quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Ridiculo

Li hoje que estava marcada uma manifestação de desagrado contra JEB para o dia 3, dia do jogo da taça da liga.

Sempre disse que considerava que os sportinguistas tinham o direito de se manifestarem sempre que achassem que o deveriam fazer, mas isto já é demais e isto não são manifestações isto é apenas folclore mediático.

Primeiro considero um oportunismo primário fazer uma manifestação para um dia de jogo do clube, em vez de se ir ao estádio apoiar o clube vamos protestar contra a direcção... então se o adversário ajudar à causa... melhor não?

Depois acho que também as pessoas deviam parar para pensar um pouco, porque isto já se torna ridículo demais. Tivemos uma AG para aprovar o relatório e contas e aquilo mais pareceu uma moção de censura a JEB e nas duas semanas que antecederam a AG os contestatários diziam que esse dia era o fim de JEB... veio a AG e tudo continuou na mesma e tudo foi aprovado. Passado algum tempo uma "mega manifestação" em dia de AG da SAD estava a ser planeada... o numero de manifestantes era pouco superior ao numero de jornalistas e agora isto de novo?
Há que aprender com os erros, até quem vocês tanto criticam aprendeu e entregou a pasta do futebol a outra pessoa num claro assumir que errou.

Por ultimo já pensaram que se houvesse eleições e ganhasse alguém do vosso agrado se quem tem suportado estas manifestações tivesse o mesmo comportamento que vocês o mandato dessa pessoa era de apenas 1 mês, é que num simples dia se conseguia arranjar assinaturas suficientes para derrubar essa dita direcção!

Passem aos actos, parem com este folclore, que nem é bom para vocês nem para o SCP.

Saudações Leoninas

30 comentários:

Leão de Stª Engrácia disse...

Como diz a minha avózinha acho que está a misturar peidos com marmelos, ou seja fala de coisas que nada têma ver uma com a outra.

Estou consigo no que toca ao desacordo quanto à realização de manifs em dias de jogo e no facto de, após o insucesso da primeira manifestação realizada há alguns meses ( na qual participei ), voltar-se a insistir nesta forma de protesto.

Quanto ao resto, enfim...cada um defende o que acredita e o pior cego é mesmo o que não quer ver, mas vamos por partes:

1. O amigo acredita mesmo que estas manifs são organizadas por algum candidato ( ou ex ou futuro ) com o intuito de derrubar JEB ? eu por exemplo fui à última por auto-recriação e conheci lá bastantes sportinguitas que estavam lá nas mesmas circustâncias. Acho que o resultado da gestão JEB e de as que lhe antecederam é tão mau que o estranho é haver quem não conteste. Isso só é um problema no SCP, por causa de alguns sportinguistas.
A partir de agora só a convocação de uma AG extraordinária terá o meu apoio, pois participar em manifs com 400 confirmações no facebook e 100 pessoas no próprio dia ( amigo, não estavam lá 100 jornalisma por muito que queria acreditar nisso ) é peditório para o qual já dei.

2. A AG do clube que refere só não foi o fim de JEB devido ao voto de antiguidade de alguns sócios. É legítimo ? Obviamente, mas ingonorá-lo é tapar o sol com uma peneira.

3. Se um candidato de ruptura ganhasse as eleições e comecasse a ser atacado de imediato e gratuitamente isso sim seria totalmente injusto. JEB é um caso difertente: tem 10 anos de direcções. Pertence ao establishment que directa e indirectamente contribui para o beco ( sem saída ) onde o clube se encontra hoje. Pedir total compreensão e bonomia para com JEB só pode ser justificado por uma pobre cultura de exigência ou por...olhe, nem sei bem o quê !
Ainda assim entenderia que a um novo presidente lhe fosse aberta guerra sem quartel desde o dia 1 ( passe o exagero ) se ele desde a sua tomada de posse cometesse erros primários em catadupa que lesassem de forma inegável o Sporting. E - surpresa das surpresas - não é isso que JEB tem feito desde o início.

Em suma: não vou à manif pelos motivos que supra aduzi mas também porque realizando-se em dias de jogo seria totalmente impossível contar comigo. Com JEB acabou-se a bola no estádio apesar da gamebox estar comprada.


SL

Peter disse...

Caro Leão Revisor,
Pode estar descansado que eu, um dos seus novos leitores e pelos visto oposcionista do regime (já devo estar catalogado) não vou participar nessa manifestação sendo que uma das razões é mesmo por me recuso a ir ao futebol apanhar grandes secas e tremendas desilusões.
EU NÃO VOU ESTAR PRESENTE! Pode ser que isso me livre de algumas acusações ...

leao revisor disse...

Leao de stª engracia

Acho que quem marcou esta manisfestação não só quer derrubar JEB mas quer ir para o poder. Não digo que seja PPC, digo que são atitudes concertadas e continuas.

Depois não sei o resultado em termos de pessoas nessa AG, mas estava muito dividido sim.

Por ultimo, tem que compreender que existe gente que apoia JEB ou este modelo de gestão, que o compreende e que o vê como a unica alternativa ao clube. Tanto assim é que em 10 anos tem ganho sucessivamente todas as AG.
Basta pensar que 200 pessoas (que nem é um numero muito grande) entendem passado uma semana que o presidente eleito nao defende os interesses do clube como eles (sócios) acham que devem defender... Pegam num papelinho em branco e marcam uma AG extraordinaria.
Achas que é impossivel? Eu acho que é o mais provavel se um dia isso vier a acontecer.

leao revisor disse...

Peter

Voce é que sabe se participa ou não particia na manifestação.

jg1906 disse...

Manifs criadas a partir do facebook (ou outro canal da net), onde todos apoiam e 10% aparece, são autênticos 'fait-divers'! Existem muitas atitudes concertadas de destabilização, esta é mais uma que vai causar mossa, nem que seja pelo que vai dar que falar, mas a questão de a relacionar com quem quer ir para o poder é mesmo essa: quem é que quer ir para o poder? É que ninguém se assume! E até lá vamos vivendo neste clima de cinismo e permanente confrontação. De facto somos um clube diferente, com sócios 'diferentes' que merecem tudo o que de mau tem acontecido.

Leão de Stª Engrácia disse...

Tembém concordo com o jg1906 e essa é outra parte do problema:

Acho que só a AG extraordinária pode dar um contributo decisivo para a resolução de uma vez por todas desta situação porque a sua convocação teria de estar sempre ligada a um rosto ou movimento que levassem a cabo a iniciativa. Essa seria de alguma forma "a alternativa" no caso de a Direcção cair durante a reunião magna.
A não ser assim jamais JEB e seus pares se demitirão e - contra a minha vontade falo - há que encaixar o seu "argumento" mais forte neste momento: se houver alguém que queira e saiba fazer melhor do que eu que avance. Se não existe e JEB saisse se calhar os que não o querem lá hoje iam criticá-lo por ter abandonado o barco.

Como referi, desde a última manif e AG do clube que perdi todo o respeito por algumas das figuronas que só falam nos jornais contra JEB mas que na hora de dar-a-cara se cortam.

JEB pode ser mau ( é mesmo ) mas esses nem a dignidade de tentarem fazer qualquer coisa têm e nesse sentido são 100 vezes piores do que ele.

SL

jg1906 disse...

Leão de Sta Engrácia,

Ora nem mais! Não sou apoiante de JEB e seus pares, mas hoje o Sporting é o clube que tem mais contestação interna, e menos rostos visíveis de oposição.

Leão de Stª Engrácia disse...

Mas JG 1906 sabe que esse fenómeno é interessante pois se ninguém de bom-senso ( e JEB por vezes parece ter mais do que alguns dos seus defensores ) pode afirmar que o SCP não é um clube dividido entre pro e anto-JEB , também ninguem pode dizer que existe uma alternativa, e é montados neste último cavalo que pro-JEB arrumam de uma penada com a muitíssimo fragmentada oposição que não tem nem denominador comum para além do anti-Jebismo ( passe a expressão ) nem uma cara que os represente e defenda.
Assim que, estando a oposição partida em mil pedaços mais fácil se torna descredibilizá-la e até de certa forma ridicularizá-la, mas quem o faz convencido de que isso significa que não existe um problema de fundo e um problema grave que mina os alicerces do SCP e do Sportinguismo comete um erro crasso. É que, quer queiram quer não queiram , o Sporting não existe sem sportingusitas e a crise de militância cada vez mais evidente é dessa doença o mais claro e preocupante sintoma.
As demais picardias em que nos envolvemos uns com os outros é conversa de café.

pelomeusportingcp.blogspot.com

Lionheart disse...

JEB não se demite porque seria irresponsável fazê-lo se não soubesse que alguém poderia substitui-lo de imediato. Ou pensam que isto é como aqueles que pensam que se convoca uma AG, se faz cair a direcção e depois logo há-de aparecer alguém? LOL

Não é toda a gente que tem capacidade e disponibilidade para ser presidente de um clube grande. Uma candidatura demora tempo a preparar. E depois para muitos nem sequer é opção, porque é muito mais confortável ser "notável". A partir do momento em que se é "poder" no Sporting, está-se sujeito a levar com a insatisfação dos adeptos. Assim é muito melhor ser comentador, porque tem-se sempre "razão" e é-se sempre "melhor" que os que lá estão. Aliás basta ter um blogue para ser "melhor" que quem lá está. Isso vale zero, mas há muita gente que se promove assim e de caminho torna-se o clube permanentemente instável.

Eh pá critiquem o que há para criticar, mas tenham consciência que quem está de fora não tem a mesma informação que quem está lá dentro. Muito menos a mesma responsabilidade. Pode prometer tudo, dizer tudo e o seu contrário. Uma coisa é falar, outra é ter de fazer. Um crítico de cinema não sabe realizar filmes.

5 Junho disse...

Ó leao revisor informe-se...nem eu sabia disto mas bastou pesquisar.

Isto vem do facebook , um conjunto de garotos que insatisfeitos criaram uma pagina com esta supsota manif. Ganhou dimensao porque os parolos do jornal ojogo em vez de trabalharem , andam na net e ler o que nao devem e depararam-se com isso.

Eu tambem posso ir ao meu perfil e criar uma manif anti-fontesegura...nao acho que vá ter grande adesão , mas também o posso fazer. Não é mais do que uma forma de chamar a atenção a algo.

Nao viva nessas conspirações permanentes de querer derrubar o poder.

Sabe o que faz lembrar ? O Chavez a falar da ameaça imperalista americana...para criar um odio ficcional por parte do povo perante os americanos. Ou a propria contestacao interna criada no pais com o intuito unico de dividir para conquistar.

Esqueça essas paranoias. A legitimidade do bettencourt é total , e se ele quiser vai cumprir o mandato até ao fim...somos nós que vamos sofrer , mas ele está no seu direito

sl

Nao existe tentativa de derrube

Leão de Stª Engrácia disse...

5 de Julho, não foi um jornalista foi Jean-Paul Lares ! :)

vitor disse...

Em dia de jogo tirava aos cartões a todos, sempre queria ver se havia algum.

Já quanto à manif à porta da a.g. da SAD se havia descontentes achei muito bem, é de lá que emana a politica do futebol. Inclusive JEB devia ter vindo falar aos sócios, muita da responsabilidade do actual momento é de uma comunicação defeituosa, também nesta área tenho expectativas em relação a Couceiro.

Em ultima análise servem para aferir da vitalidade leonina, pena é que surgam tão poucos.

Como já discordamos da outra vez, desta feita não vale a pena Revisor.

Achei também curioso o ruido á volta da contratação do Pongolle, com a qual não concordei unicamente pelo facto de já não poder ser utilizado na liga Europa da época passada, mais tarde soube das condições vantajosas e calei-me, nada me garante que não possa ainda vir a ser utilizado em Alvalade, onde nunca há tempo para nada. O Porto gastou muito mais numa participação de um passe de um miudo com 19 anos que está farto de ser util!?

Antes de ousarem classificar o clube era melhor repararem no comportamento dos adeptos para ver se percebiamos que clube cada um merece.

Força Sporting! S.L.

Lionheart disse...

O problema de fundo do Sporting a nível do futebol profissional, e que depois vai entroncar na questão financeira, é um problema de saber-fazer. Não é por acaso que a estrutura do futebol profissional é há décadas efémera. As mudanças sucedem-se porque os resultados não aparecem e os resultados não aparecem porque ainda não se conseguiu encontrar os intervenientes certos e a estabilidade para que os resultados possam aparecer. E aqui o problema transcende os actuais dirigentes.

O Sporting paga pelo pouco sucesso desportivo das últimas décadas. Faltam-lhe referências com mística e competência. Com mística temos ex-jogadores dos anos 70 e 80 (não falo dos das décadas anteriores porque os intervenientes nem estão no activo), mas que estão ultrapassados para as necessidades de um clube da nossa dimensão. Com competência não vejo soluções óbvias.

Não é preciso falar no porco. Veja-se a estrutura do Real Madrid ou do Bayern de Munique. Tudo ex-jogadores que aprenderam a ganhar no clube, aprenderam nessa fase como se trabalha dentro e fora do campo para ganhar. Onde é que o Sporting tem esses exemplos? Vejo gente como o Litos, ou Mário Jorge a trabalhar no futebol. Nunca ganharam nada no Sporting, logo mística pouca têm. Têm sido treinadores de clubes pequenos e provavelmente assim continuarão.

Desde João Rocha (e não vale a pena "glorificá-lo") o Sporting tem tido presidentes vindos da vida empresarial com pouca ou nenhuma experiência no dirigismo desportivo. Mesmo assim, o Bettencourt será o que tem mais passado nessa área. Não tendo muito saber-fazer no futebol (uma coisa é ser adepto, outra é ter tido a mão na massa), não encontrando já no clube uma estrutura consolidada, e sendo o passado recente do Sporting complicado, não havendo assim uma oferta tão grande de competência por onde escolher, torna-se tudo muito mais difícil. Dificuldades que esses homens não encontram nas suas empresas, onde não têm problemas para encontrar mão-de-obra especializada.

A aposta no Costinha deveu-se, parece-me, em tentar trazer para o Sporting esse saber, apesar do risco elevado devido à inexperiência dele enquanto dirigente. Como jogador esteve no Mónaco, numa altura em que esse clube era o mais ganhador da liga francesa. Esteve no porco, clube que apesar da corrupção, tem a melhor gestão do futebol profissional em Portugal. Teve uma vivência e pôde ver algo que ninguém no passado recente do Sporting pôde. Não temos ninguém com o mesmo palmarés desportivo do Costinha, ou com o mesmo "mundo" dele. Mas parece que isso não vale nada. Tão "finos" que estamos. Não acredito que ele esteja de má fé no Sporting, ou que seja completamente estúpido. Cometeu erros, mas não vejo que se possa dizer desde já que é um caso perdido. É preciso começar por algum lado. Soluções óbvias, de sucesso garantido prontas a entrar, não vejo em lado nenhum, portanto que se deixe trabalhar quem lá está.

Outros clubes grandes passaram pelo mesmo e tiveram de começar do nada. Um tal de Manchester United esteve 26 anos sem ganhar o campeonato e foi um escocês, que nunca tinha sido nada ali, a acordou o gigante, com um "chairman" (Martin Edwards) de quem os adeptos não gostavam nada porque diziam que ele gostava era de râguebi. Era tão evidente, tão evidente, que ninguém dava nada por eles. Hoje é o que se sabe.

5 Junho disse...

Hoje vem num jornal que vuk pode ir para o porto. Outro diz que pode ser o izma no final da epoca....a venda do capitao provocou isto mesmo. Um sentimento patetico de inferioridade , e pior , somos os bobos da corte por parte da imprensa. Os adversários agradecem....

Peter disse...

Oh Leão Revisor,
Ao reler este teu post, fico a pensar que não é possível que tu acredites mesmo naquilo que escreves... isto só pode ser um "post" comercial com a expectativa de manter o teu blog activo. Não é possível que alguem com 2 dedos de testa, ou com alguma vivência, acredite naquilo que aqui tu escreveste ... se tu és espelho da Direcção do clube.. muito mais coisas ficam então explicadas. Mas o que dá mesmo gosto ler, é mesmo o teu amigo Vitor...
Saudações e BOM 2011 PARA TODOS

leao revisor disse...

Peter

Voce é novo aqui, não deve saber mas eu gosto de factos. voce diz que nao acredita que eu acredite mesmo no que escrevi, que não tenho 2 dedos de testa etc etc etc. Aquilo que lhe peço é o que acha que nao acredito mesmo!
E depois voltamos a conversar.

Por ultimo conheço tanto o vitor como a si.

Peter disse...

LR,

Eu não acredito que voçê acredite que num dia de jogo do Sporting se esteja a preparar alguma manifestação para derrubar esta direcção. Até porque se ela acontecer só poderá ser durante o jogo (como noutras situações anteriores) e portanto a partir de uma claque organizada que se está mesmo a ver, só pode ser a Juve Leo!... que como toda a gente minimamente conhecedora do fenómeno desportivo e do Sporting sabe, está "controlada" por dentro do clube desde que o Paulo Bento saíu e só se manifestando recentemente quando outro nome (da mesma "corrente" de alguns tenentes que proliferam pelo clube) foi ventilado como candidato. A coisa acalmou porque o "dito cujo" não se assumiu (ainda) porque senão ... aí que se ía ver o que era manifestação. Com a chamada oposição, sem mexer uma palha e a rir a bandeiras depregadas ..
Bem... mas isto fica para outra nupcias.
BOM ANO 2011 (o Vitor incluido)

leao revisor disse...

Comecei o Post com:
"Li hoje que estava marcada uma manifestação de desagrado contra JEB para o dia 3, dia do jogo da taça da liga."

Li em pelo menos 2 jornais desportivos isto (Record e Jogo) li em varios blogs sobre isto e tentando mobilizar as "tropas".

Por isso a manifestação ou a suposta manifestação não foi invenção da minha cabeça!

Quanto ao resto é assunto já amplamente discutido neste espaço e não vou voltar ao mesmo.

vitor disse...

Peter,

Cheguei agora e estou espantado, de ontem para hoje fez um curso intensivo do Sporting. Para além de ainda não ter percebido qual foi o desorientado que lhe pediu dinheiro não percebo como é que esta direcção tem culpas no cartório da guerra civil que lavra há tantos anos.

Porque isso é a unica coisa que interessa falar quando falamos do Sporting. Nomeadamente desde que Duque agarrou a SAD a verdade é que o clube ficou ingovernável. O que me levou a apoiar esta direcção foi exactamente por lhe reconhecer capacidade de apaziguar o clube, independentemente dos acordos que permitiram o poder, até mais do que ganhar titulos, não sendo possivel de todo continuo a confiar na blindagem que a reestruturação organizativa pode alcançar.

Daqui para a frente vamos ver o que os aliados nos media vão conseguir publicar de verdade além da desestabilização gratuita.

Com a oposição que afinal sempre existe não vale a pena perder um minuto, com o messias em que até o Revisor acredita fechávamos portas tão depressa como com os voluntariosos da oposição.

De qualquer forma no futuro vamos todos ter oportunidade de ver quem é que tem razão em relação á actual direcção.

Já agora retribuo os votos de boas entradas.

S.L.

vitor disse...

Peter,
E nem vou insistir em como é que vem para aqui falar de competência sob boicote desde o 1º dia, mas antes na desonestidade intelectual de ter afirmado que Sá Pinto era o preferido de JEB. Também vale tudo com o Peter? S.L.

5 Junho disse...

Ai voce nao sabe que culpas tem a direccao da crispacao de adeptos do Sporting ? Epah LOOOOL. Ó Vitor você esteve debaixo da terra nestes ultimos 15 anos ? É que se voce nao sabe , ESTÁ EXPLICADO as coisas que escreve. Parece que está realmente desactualizado sobre o passado recente do Sporting.

SL

vitor disse...

5 de Junho,
Com o devido respeito, quem é que está a falar dos adeptos? Não lhe chega o que se passa na blogosfera leonina? Sempre pronto para a batalha! A mim vai-me desculpar, estou de férias, ainda a tempo de ver os Spurs ganharem outra vez e depois de volta a Alvalade. Bom ano! S.L.

5 Junho disse...

Guerra civil associada a um clube é uma guerra entre pessoas do mesmo....clube !! Se calhar a expressao que utilizou nao foi a mais feliz...

Boas entradas a todos os simpatizantes do Sporting que lêem este Blog !

SL

Leopinião disse...

Ridiculo e absurdo é termos um presidente (muito bem remunerado face ao desempenho) que vai contratar um Director Geral do futebol - Couceiro - para fazer o trabalho que devería ser seu, sobrepondo-se a um Director de Futebol (??) - Costinha - e coadjuvado por 2 senhores reformados - Nobre Guedes e Sousa Loiro - e já com uma certa idade, que de futebol e dos seus meandros nada percebem, nem nunca perceberam. É uma estrutura confusa, difusa e que espelha bem o desnorte e o desespero instalado.

Iremos andar de novela em novela, de casos e de desculpas esfarrapadas, num marasmo e num ambiente de depressão e de alheamento.

É preciso uma MUDANÇA radical!

vitor disse...

Bom dia ao Fonte Segura!

Volto para agradecer e retribuir os votos de bom ano ao universo leonino. Foi sempre uma felicidade abrir o mail nesta quadra.

5 de Junho,

E desde quando o Sporting são só os adeptos? Que até podem vir aqui dizer que não vão aos jogos!? A verdade é que só não sabem o que se passsa nos corredores de Alvalade porque andam distraidos, atentem nas mensagens do presidente ou até nas ultimas declarações nos Stromps.
É de tal forma que até no balneário há jogadores de diferentes facções?!

O que incomoda, inclusive os adversários, é que finalmente está-se a construir uma equipa. Finalmente a expressão "guerra civil" não é minha, eu não estou em guerra com ninguém e na verdade tal costuma pressupôr motivos nobres, no Sporting são os mesmos de sempre, um treinador chegado à pouco tempo falou de "fome de poder".

Peter,

Entretanto lembrei-me que aquando a saida do Sá o jogador se disponibilizou para responder
a umas perguntas na net. Á minha sobre quem o impingiu á direcção optou por não responder!? Está no histórico de um directório de noticias que só serve para desestabilizar o clube desde sempre.

Boas entradas a todos, sobretudo ao Sporting! S.L.

jg1906 disse...

Vitor, 'E desde quando o Sporting são só os adeptos?'.
É verdade, o Sporting não se resume aos adeptos, mas quando se verifica que ao fim de 15 anos de 'governo' roquettista, os próprios estão cada vez menos ligados ao clube, cada vez contribuem menos para o clube, em suma o seu afastamento sobe a pique, é sinal que a politica seguida foi um falhanço total (ou uma vitória robusta, depende das intenções), e resulta do estado de permanente guerrilha em que as coisas estão.
É que convém não esquecer, que ao contrário do que se passa na maioria das empresas, um clube de futebol está semanalmente dependente se a bola entra ou bate no poste, se o arbitro marca ou não o penalty. E como tal está dependente da reacções da massa adepta. Dizer que o Sporting não são só os adeptos, até pode ser verdade, mas que são o principal, disso não tenha dúvidas.

vitor disse...

jg 1906,

Nos grandes clubes da Europa com quem gostam de comparar o Sporting os adeptos chegam a valer 50% das receitas! Já para não falar de diferenças no que vale a sério de € 10 Milhões para € 100 Milhões veja quanto valem os sócios no Sporting.

Por isso é que nem aparecem nas a.g. para reclamar. Mas querem craques!? E nem sequer falei nos adeptos neste contexto. A maior parte nem direito á critica devia ter. Por isso é que se limitam a practicar a modalidade favorita do ecletismo leonino na blogosfera: o bota abaixo, falarem do que não sabem, em suma, contribuir para a desestabilização ilustrada com a Jebelenização!? O que aconteceu no Restelo foi que quem suportava o clube desde sempre abandonou o barco! Nós não precisamos de mecenas, precisamos de rigôr! Que muitos não aceitam!?

Nenhum clube do mundo suporta tantos notáveis que aproveitam o descontentamento. Um ano e meio depois desta direcção tomar posse continua a ser fundamental varrer muita gente, muita mais que competência importa falar de vassouras. Está disponivel? Da minha parte terá que ficar para o próximo ano. Estou de saida, bom ano!

Força Sporting! S.L.

jg1906 disse...

Mas você acha que o afastamento dos adeptos se resume à não compra de craques? Talvez seja factor preponderante, mas não acho que seja o único.
Vassouradas? Totalmente de acordo, o Sporting tem 'notáveis' a mais. Mas não é essa a imagem que sempre quiseram passar?
A blogoesfera leonina é sem dúvida das piores coisas reinantes no clube, aqui encontramos milhares de 'presidentes' e 'treinadores' que em tudo eram melhores dos que lá estão. Disponibilidade? Não corro atrás disso. Mas há muitos que correm ou querem fazer parecer que correm...

Lionheart disse...

O afastamento dos adeptos tem a ver com a falta de títulos. Vai para nove anos que o Sporting não ganha o campeonato e nos últimos cinco chega a meio da época e já quinou. E depois um mau início de campeonato marca a temporada, provocando logo uma quebra no interesse em torno das outras competições (internas e externa) em que o Sporting está envolvido. Assim, no Sporting, tudo o que pode correr mal, corre mesmo mal, muito por culpa do modo como todos reagimos às contrariedades.

A direcção do Sporting está sob fogo cerrado dentro e fora do clube, não reage a provocações, subversões e desestabilizações e isto só desmoraliza os adeptos. O Bettencourt não pode abrir a boca que cai-lhe tudo em cima. O Costinha já está assim também. Do Couceiro vão acabar por tratar-lhe da saúde. O que é que o clube ganha com os adeptos a contribuir para que os dirigentes estejam permanentemente acossados? Quem é que defende o Sporting assim? A AAS, que anda sempre a fazer comunicados, subsituindo-se a quem de direito? Mas eles é que acham que defendem os interesses do Sporting? Quem os mandatou para isso? Agora também temos "governos" sombra? Temos "partidos" dentro do clube em permanente "campanha" eleitoral? Não faltava mais nada?

Não tenho dúvidas que é preciso uma limpeza, que é preciso acabar com estes grupos, grupelhos, notáveis e associações, porque só trazem confusão e não constroem nada. Agora o odioso está todo no Bettencourt, mas amanhã até podemos eleger um bom presidente mas com o clube nesta confusão, com esta profusão de gente que só atrapalha, será sempre tudo muito mais difícil. Estamos a querer ganhar uma corrida de 100 metros com pesos acorrentados aos pés. É preciso disciplinar o clube de alto abaixo. Duvido é que o Bettencourt tenha força para o fazer.

Lionheart disse...

E Vítor o peso dos sócios do porco e do carnide nas receitas desses clubes é igualmente patético. Tem a ver com o país que somos, em que o apoio REAL dos adeptos aos clubes ficam muito aquém do desejável e dos clubes com que nos comparamos na Europa.

Só que o porco e o carnide compensam com uma rede de influências na política nacional e autárquica que lhes abre muitas portas a nível de financiamento e desbloqueamento de outras matérias. Alguns dos nossos "notáveis" fizeram questão de mostrar que são imparciais, ajudando o carnide em desfavor do Sporting. Os "notáveis" dos outros não têm problema em evidenciar que ajudam o seu clube. São diferenças que depois contam muito.