor do futebol Sporting.

Duques,Freitas e cia lda(quem é o por exemplo o Vidigal para estar sentado num banco de suplentes?)teriam de ser despedidos ou ocuparem cargos que não tivessem diretamente relacionados com a equipa sênior.
É demasiada gente,e os jogadores precisam de perceber que para alem do Presidente só existe outra figura de autoridade.

Ele é que decide,ele é que planeia a época,os jogadores a comprar etc etc

Obviamente isto é uma utopia,não creio que Godinho tenha a coragem de fazer isto.Para além do facto que alguém com o perfil descrito acima não será fácil de encontrar(ate há,mas a parte monetária para o convencer é complicado).

Infelizmente(e digo com toda a sinceridade)parece que caminhamos para novas eleições no final da época.

Não acredito que seja o que o clube precise nesta altura.Ou melhor ate precisava se houvesse alternativas dignas desse nome.
Não há,o que existe é igual ou ainda pior.

Acredito piamente que a melhor hipótese que Godinho teria para salvar a época e consequentemente evitar novas eleições seria fazer o que descrevi acima.

Era um all in é certo,mas se vier outro treinador que ao entrar no clube já faz condicionado de certas situações e pessoas que por cá andam...então esse treinador já falhou mesmo antes de tentar.



ps : Quanto ao jogo de ontem nem vale a pena falar muito.Jogamos o habitual(muito pouco),mas pelo menos desta vez jogou se para a frente e não se abusou dos passe para trás.

Quanto a arbitragem,quando há portistas que no estádio admitem a disparidade de critérios do arbitro não há muito mais a dizer.

Mike Portugal disse...

Ronaldo,

O que é que quer dizer "romper" com o passado?
Não é a mesma coisa que dizer "eu quero é ganhar títulos"?

E ainda ninguem responder à minha questão.

JMM disse...

Mike, tanto quanto sei será em 2014.


Mas olha que as eleições vão se definir muito antes. Aliás as eleições definem.se esta semana.

Se GL escolher um bom treinador e esse treinador levar o Sporting à champions e à conquista de uma Taça acredito que o presidente antecipará eleições para o final da temporada e ganhará com facilidade.

É imperativo escolher bem o treinador e isso definirá o futuro do Sporting.

Este post vou completar com o que escrevi no outro post:

Agora é procurar treinador o mais depressa possível e esperar que este consiga dar à equipa princípios básicos de jogo, um modelo e um esquema táctico. Simples.

E não entro em contestações e muito menos faço o que foi feito no Porto e parcialmente louvado na blogosfera. É triste perturbar os jogadores antes de estes irem defender as nossas cores. Tão triste como impedir a confraternização de sócios do norte com o Presidente apenas porque se acha que há outro caminho (não sei se foi a mando nem me interessa, escolho acreditar que não).

Há meios de colocar essas questões em AG. O problema desses é que democráticamente não dá por isso vai pela força. Enfim, a subversão dos valores do clube.

Ronaldo disse...

O que eu quero dizer com "romper com o passado"? Quer mesmo que eu lhe enumere os inúmeros erros cometidos nos últimos anos e que culminaram no actual estado do nosso clube? Tudo deveria ter um limite. Mas o orgulho daqueles que têm defendido estes incompetentes, ano após ano, parece que não. Como custa reconhecer, para bem do clube, que é preciso mudar...

Quer um exemplo do jogo de ontem. Mas que moral têm os dirigentes do Sporting para criticar o que se passa no futebol em Portugal se votaram nesta mafia. ATÉ ACHO ESTRANHO O PINTO DA COSTA AINDA NÃO TER VINDO DIZER QUE NÃO PERCEBE AS CRÍTICAS DOS DIRIGENTES DO SPORTING À ARBITRAGEM PORQUE O PRESIDENTE DO SPORTING LHE DEU OS PARABÉNS NO FINAL DO JOGO E LHE DISSE QUE FORAM UNS JUSTOS VENCEDORES... É que não era a primeira vez...

JMM disse...

Têm toda a moral.

O que dizes é o mesmo que dizer um um tipo que votou PSD e a quem o Passos Coelho prejudicou IMENSO não tem moral para criticar porque votou nele.

Aliás, isso é também o mesmo que dizeres que não há moral para um votante em GL criticar GL.

Eu como acredito num regime democrático acho que independentemente do teu voto és livre de criticar porque o teu voto não define tudo, aliás define pouco.

Nuno disse...

Mike Portugal:

Quebrar com este passado:

95-96
Presidente Pedro Miguel Santana Lopes Até 11-04-1996
Presidente José Alfredo Parreira Holtreman Roquete Desde 11-04-1996
Vice Presidente Paulo Luís Ávila Abreu
Vice Presidente Mário Alberto Freire Moniz Pereira
Vice Presidente João António Simões de Almeida
Vice Presidente João Viegas Soares
Vice Presidente Álvaro de Castro
Vice Presidente João Oliveira Martins

96-99
Presidente José Alfredo Parreira Holtreman Roquete
Vice Presidente Mário Alberto Freire Moniz Pereira
Vice Presidente João António Rodrigues Simões de Almeida
Vogal Agostinho Alberto Bento da Silva Abade
Vogal Henrique Manuel Ruivo Reis Pinto
Vogal Alexandre Patrício Pinto Basto Gouveia
Vogal Maria Isabel Baptista Trigo Mira
Vogal Nuno Pedro Collares Pereira Galvão Teles
Vogal António Fernando Menezes Rodrigues

99
Presidente José Alfredo Parreira Holtreman Roquete
Vice Presidente Paulo Luís Ávila Abreu
Vice Presidente Mário Alberto Freire Moniz Pereira
Vice Presidente António Augusto Serra Campos Dias da Cunha
Vice Presidente Luís Filipe David Godinho Lopes
Vice Presidente João Ribeiro Fonseca Calixto
Vogal Henrique Manuel Ruivo Reis Pinto
Vogal Maria Isabel Baptista Trigo Mira
Vogal Nuno Pedro Collares Pereira Galvão Teles
Vogal António Fernando Menezes Rodrigues
Vogal Nuno Manuel Pimentel Caldeira da Silva

99-2002
Presidente José Alfredo Parreira Holtreman Roquete Até 01-08-2000
Presidente António Augusto Serra Campos Dias da Cunha Desde 01-08-2000
Vice Presidente António Augusto Serra Campos Dias da Cunha
Vice Presidente Mário Alberto Freire Moniz Pereira
Vice Presidente Luís José Vieira Duque Até 2001
Vice Presidente Luís Filipe David Godinho Lopes
Vice Presidente António Fernando Couto dos Santos
Vogal Henrique Manuel Ruivo Reis Pinto
Vogal Maria Isabel Baptista Trigo Mira
Vogal Nuno Pedro Collares Pereira Galvão Teles
Vogal António Fernando Menezes Rodrigues
Vogal Nuno Manuel Pimentel Caldeira da Silva

Nuno disse...

Cont:

2002-2006
Presidente António Augusto Serra Campos Dias da Cunha Até 19-10-2005
Presidente Filipe Pinto Basto Soares Franco Desde 19-10-2005
Vice Presidente Filipe Pinto Basto Soares Franco Até 19-10-2005
Vice Presidente Mário Alberto Freire Moniz Pereira
Vice Presidente Miguel Maria de Sousa Ribeiro Teles
Vice Presidente António Fernando Menezes Rodrigues
Vice Presidente João Maria Leitão Oliveira Martins
Vogal Nuno Pedro Collares Pereira Galvão Teles
Vogal Nuno Manuel Pimentel Caldeira da Silva
Vogal José Manuel Morais Silva e Costa

2006-2009
Presidente Filipe Pinto Basto Soares Franco
Vice Presidente Mário Alberto Freire Moniz Pereira
Vice Presidente Miguel Maria de Sousa Ribeiro Teles
Vice Presidente António Fernando Menezes Rodrigues
Vice Presidente José Eduardo Fragoso Tavares de Bettencourt
Vice Presidente José Manuel Morais Silva e Costa
Vogal Carlos Barbosa da Cruz
Vogal Diogo Vaz Guedes
Vogal José Filipe de Mello e Castro Guedes
Vogal Filipe de Botton
Vogal Mário Jorge Patrício

2009-2011
Presidente José Eduardo Fragoso Tavares de Bettencourt Até 14-02-2011
Presidente José Filipe de Mello e Castro Guedes Desde 14-02-2011
Vice Presidente Miguel Maria de Sousa Ribeiro Teles Até 24-03-2010
Vice-Presidente José Filipe de Mello e Castro Guedes Desde 24-03-2010
Vice Presidente Mário Alberto Freire Moniz Pereira
Vice Presidente Manuel Rogério de Sousa Brito
Vice Presidente Júlio Américo Sousa Rendeiro
Vice Presidente Luís Palha da Silva
Vogal João Gonçalo Xara Brasil

2011 - até quando?
Presidente Luís Filipe David Godinho Lopes
Vice-Presidente José Filipe de Mello e Castro Guedes
Vice Presidente Aureliano Oliveira Neves
Vice Presidente Carlos Barbosa Até 01-02-2012
Vice Presidente Paulo Pereira Cristóvão Até 18-06-2012
Vice Presidente José Manuel Silva e Costa
Vice Presidente João Carlos Pessoa e Costa
Vogal Rui Paulo Figueiredo
Vogal João Pedro Varandas
Vogal Pedro da Cunha Ferreira Até 07-10-2011
Vogal Duarte Nuno Galhardas
Vogal Ricardo Henrique Tomás
Vogal Ana Margarida Ulrich

Nuno disse...

Encontra ou não pontos em comum? Acrescente Duque e Freitas.

Ou acha que os resultados, em TODAS as vertentes, são obra do azar? Ou dos insatisfeitos?

Mike Portugal disse...

Mas Nuno,

Entre o "2009-2011" e o "2011 até quando" só há 1 nome em comum. É isso que não percebo.

Ronaldo disse...

JMM,

Têm moral? Então não têm?

Se tu pedires a um conhecido para te segurar a carteira e ele a devolver com menos 10€ na próxima pede-lhes outra vez o mesmo?

Porque raio é que apoiámos esta lista (com o Vítor Pereira na liderança da arbitragem) para a federação? Já não falo da zanga simulada entre Fernando Gomes e Pinto da Costa...

Estes dirigentes gostam é de ser enrabados. Vejo Godinho Lopes bem intencionado mas mal acompanhado e a cometer inúmeros erros...

Se calhar sou o único a ver as coisas desta forma. Mas eu, enquanto presidente do Sporting, jamais me sentaria ao lado de um dirigente como Pinto da Costa. O Paulinho deve pensar que, como quem cala consente, é "atrasado mental" como a outra besta lhe chamou...

Riga/V-1-Boy disse...

mike nao vale a pena enquanto nao ganhar e nao mandar quem eles querem, nao se vao calar com os ataques.
apenas digo isto:

por vezes tenho vergonha de ser adepto de um clube que tem adeptos que preferem insultar por questoes eleitoralistas do que remar para o mesmo lado.

Talk Talk disse...

Mas remar pro mesmo lado é remar mesmo quando se vê que vamos cair no abismo?!

Eu acho absurdo que se ache que nao se deve criticar. Quando há que criticar critica-se!

Esta direcção está a fazer um péssimo trabalho.

O problema aqui não é (apenas) o treinador. É uma questão de projecto, que na realizade não existe, porque "tentar agradar à juveleo" não me parece que seja um projecto! E é obviamente um problema de falta de liderança!

Mike Portugal disse...

Talk Talk,

O problema aqui não é a direcção. É o treinador de futebol sénior escolhido não ter tido resultados. Em todas as outras áreas do clube os resultados têm aparecido. Só falta no futebol sénior.

Ronaldo disse...

Riga,

O que tu queres é alguém para te dar o braço enquanto caminhas alegremente e de sorriso nos lábios para o abismo? De facto, há muito boa gente que não tem ou não quer ter noção do estado em que o Sporting está...

Eu, à semelhança de outros, apresentei factos e erros concretos. A resposta, à falta de argumentos, é tentar colar-nos com candidatos ou ex-candidatos com quem, pelo menos eu, não tenho nada a ver. Queres um exemplo? EU NÃO TIREI DOIS DIAS DE FÉRIAS E FIZ 1000 E TAL QUILÓMETROS PARA IR GRITAR PELO SPORTING DURANTE 90 MINUTOS DENTRO DE UM GALINHEIRO EM BILBAO POR AMOR A NENHUM CANDIDATO OU EX-CANDIDATO!!! FI-LO POR AMOR AO SPORTING!!! E É ESSE AMOR E A SATURAÇÃO POR TANTA HUMILHAÇÃO QUE ME FAZ REAGIR ASSIM À NOSSA DURA REALIDADE!!!

Para fugas para a frente não contem comigo!!!

vitor disse...

Caro Nuno,

Essa sua mais que insistência, autêntica obsessão com a continuidade é ridícula! Nessa janela, há estratégias e direcções completamente diferentes, até antagónicas e não perdemos sempre!

Para o que interessa para o caso e não sou eu que o digo são todos os analistas, a actual crise de resultados começa na saída de PB! Lutou por títulos e roubaram-lhe títulos!

Lembra-se dos responsáveis pela saída?

Estaríamos pior ou melhor?

E não se pense que o importante não são as soluções para o futuro!

SL

vitor disse...

Até já ouvi perguntar se a 8 pts não valia mais poupar 1 Milhão no treinador?! Só a Champions vale mais de 10!

Se calhar vai ser mais o Duque! Gasta muito? Nunca vi ninguém gastar menos e ser campeão nacional! Se devemos pensar primeiro na Champions? Por alguma coisa as escadas têm degraus e patamares! Mais difícil é dizê-lo aos adeptos e depois cada época sem ganhar custa muito dinheiro!

E que tal acertamos todos ou acertamos todos!

Que eu me lembre deixámos de lutar pelo título e a actual crise de resultados começou com a saída de PB! Que desconfio que mesmo com dinheiro para reforços só no Natal já tinha muito do que precisávamos com Caicedo!

Foi melhor depois o Pongole e é mais fácil dizer que JEB foi o pior presidente do Sporting, depois de correrem com PB! Não gostavam do 4x4x2 porque faltavam 2 extremos, que agora exigem porque já querem 2 avançados?! A única forma de jogar com 2 extremos e 2 avançados é a insanidade do 4x2x4 do Sá! Gostaram? É a critica do porque sim!

Já conseguiram escrever no mesmo comentário que os outros é que ganham com Alcochete e que Adrien tinha que sair da equipa?! Pois é, compromissos de adultos que limitam treinadores!

Eu por acaso acho que Costinha foi um dos piores à frente do futebol, não obstante também já vai à televisão aconselhar o Sporting?!

E também já se percebeu que não pode ser um treinador que exija muito dos jogadores! Domingos e uma cultura de exigência não serviram! E muito do que precisamos no plano desportivo passa mesmo por aqui! Responsabilizar e exigir muito mais aos jogadores como fazem os grandes treinadores nos grandes clubes!

A parte mais engraçada é que o perfil de treinador mais desejado é muito idêntico ao que foi PB no Sporting! Cometeu erros e estava a evoluir? Claro que sim e os melhores também! Mas também conquistou qualidades que ajudam muito, boa imprensa…

SL

P.S. Sobre claques e delinquência não comento, somos os únicos que as reconhecemos e bem, falta o mais importante, como se vê todas as épocas!

JMM disse...

Os adeptos vão sempre ter opiniões e, regra geral, contraditórias. Não é nada de novo e é por isso que os adeptos não tomam decisões de gestão.

PB já foi, não temos que estar sempre a voltar ao PB. Esteve cá 4 anos fazendo um bom trabalho mas acabou por sair e fico-me por aqui. Não podemos estar sempre a regressar ao PB.

A opinião dos adeptos quanto à táctica, ao Adrien ou qq outra coisa é irrelevante. No dia em que o meu treinador ceder àquilo que vem de fora (incluindo o que EU próprio digo) é o dia em que tem de sair. Sá Pinto cedeu, vezes a mais.

O futuro a curto prazo tem de ser um futuro de confiança no técnico e no seu modelo de jogo a implementar. A direcção nesse particular não tem de se preocupar com os adeptos e muito menos tem o treinador. Os adeptos vão sempre concordar ou discordar, se for Valverde é mau porque não tem títulos suficientes e porque é novo demais e se for o Adiraanse é porque é velho e tem experiência a mais. AS direcções não têm de ceder às volatilidades dos adeptos.

A blindagem de que todos falam passa também por desprezar os todos que falam.

Mike Portugal disse...

Fiz uma tabela em Excel com todos os árbitros que nos apitaram desde 2006/2007 até 2011/2012 no campeonato nacional. Eis os resultados:

Árbitro|Jogos|Ganhos|Não ganhos|Percentagem Ganhos
Fernando Martins 1 0 1 0%
Bruno Esteves 1 0 1 0%
Luis Catita 1 0 1 0%
André Gralha 5 1 4 20%
Pedro Proença 15 4 11 27%
João Ferreira 7 2 5 29%
João Capela 5 2 3 40%
Olegário Benquerença 10 4 6 40%
Rui Costa 7 3 4 43%
Carlos Xistra 13 6 7 46%
Paulo Baptista 10 5 5 50%
Vasco Santos 6 3 3 50%
Marco Ferreira 2 1 1 50%
Cosme Machado 7 4 3 57%
Artur Soares Dias 14 9 5 64%
Jorge Sousa 14 9 5 64%
Duarte Gomes 9 6 3 67%
Bruno Paixão 15 13 2 87%
Hugo Miguel 4 4 0 100%
Manuel Mota 1 1 0 100%
Jorge Ferreira 1 1 0 100%
Hugo Pacheco 1 1 0 100%

O nosso odiado Bruno Paixão é com quem ganhamos mais e o que dizem que é o melhor árbitro nacional (Pedro Proença) é com quem mais perdemos. Engraçados estes números.

vitor disse...

JMM,

Não se pense sequer que sou um fã incondicional de PB! Não se pode é assentar toda uma estratégia de oposição a querer a vender uma ideia de continuidade que é completamente falsa! Sendo que no período referido nem tudo foi tão mau como pintam! Porventura um dos piores presidentes até à altura lançou aquele que é o principal responsável pelo melhor ranking português de sempre! As coisas são como são! E têm sempre mais que um responsável! No melhor e no pior!

SL

Nuno disse...

MIke Portugal


Portanto eu faço-lhe um resumo de década e meia do roquetismo e o Mike Portugal pega num período de ano e meio para provar o quê? Mudança? Lembra-se do que é que disse GL relativamente à venda de Liedson? O que eu pergunto é: mas porque raio GL foi consultado?

Vamos ver se nos entendemos: eu fui entusiasta do projecto Roquete. Das promessas de inovação, de gestão profissional e de conquistas. Durante uns breves anos fomos mesmo uma referência no que respeita a uma mudança de paradigma de gestão.

Só que esse projecto foi desvirtuado, pela incapacidade intrinseca na gestão desportiva, do conhecimento do que é o fenómeno futebol e consequente má delegação de poderes. Os últimos 2 títulos de campeão aconteceram numa conjuntura de aumento exponencial de custos com o futebol ( o maior orçamento de Portugal ), que deu frutos a curto prazo, nada a dizer... a não ser a lógica de investimento que não existiu. Foi uma aposta no curto prazo, em jogadores que rendessem no imediato, sem qualquer perspectiva de médio e longo prazo e que permitisse ao SCP mais valias futuras. Há 10 anos dizia, a quem queria ouvir e embora inebriado por ser campeão, que se estava a perder uma oportunidade para manter o clube num patamar à altura da sua grandeza.

Mas nada fazia prever o que aí vinha. A manutenção, ad eternum, da mesma matriz de dirigentes, de personagens que provaram incompetência, uma aculturação dos valores do clube, que mesmo nos 18 anos de seca, nunca os subverteu e mantinha uma ligação pura e emocional com os adeptos.

Pensa que me agrada esta guerrilha? O desprezo pelos meus? A consciência que se e quando o Sportinguismo for na sua maioria apático, conformista, situacionista, será o momento em que me afasto de o amor de uma vida?

Eu não quero saber se a alternativa é ou é BdC. Até prefiro que não o seja e apesar de me rever na sua visão do clube, pelos anti corpos gerados, em grande parte de má fé de terceiros. Quero é um SCP livre do dirigismo de há muitos anos, quero um SCP com sangue novo, ambicioso, de gente corajosa, sem ligações promíscuas a interesses que não os do clube, quero um SCP liderado por alguém com uma personalidade forte e que congregue os Sportinguistas.

Quer queiram, quer não, o actual presidente do SCP é tudo menos carismático, não sabe comunicar, percebe pouco do meio onde se meteu e como tal não soube escolher quem tomasse as decisões por ele. E carrega com ele a co responsabilidade de erros sobre erros de muitos e muitos anos. Directa ou indirectamente.

PS e entretanto espero que me diga onde é que a gestão desta direcção é positiva, em matérias estruturantes. Já sei que para si, só falha nos treinadores.

Pois eu acho que os treinadores falharam, também pela falta de liderança. Estrutura. Rumo. Mais vitimas que culpados.

Nuno disse...

Vitor:

Rídicula é a obsessão pela manutenção de um regime podre. Porque é de um regime que se trata, que se defende a si próprio, que “ não estão no SCP para tramar amigos”, para “tirar ilações sobre gestão danosa”, que uma e outra vez, cometem os mesmos erros e o vitor é um exemplo chapado de como se subalternizaram os valores e expectativas dos nossos fundadores, a um dirigismo caduco.. Negar este regime é desonesto, porque mais evidente, não pode ser.

E para ser claro, porque o que me move é o SCP e não a defesa de qualquer franja de Sportinguistas, o ambiente dado a Bento e que foi, de facto, criado por uma ala mais insatisfeita, foi execrável.

Entendo que Bento foi dos poucos focos de competência no SCP, em muitos anos. Mas eu não glorifico esse periodo.Vejo-o com uma maquilhagem conjutural de um estrutura podre e incompetente, a cargo de um treinador capaz, de um punhado de jovens da formação de qualidade e de um dos poucos bons momentos de Freitas: Liedson.

leao revisor disse...

Nuno

Porque só falas de uma altura do SCP... puxa o filme mais para trás. Tem coragem para o fazer!

Estraga-te a argumentação?

Eu quero mais e melhor mas a vossa argumentação é feita de pilares de barro.

Lionheart disse...

Longe de mim elogiar o Paulo Bento - não tenho saudade nenhuma desse período, mesmo ganhando Taças - mas quando metia uma coisa na cabeça, era mesmo aquilo. As sua limitações técnicas e tácticas foram também a sua força, porque não sabia "inventar". Os jogadores sabiam com o que contavam. Saiu desgastadíssimo, com o Sporting em 8º lugar, à 10ª jornada salvo erro. Uma classificação ainda mais grave que actual, porque a época já ia mais adiantada. Até o terceiro lugar já estava perdido nessa altura.

Os treinadores que o seguiram foram todos muito vulneráveis ao exterior. Isto não é normal, por isso se um treinador cede à bancada, é porque não tem grandes bases. O Sá Pinto então foi notório. Tentou montar um esquema táctico mais "sofisticado", mas não fazia ideia nenhuma de como o implementar e consolidar. Começou com uma equipa que não sofria golos, mas poucas oportunidades criava, e depois passou para um pendor mais ofensivo, mas muito permeável atrás. Uma autêntica "manta" curta.

Nisto acho que é preciso as pessoas certas assumirem responsabilidades. O Presidente não pode ir a todas. Há pessoas com bastante autonomia na SAD que têm de mostrar resultados no futebol profissional, porque o clube não pode entrar em ebulição, deitanto tudo o resto que de bom se tem feito, por nunca mais termos um treinador que ponha a equipa a fazer um tipo de jogo minimamente decente. Há anos que andamos nisto!!

Por comparação, se me dissessem há seis meses que os "miúdos" do Sporting lideravam a II Liga, eu não acreditava. Está a ser feito um trabalho extraordinário na formação. Igualmente nas modalidades. E está porque são áreas que escapam à conflitualidade que rodeia o clube. O Sporting pode empatar com o Trofense em Rio Maior no último minuto que ninguém chateou, ninguém pôs em causa o Oceano ou o Dominguez, e logo a seguir a equipa foi a Freamunde ganhar e depois ganhou o porco, como se nada se tivesse passado antes. Os jogadores ali têm espaço para aprender, errar e evoluir e oxalá assim continue porque é assim que deve ser e é para isso que serve a equipa. A maralha que anda a pedir a promoção do Esgaio e outros, à primeira falha esmagava-os com assobios. Deixa-os estar onde estão que é onde estão bem, e não a servir para outros descarregarem frustrações.

No futebol profissional, é o que se sabe, uma sofreguidão permanente. Desconfiança, intriga e má fé constantes, porque as ambições de poder dependem do desempenho da equipa de futebol.

A contratação de um bom treinador não garante vitórias. Apenas garante que nos momentos mais difíceis essa pessoa tenha mais crédito junto de adeptos e jogadores, e mais experiência nessas situações também. Porque quando as coisas começam a correr mal no Sporting, nunca mais param...

vitor disse...

Desconfio que para fabulosa época dos putos na Honra no mesmo clube os grandes fatalistas não devem ter explicação Lionheart!

E percebeu-se bem que somos a equipa mais temida no Dragão, já não me lembrava de uma arbitragem assim! Alguns sportinguistas é que se esquecem que ninguém faz o que nós temos feito no Dragão e eles não podiam perder pontos!

Ninguém pode dizer como seria! Excelente reacção à adversidade dos jogadores com Oceano! Ninguém mais nos tira do buraco, o treinador novo não vem jogar! Era bom que percebessem já no próximo jogo em casa que ainda acreditamos todos!

Esta época 8 pts podem não ser mesmo nada! É preciso ser muito miserável para dar esta época como perdida já! Ainda há muito jogo para jogar, ainda há muita coisa para ganhar!

SL

anonymus disse...


"A contratação de um bom treinador não garante vitórias. Apenas garante que nos momentos mais difíceis essa pessoa tenha mais crédito junto de adeptos e jogadores, e mais experiência nessas situações também. Porque quando as coisas começam a correr mal no Sporting, nunca mais param...

8 de Outubro de 2012 17:18"


EXACTO!

O mal está aí...Infelizmente...

O Sá Pinto só aguentou até há poucos dias, porque possuia (possui) esse tal crédito junto dos adeptos.Porque se fosse outro treinador sem esse tal crédito, não teria sequer começado a época.

Nuno disse...

LR

Pega em nada do que eu tenha escrito, não contra argumenta e diz que falho na minha argumentação por não ter referido o pré roquetismo? Consegue fazer melhor que isso.

Escrevi há uns dias, em outro espaço:

"
Eu vivi os 18 anos de seca. E não me lembro de conformismo, apatia e de ligações promiscuas com terceiros, nem uma matriz dirigente de sentido único, que funciona como uma dinastia, focada a defender apenas o seu trabalho e o de seus amigos.

Após Rocha, que teve um final complicado, sucederam-se presidentes, uns claros erros de casting, mas que estiveram no poder curtos peridos de tempo, numa altura sim, de grande estabilidade directiva, isto até Cintra, personalidade aluada, impulsiva e imprevisivel e com limitações evidentes, que acabou por montar uma grande equipa de futebol.

Até esta altura, os adeptos do SCP eram vistos como dos melhores do mundo, eram admirados mesmo pelos rivais, todos os anos a crença no sucesso era reposta e a ligação ao seu clube era pura, limpa e emocional. Havia um ideal, valores e um amor imenso. Isto era o SCP. Foi por este clube que me apaixonei e não por esta caricatura de hoje em dia.

Há 30 anos que assistimos à subalternização deste clube como grande do futebol nacional, enquanto o clube do Norte emergia como hegemónico, mas foi há bem menos tempo que começou a desagregação do Sporting como um clube diferente. E sim, era um clube diferente."




Eu sei a mensagem que pretende passar, que até está em linha com a tentativa de redimensionamento do Sporting por parte da continuidade e a sua cultura de clube grande. Ah e tal, que só se ganhava nos anos 50, portanto calma aí com a insatisfação que somos pequenos para tanta exigência.

Eu vivi apenas 3 títulos de campeão. Mas não acho aceitável essa tentativa de redimensionamento.