sexta-feira, 25 de março de 2011

Eleições - Futuro

Amanhã é um dia importante para o nosso clube. Será uma vez mais feita a vontade dos sócios do clube e é sempre muito importante quando os sócios se pronunciam e deverá sempre ser respeitada a sua vontade.

Não irei dizer em quem vão recair os meus votos, apenas que nenhuma das listas realmente me atrai. Tenho pena que assim esteja. Conheço bastantes consócios que se encontram na mesma situação e irão votar em quem consideram o menos mau.
Sem dúvida que existem pessoas que não gostava de ver à frente do clube, outros com soluções pouco credíveis, outros vendem ilusões, e ninguém realmente me convence.

Mais importante do que quem ganhará reside no facto de haver realmente paz após as eleições. As facções que não ganharem devem unir-se em torno do novo presidente (seja ele qual for) pois só assim o nosso clube sairá mais forte. Não digo que se passe a dizer "amen" e a aceitar tudo, mas deverá ser nas AG's que a voz das pessoas se faça ouvir.

Devemos nos unir contra os nossos adversários externos e não contra consócios que irão ser eleitos pela maioria dos sócios.

Nunca se esqueçam o SPORTING CLUBE DE PORTUGAL tem de estar sempre acima de questões pessoais e de interesses particulares.

O Sporting é o nosso grande amor!

Viva o Sporting!

16 comentários:

Gonçalo Correia disse...

Baltazar acaba de ser desmintido pela Fiorentina (e pelo seu amigo director geral dos viola...).

Godinho Lopes faz de trunfos eleitorais jogadores (ou as chamadas "unhas") e dirigentes que têm sido responsáveis pelo sector de maior incompetência no clube, o das contratações.

Viva os Vales e Azevedos, que até mostram os contratos na televisão sem merecer a mínima credibilidade.

Pedro disse...

Queria agradecer ao Vitor toda a ajuda que me deu para decidir o meu voto.

Obrigado, vou votar BdC

Pedro disse...

Caro informador,

"Devemos nos unir contra os nossos adversários externos e não contra consócios que irão ser eleitos pela maioria dos sócios."

Esta "maioria" é um bocado relativa, não acha? Não tenho muitas dúvidas que Bruno de Carvalho era o presidente se estivéssemos a falar da verdadeira maioria...

Quanto ao resto, aquilo que estamos habituados. O blog fonte segura continua um defensor incondicional da lama por onde nos arrastam. Ir ao estádio tornou-se um martírio e um sacrifício mas está tudo bem. As alternativas é que não são credíveis... Haja paciência e metam na cabeça que quem não tem credibilidade nenhuma é certamente quem nos pôs neste estado.

SL

Pedro - Sporting sempre

Gonçalo Correia disse...

Pedro:
Apesar de tudo, pode-se considerar justo ou injusto, mas o método de votação está concebido desta forma, e é desta forma que é democrático (porque não é outra). Nas próximas eleições logo se vê, nestas, quem for eleito é o presidente que os sportinguistas desejam ver no cargo.

PS - Não, não sou apoiante do LGL (deus nos valha). Não deixa, no entanto, de ser um sócio sportinguistas e, a ser eleito presidente, é porque os sportinguistas assim o entenderam.

Informador disse...

Pedro,

é exactamente por isso que o Sporting não tem paz! Não tenha duvidas que já existem muitos preparados para fazer guerra ao GL se este ganhar e outros a fazer guerra ao BdC se for este.

O FonteSegura defende o que acha melhor para o Sporting, disso não tenha nunca dúvida! e de certeza que a sua opinião não é melhor do que a minha... pode ser diferente e ter a mesma validade mas melhor não...

Pedro disse...

Caro Gonçalo,

Não falo da legalidade do sufrágio nem de democracia em sentido literal.
Compreende que se numa eleição o meu voto (segundo os estatutos legais do clube sim senhor) vale 300 e o seu 1 não me parece muito "democrático". Ainda por cima baseado na idade de associado. É o mesmo que dizer que o meu voto nas legislativas vale menos que o da minha tia que não vê nem lê noticias nenhumas e vota no mais bonito (exemplo...)

O sentido de democrático aqui é obviamente a justiça da eleição e o facto de não podermos dizer que é o eleito pelos sportinguistas mas sim o que teve mais votos.

SL

Pedro - Sporting sempre

Pedro disse...

Informador,

Passado tanto tempo parece-me que falamos de mais do que opiniões, falamos de factos.
A melhor prova disso é exactamente a forma fervorosa como defendiam JEB há dois anos apesar de várias pessoas defenderem o contrário e como foi arrefecendo nos últimos tempos chegando mesmo a ser criticado (imagine-se...) pelo TI.
Para minha infelicidade (acredite que é mesmo infelicidade...) o clube caiu no abismo que eu e outros apregoamos há vários anos.
É um facto que é um sacrificio ver o SCP jogar, é um facto que o passivo é gigante e a equipa miserável. A seguir a uma auditoria espero que não apareçam mais factos...

Opiniões eram há dois anos, neste momento são factos consumados.

Percebo perfeitamente a sua angustia que é a minha também em escolher um candidato. Por vezes parecem todos maus. Mas a verdade nua crua é que só há dois caminhos, o da continuidade e o outro. Por tudo o que disse atrás, o outro vai ser a minha opção. Entendo como outro, aquele que tiver maior probabilidade de derrotar GL. É triste, mas é mesmo assim.

SL

Pedro - Sporting sempre

Gonçalo Correia disse...

Pedro,
As regras são como são e as coisas estão como estão. Discuti-las, de momento, é pura perda tempo; Naturalmente que espero que o sistema de voto mude (não diria 1 voto por sócio, talvez, mas com as diferenças a serem muito menos evidentes que as que sao actualmente) mas dizer que foi por isso que candidato x ou y terá ganho ou perdido... parecem-me peanuts. É assim que é de momento, questionar tal sistema e defender-se com a falta de democracia do mesmo não leva os associados nem o clube a lado rigorosamente nenhum.

Pedro disse...

Gonçalo,

É um tópico de discussão como outro qualquer. Não leva a lado nenhum nas eleições mas por alguma razão a mudança de estatutos está na gaveta há mais de 7 meses e não se avançou. Sabe porquê? Mais uma razão para não votar GL.

Quer utilidade neste tópico? Aí tem. Não vote GL para finalmente termos um modelo eleitoral justo em que não se ache que algumas cabeças são melhores que outras e andar a mamar no clube à conta disso. Nem quero imaginar a propaganda que amanhã vai ser feita nas camionetas que vêm dos núcleos...

SL

Pedro - Sporting sempre

Informador disse...

Pedro,

discordo completamente quando fala na diferenciação de votos. Acho que deve ser feita. A dedicação dos sócios com 30, 40, 50, 60 ou mais anos deve ser considerada e deverá ter influencia. Pode-se analisar se as diferenças são justas e equilibradas, mas considero que devem existir!
Não é vergonha ter 60 anos de sócios do sporting é e deveria ser sempre um grande orgulho!

Pedro disse...

Informador,

Quem falou em vergonha? Se entendeu isso no que escrevi está muito longe da realidade.
O que digo é que um sócio com 60 anos pode não ter mais dedicação ao clube do que eu. Muito menos ter um conhecimento ou consciência maior do que a minha. Estamos salvaguardados pela obrigatoriedade de 1 ano de sócio para votar. Agora não me fale em dedicação...

Pedro - Sporting Sempre

Informador disse...

e 60 anos não é dedicação?

Quantos temos nessas condições? Se conhecesse alguns sócios com 50/60 anos de sócios e os ouvisse falar entusiasticamente de como iam ver o sporting jogar fora... e não só no futebol, era nas modalidades todas. Acredite que à 40 anos era bem mais difícil ir ver um jogo às Antas por exemplo do que é agora.

joca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
João Santos disse...

http://pastoralportuguesa.blogspot.com/

Para quem gostar de ler uns textos bem escritos. Os 2 últimos posts em particular são qualquer coisa de fenomenal

joca disse...

Pedro, um socio antigo k paga quotas ha decadas apesar dos mts maus resultados deveria ter a mesma quantidade de votos k um socio com 2 anos de casa???...
e haja paciencia, uns gostam de criticar um candidato mas depois n gostam de receber criticas ao seu candidato... à custa disso o leao revisor ate deixou de fazer comentarios, graças a esse fanatismo!!!

Gonçalo Correia disse...

Pedro:
Eu não sou sócio. Nem poderia votar, porque sou menor de idade. Quando me tornar maior, seguramente me farei sócio. Até lá... vou dando as minhas ideias enquanto adepto sportinguista que vive fora de Lisboa... SL