quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Manuel Fernandes e Quaresma: Dupla de sonho?

A poucos dias do fecho do mercado Jorge Mendes tenta resgatar reforços para o Sporting e Manuel Fernandes e Quaresma são os nomes mais falados nas últimas horas.
Se o negócio Manuel Fernandes parece estar practicamente feito (penso que haverá novidades nas próximas horas) o de Quaresma apresenta-se como mais complicado estando, eventualmente, a saída de Veloso para o Inter incluída no pacote.
Quanto a mim seria uma dupla de reforços espectacular, que cairia como uma luva nas carências apresentadas pelo nosso plantel, mesmo que signifique a "perda" de Veloso.
Manuel Fernandes para o lugar de Adrien. Um médio defensivo com bons pés, que sai a jogar, com capacidade de passe, forte fisicamente e ainda com boa capacidade de finalização.
Já Quaresma é o tipo de jogador que não temos no plantel desde a saída de Nani. Um "abre-latas", jogador que resolve jogos e que municia os avançados. Sempre fui confesso fã de Quaresma e adorava voltar a vê-lo de verde e branco! Além do mais, Quaresma, este sim é jogador para levar gente ao estádio, motivar melhores espectáculos e vender camisolas!

19 comentários:

Anónimo disse...

era sinonimo de ambicao...seria um espectaculo.claro que se forem emprestimos estes têm de ter opcao de compra senao sao negocios muito pouco interessantes.

Anónimo disse...

Estas a ler o chat :D

Lion

TyGeR disse...

A solução perfeita seria:

Emprestar-mos o Veloso até ao fim da época, em troca com o Quaresma e 300 mil euros.

Empréstimo de Manuel Fernandes, com 50% dos ordenados a serem pagos pelo S.C.P.

Os 600 mil euros serviam para pagar parte do ordenado do M. Fernandes.

Era vantajoso para todas as partes:

Veloso tinha a oportunidade de finalmente se mostrar ao mais alto nível e provar ao Mundo do futebol que vale a pena a sua clausula.

Quaresma e Manuel Fernandes tinham hipótese de jogar regularmente, integrando novamente o lote de possíveis Seleccionados.

O Sporting perdia M. Veloso, mas ganhava M. Fernandes. Saía claramente da equipa Adrien, entrava M. Fernandes, saía Veloso, entrava Quaresma.

O Inter, depois da entrevista do Mourinho, é notório que gostava de contar com a presença do Veloso até fim de época, dado as ausências forçadas que teve.

Não estou muito crente que tudo isto seja assim tão linear, mas "sonhar" não custa :)

Abraços.

Sporting Eterno disse...

E daqui a três meses vai embora e voltamos a chorar. Será que vale pena? Porque não apostar em jogadores de futuro por cá. Virem para cá para irem ao mundial parece-me curto para um grande clube como o nosso! Quaresma e Manuel Fernandes. Não está em causa a qualidade dos atletas!

Queria a gradecer a todos sem excepção que têm visitado o meu blogue e comentado, apesar dos posts que lá estão e os que se seguirão não serem dos mais agradáveis de se lerem para as nossas cores!

http://sportingeterno.blogspot.com

Francisco Chaveiro Reis disse...

São dois grandes jogadores, e os grandes jogadores são bem vindos ao nosso clube. Parece-me é que perder o Veloso já, é um preço muito alto a pagar por Quaresma.

Abc

Anónimo disse...

Para já espero que se confirme o Wesley Snipes no Sporting porque entra de caras para trinco e para além da raça habitual, capacidade física, classe q.b. e forte remate, traga também uma cláusula de compra possível de ser realizada pelo Sporting.

CANOS SERRADOS disse...

Boas,

Sinceramente não me entusiasma nada a possível vinda do MF. Muito menos nos moldes de que se fala. Não me parece que precisemos de nenhum jogador para aquela posição e,mesmo que precisássemos, seria sempre como solução de futuro e não no imediato. Mesmo de futuro e para o futuro, prefiro mil vezes o Pedro Mendes. Para além disso, pelos valores apresentados, caí claramente o argumento de não termos dinheiro para os salários porque, a fazer fé nas noticias, o salário do mendes é inferior à metade que temos que pagar do salário do MF. Para além disso e como jogador não acho o MF superior a nenhum que lá tenhamos, mas é a minha opinião.

Já o Quaresma é bem diferente. Para consumo interno é um jogador que fará certamente a diferença.

SL

Bruno disse...

pois é..
mas nem um nem outro... o Quaresma já afirmou que não quer vir para o Sporting, e o MF duvido muito que venha.o sporting n quer largar a nota, e duvido muito que ele aceita baixar o ordenado, por isso ficamos assim..

esqueçam os reforços! faltam 2 dias para terminar o defeso e este frenesim ainda faz a direcção contratar outro angulo, ou outro caicedo....

SL

Bruno Silva

pedro_scp disse...

voou esclarecer de uma vez por todas o mercado fecha dia quatro de fevereiro podemos inscrevr jogadores ate essa data!!!!!!!

Refugee disse...

Desmarets, rapido e bom a fazer todo o corredor esquerdo, um pouco à imagem do joao pereira no lado contrario.

Sereno, alto, possante e bom de cabeça.

Jogadores rotinados à nossa realidade e ambos em fim de contrato. Podiam ser boas opcoes...

Anónimo disse...

Pelo que afirmou Pinto da Costa, Quaresma em Portugal só joga no Futebol Clube do Porto. Ele não se quer andar a arrastar na 2ª divisão da europa nem engalfanhado no meio da tabela classificativa num clube cheio de casos e problemas.

Anónimo disse...

E já agora o Evaldo para a esquerda da defesa.
Eu não fico nada entusiasmado com a vinda do Manuel Fernandes. Jogador pouco acima da média, muito faltoso em campo e fora dele ...
Deixem aparecer por cá o Miguel de fim-de-semana e lá começam as borgas ... Acho que não é disto que precisamos.
Quanto ao Mustang não há duvida que seria um bom reforço, mas por tão pouco tempo valerá o esforço ?
Concordo com o nosso amigo que prefere o Pedro Mendes. Era muito melhor contratação.
Acho que devem olhar para o mercado interno. Já deixaram fugir o Ruben Micael e a seguir vamos ver o que mais acontece.
Continuo a defender que nos tinha dado mais jeito o Evaldo do que o lampião caceteiro do João Pereira, mas como parece que quem manda no Sporting é o Liedson é melhor não culparmos o JEB mas sim o Liedson.
Deve preferir brasileiros.

SL

Anónimo disse...

Caro anónimo das 17:28,


para sua informação, o Quaresma apesar de também amar o Futebol Clube do Porto, é sportinguista ferrenho.

Isto, de fonte segura.


Com os melhores cumprimentos

Um também anónimo

Balakov10 disse...

saia o M. Veloso e vinham esses dois e mais um lateral esquerdo.

O Sporting ficava pronto para ganhar o que lhe aparecesse à frente

http://outra--visao.blogspot.com/

Anónimo disse...

em relação ao Manuel fernades tenho está duvida que li no record:
"...O Sporting pretende garantir o jogador a título de empréstimo, sendo que, para o conseguir, ter-se-á responsabilizado pelo pagamento de 50 por cento do salário do português, cerca de 600 mil euros por época, segundo avança o "lasprovincias.es"..." isto foi retirado do jornal record, mas expliquem-me que eu não estou a perceber bem!!
ordenado= 600 mil euros/época
-50%= 300 mil euros/época
por meia época será só
150mil euros??será só!!!
se for tragam já dois!!lool
o liedson e o moutinho recebem isso ou quase por més!! se for assim concordo plenamente e de certeza que todos os sportinguistas!!mas custa-me acreditar!!!
saudaçãoes leoninas

Anónimo disse...

Ele ganha 1.2M por ano, ja' la' vai meia época logo falta pagar 600m, dividido por 6 meses da' 100m por mês, ao nivel do moutinho e liedson, mais barato ainda...

Sporting até morrer disse...

Manuel Fernandes parece-me que vai jogar mesmo pelo Sporting até final da época, e ao contrário do que diz o Canos serrados, o Sporting precisa de um jogador como MF, pois Adrien é pouco.

Relembro que o Moutinho e o Veloso são usados noutras zonas do campo onde Carvalhal gosta mais de os ver jogar.
Assim sobra apenas o Adrien como médio defensivo, e a sua menor regularidade parece condená-lo a perder de imediato a titularidade.

Quanto a Quaresma por Veloso, esperemos que não se faça aqui um negócio sem pés nem cabeça só para garantir o primeiro por alguns meses desta época.
É que convém lembrar que mesmo que ele venha até final da época, dificilmente se manterá por cá com um ordenado muito acima do mais elevado do nosso plantel.

SL

Sporting até morrer disse...

Já agora, se a CML nos desse 65M também podiamos comprar o Quaresma, o Manuel Fernandes e outros mais, não é?

JORNAL DE NOTÍCIAS:
"Acordo com a Câmara valeu ao Benfica 65 milhões

PJ termina investigação sobre o financiamento do novo Estádio da Luz

O Benfica encaixou 65 milhões de euros à custa do contrato-programa firmado com a Câmara de Lisboa, no âmbito do Euro 2004. Santana Lopes não é arguido, apesar de a PJ ter concluído que município, a que ele presidia, instrumentalizou a EPUL para financiar o Benfica.

Já Carmona Rodrigues, à data dos factos vice-presidente da autarquia, é um dos cinco arguidos constituídos durante a investigação que a PJ acaba de concluir, sob a direcção da unidade especial do Ministério Público criada para investigar o Apito Dourado. Os restantes arguidos são ex-administradores da EPUL - Empresa Pública de Urbanização de Lisboa.

O inquérito centrou-se no contrato-programa assinado, em Julho de 2002, pela Câmara de Lisboa, EPUL, Benfica e Sociedade Benfica Estádio SA. O acordo fixava os moldes da participação da EPUL na construção do novo Estádio da Luz, para o Euro 2004.

Um relatório da Inspecção-Geral de Finanças (IGF), que suportou o trabalho da PJ, apontou défices de transparência ao contrato-programa, referindo que as formas de apoio acordadas e atribuídas ao Benfica "consubstanciam verdadeiras comparticipações financeiras, concedidas por instâncias municipais". "O contrato contrariou os normativos legais vigentes", acrescentou a IGF, por não terem sido quantificados devidamente os encargos das entidades públicas envolvidas, em desrespeito pelos princípios da boa gestão dos dinheiros públicos. A investigação conclui que, ao aprovarem o referido contrato-programa, a Câmara e a Assembleia Municipal de Lisboa "instrumentalizaram a EPUL", fazendo-a assumir encargos directos de 18 milhões de euros na prossecução de fins estranhos ao seu objecto social. Mas, além dos 18 milhões, o Benfica encaixou mais 47, pois o contrato-programa ainda lhe permitiu vender um terreno à EPUL e receber outro da Câmara de Lisboa (ver caixa).

Os 18 milhões referidos decorrem de dois negócios. Num deles, a câmara decidiu que a EPUL construiria 200 fogos, em terrenos seus, no Vale de Santo António, e entregaria um terço dos lucros da sua venda. O Benfica recebeu 9,9 milhões de euros, apesar de a EPUL nunca ter construído as 200 habitações. Segundo o então presidente da EPUL, Sequeira Braga, foi Santana Lopes quem definiu que seriam dados 10 milhões de euros ao Benfica, através de um projecto imobiliário da EPUL.

A outra parcela dos 18 milhões resulta do compromisso da Câmara de pagar, através da EPUL, os ramais de ligações às infra-estruturas de subsolo para o estádio. Isto valeu ao Benfica oito milhões de euros, sendo que 80% das facturas que cobrou à EPUL respeitavam a serviços de consultoria: só 20% tinham a ver com os ramais. De resto, parte das facturas tinha data anterior ao contrato-programa."

Quem pagou estes 65M?
Nós todos que pagamos impostos.

Quem é que vai ser preso?
Aposto que ninguém!

Quem é que beneficiou com isto tudo?
Mais uma vez o beneficiado é o clube salazarento, que ganhou a maioria dos seus títulos com a ajuda do antigo regime, e que procura novamente ganhar com recurso a todos os esquemas possíveis e imaginários incluindo porrada nos túneis.

O futebol português é a merda que se vê e lê todos os dias e mete nojo a qualquer sportinguista!

SL

André Cruz disse...

Infelizmente a data de fecho das inscrições aproxima-se, e não se vê nenhuma novidade... Cheira-me a um Angulo no último dia de contratações...
SL