sábado, 1 de fevereiro de 2014

Ultimo dia de Mercado

Comecemos por um assunto que não é directamente relacionado com o nosso clube. O SLB vendeu Rodrigo (30 milhões) e André Gomes (15 milhões) a um fundo que é gerido por Jorge Mendes. Devo dizer que numa economia global retraída onde os negocios são feitos por tuta e meia, onde o "melhor 6 do mundo" é vendido por 6 milhões estes negócios são estranhos. Existe quem diga que isto é apenas um empréstimo com um juro de 10% ao ano, a verdade é que um jogador que não fez um jogo completo pela equipa principal do SLB foi "vendido" por 15 milhões de euros, se tudo for realmente muito sério e honesto no final da época terá que ser vendido por mais para o fundo ter lucro... ora se o jogador não joga na equipa A, estou curioso para ver como Jorge Mendes vai continuar a lavar dinheiro. Ainda digo mais, não me admira que André Gomes conste na lista final dos eleitos para o campeonato do Mundo.
Falando do nosso clube, para mim foi um assumir de uma candidatura ao titulo. 4 contratações em Janeiro (3 agora e uma para a proxima época) quando faltam 13 jogos oficiais para terminar, sem deixar sair ninguem parece-me que é uma aposta no titulo.
Jeffren saiu em definitivo. Não teve uma passagem feliz pelo clube, 1º ano com muitas lesões, 2º ano onde todos jogaram 0, 3º ano encostado. Não recebemos dinheiro mas poupamos nos salários, compreensivel e aceitavel... pena é que estas mesmas medidas não o tenham sido no passado.
De realçar tambem a evolução registada na questão dos "dispensaveis", quando fechou o mercado no verão, escrevi que me fazia muita confusão não se ter inscrito Labyad e Jeffren, desta vez inscreveu-se Elias, e sei perfeitamente que é um jogador para ser transferido, mas se por alguma razão tal não acontecer sem poder jogar certamente, valorizado não sairá.
O SCP já prepara a próxima época, Sami e Anderson (Leixões) são já reforços do nosso clube para a próxima época. Esta série de jogadores vem de encontro ao que tinha escrito em relação à formação, a aposta na formação é cara e como tal deixa de ser uma prioridade e estamos a comprar jogadores já feitos, é uma opção tão válida como qualquer outra é preciso é assumir o que se faz.
Saudações Leoninas
PS- Espero que depois da rabula dos 3 minutos do Dragão, não exista mais outra pouca vergonha e que Abdoulaye não possa jogar pelo FCP até ao final da época. É que em todas as actualizações durante o dia de ontem e na final não existe nenhuma comunicação sobre a inscrição desse jogador pelo FCP.

16 comentários:

João Santos disse...

O Anderson é oficial?

leao revisor disse...

João Santos

Não sei se já é oficial mas será jogador do SCP na próxima época.

Carlos disse...

Lr,
sendo assim discordas da compra dos dois?
o ideal não será o plantel ter o complemento de jogadores da formação e jogadores já editor baratos?

tiscp disse...

Começando pelo jackpot dos outros, já o tinha comentando num post teu anterior, trata-se de um financiamento gratuito, completamente absurdo e desvirtuado do mercado tendo em conta o valor dos jogadores. Como também já tinha referido, este negocio faz-se pelo aquilo que o lado mais escuro e criminoso do futebol, envolvendo possivelmente lavagens de dinheiro, tráficos de influências, com interveniências de empresários, dirigentes e muito provavelmente por aquele senhor que se fez passar por um autoritário casmurro em Alvalade e na federação é so mais um bandalho nas mãos de JM e dos seus interesses, inclusive em certos clubes.
Porque no final, os factos são estes, os lampiões este ano fizeram uma aposta brutal na equipa, mantendo uma estrutura altamente acima das suas possibilidades, sonhando com a final da LC, essa aposta revela-se um fracasso e quando se começam a encontrar com a corda no pescoço, vem dai uma botija de oxigénio, com 2 jogadores "dispensáveis", estupidamente sobrevalorizados, assim torna-se fácil arriscar.
Era o mesmo que se o ano passado em Janeiro tivesse chegado alguém e dado-nos 45M pelo J.Mario e Ricky, por exemplo, de certeza que as nossas dificuldades não teriam sido tão grandes este ano.

Em relação às nossas contratações, sinceramente o egípcio acho que compensa o risco, uma vez que se trata de uma contratação barata e se conseguir explanar o seu talento pode ser bastante interessante.
Já o Heldon, apesar de ser uma autentica mais valia no Maritimo, duvido que consiga sê-lo no Sporting, e também não me parece que seja um assumir de candidatura ao titulo, porque dificilmente vejo alguma das contratações entrar de caras no onze e tornar-se um titular indiscutível.

Quanto a não apostarmos na formação, não consigo ver onde é que se pode concluir isso.
Acho que a direcção faz muito bem em comprar alguns jogadores já feitos, a formação não chega para tudo, é uma utopia pensarmos que todos os anos iremos formar um William ou um bruma, vamos com calma e aprender com os erros do passado, a aposta na formação não pode ser lançarmos os jovens e deixar a responsabilidade toda nas suas costas, como era feito à uns anos atras. Para se apostar na formação e retirar o máximo proveito dessa aposta, temos que ter uma base forte com jogadores com características que complementem a formação, ao exemplo de como foi composto o plantel principal este ano.

Rodrigo disse...

Esta direcção contratar 3 jogadores em Janeiro significa não apostar na formação?

leao revisor disse...

Carlos

Eu nunca questionei o rumo que se pretende para o futebol, desde que efectivamente me digam o que querem.

Já compreendi apostas nas formação, já compreendi investimentos fortes no plantel.

Com isto digo que não discordo da compra de Sami e de Anderson, mas se realmente "apostamos na formação" não percebo como se pode apostar em "Manés" ou em "Fokobos/Palhinhas" quando se comprar "Samis" e "Andersons".

Percebe o que quero dizer?

Tiscp e Rodrigo

A minha opinião que se está por e simplesmente a "esquecer" a formação não tem nada haver com a compra de 3 jogadores em Janeiro.

Já aqui tinha escrito que a nossa formação caminhava a passos largos para ser completamente ultrapassada pelos rivais, neste momento estamos em pé de igualdade com o nosso "carro" parado e com os deles em grande velocidade, esta 3 compras vêm aumentar para 17 o numero de jogadores adquiridos esta época e a estes 17 teremos que juntar + 2 que já estão contratados para a proxima época.

Compreendo perfeitamente que nem todos os jogadores estão preparados para serem lançados, até me parece evidente que Capel e Carrilo no final da época tem guia de marcha mas também acho que esta direcção achou (e é perfeitamente legitimo) que o investimento que é necessário para ter uma formação de topo é muito maior do que comprar este tipo de jogadores.

Nuno Bispo disse...

Fokobo e Palhinha são da formação do Sporting, salvo seja. Foram também contratações externas, mas com idade junior.

A aposta na formação, não implica uma estratégia desportiva que iniba a prospecção e acção no mercado externo. Aliás, foi isto que falhou no periodo Paulo Bento. Jogadores capazes que suportassem o rendimento da equipa e que complementassem o núcleo de jovens que teve demasiadas responsabilidades, demasiado cedo.

O Sporting renovou recentemente com muitos dos seus jovens, que têm muita qualidade e a aposta na formação deve e tem que ser uma realidade. Como tem sido. Cara ou não, significa uma mais valia superior a 100M nos últimos 15 anos, enquanto que a acção no mercado extreno significou perdas financeiras de muitas dezenas de milhões.

Rodrigo disse...

LR, queres contar os jogadores contratados nos mandatos anteriores?

tiscp disse...

Isso da já bastante falada igualdade entre a nossa formação e a dos outros, quando algum deles conseguir lançar 3 ou 4 miúdos da formação, como nos fazemos e com a qualidade dos nossos, ai sim podem estar ao nosso nível, por enquanto nesse aspecto damos-lhes 50 a 0.

Eles estão a investir e muito sim, mas esse investimento por enquanto baseia-se apenas termos financeiros, porque a aposta desportiva é quase 0, e muito embora os miúdos tenham potencial, isso não se reflete nas equipas principais.

Os bimbos só naqueles juvenis saídos da nossa academia investiram mais, do que nós nas contrações para a equipa B, mas depois vemos que os valores em que investem acabam por não os aproveitar, ainda agora o francês, que era uma grande esperança mundial do seu escalão, rescindiu.

Agora o que tem sido feito não me parece um desinvestimento, parece-me sim mais um rumo e um projecto.
Veio o Anderson, precavendo uma saída do William, agora saíram o J.Mario, N. Reis, Tobias, Betinho, Cisse, está-se integrando na equipa A o Mané e Esgaio, tinha que se encontrar soluções para a equipa B e foi isso que foi feito, apostando em jogadores com algum potencial. Penso que não faria sentido ir aos juniores e tirar de lá 5 ou 6 miúdos permanentemente, porque como é normal nem todos estarão ainda capacitados para uma 2.ª liga.
Mas se quiseres referir que na equipa B há coisas a melhorar e secalhar rectificar, ai estrou completamente de acordo contigo.

leao revisor disse...

Rodrigo

A história dos jogadores contratados, só me dei ao trabalho de contar porque houve alguem que falou em "paletes" e afinal este ano só se contratou menos 1 do que essa tal palete.

Mas a questão está contratar 17 jogadores (2 portugueses) significa apostar na formação? E muitos deles nem são "reais mais valias" são para entrar na equipa B.

Nuno Bispo

Nani é da nossa formação? É que se é, Palhinha e Fokobo fizeram o mesmo tempo de formação que eles.

Mas quem está a dizer que apostar na formação é contratar 0 jogadores? Agora contratar jogadores para a equipa B? Quantos já foram?

Quando voce diz que a aposta na formação é a unica coisa rentavel no clube, concordo plenamente, até por isso acho que se está a ver mal as coisas.

tiscp

Daqui a 2 anos espero que venham aqui dizer que estava totalmente enganado, porque se não estiver vai ser muito mau para o nosso clube.
Porque o argumento que se usa, que é a potenciação dos jogadores na equipa principal, desculpe que lhe diga é muitissimo errado. Eu quero lá saber se eles metem ou nao jogadores nos A, eu quero é por com qualidade... e essa eu não tenho para por dos juvenis para baixo, porque em juniores ainda tenho 3/4 com possibilidades.

Eu digo-lhe assim o que nós gastamos com o Everton Tiziu e com o Hugo Sousa dava para pagar aos 2 juvenis que foram para o FCP e ainda sobrava dinheiro.

Anderson não se compara ao Wiliam. O Cissé tambem era uma vedeta, chegou cá... já foi emprestado e para o ano vai continuar emprestado. Com estas contratações o Mané e o Esgaio nunca mais tocam na bola nos A, porque com Carrilo, Capel, Wilson, Heldon e Shikabala onde é que esses entram como opção?

Por isso lá vão eles voltar para os B, e depois Dramé terá que jogar, porque senão joga nos B para que raio foi contratado.

Não esquecer que o SCP nos A tem mais 13 jogos para fazer, não tem mais. Passando este jogo em que os "reforços" ainda não estão disponiveis, Mané e Esgaio os 2 juntos não vão fazer 45 minutos ao todo pela equipa B.

E repito, para que não haja duvidas, eu compreendo e consigo apoiar qualquer estratégia que seja seguida, como sportinguistas não temos outro remédio, concordando ou não, agora não me digam que apostam na formação e fazem isto.

tiscp disse...

Sem duvida que necessitamos de qualidade para poder lanca-los, mas também é verdade que já a anos que se ouve essa conversa de que as gerações dos outros são melhores que as nossas e no final não se comprova bem isso.
Dou-te o exemplo dos juniores, em todos os escalões se disse que a geração dos lampiões era bem mais forte que a nossa, agora chegados à fase final da formação, se existe alguma equipa mais fraca, não e a nossa de certeza.
O mesmo se passou com a equipa do William, do Mane e muitas mais.
Não digo que não seja preocupante e de analisar o que se tem passado ate agora com os juvenis e iniciados, agora falares como falas, sinceramente não vejo razão para tal.
Mas atenção, também acho que os melhores devam e tenham que estar nas nossas equipas, porque efectivamente somos os melhores e temos que aproveitar isso.

Anderson não se compara ao William, mas também não temos nos nossos quadros nenhum jogador que se compare a tal, e não me parece ser boa politica ficarmos dependentes apenas da evolução de um ou dois elementos para pensar em substituir os que estão na equipa principal.
Se Anderson e bom jogador, e para contratar e pronto, não podemos voltar aos erros e enganos do passado em que perdíamos os jogadores e nos iludíamos a dizer que temos igual na Academia, porque não existe academia nenhuma no mundo que produza constatemente jogadores capazes de suprir todas as necessidades de um clube de alta competição, nem a nossa.

Não defendo estas contratações como Heldon e Sami, porque continuo a pensar que devemos so comprar jogadores que sejam reais mais valias para a equipa, acho desnecessário contratarmos jogadores para encher plantel e com características idênticas aos que lá temos, isto falando para a equipa principal, mas também é assim se os miúdos tiverem capacidade irão jogar, se não jogam e porque ainda não estão preparados.
Não podemos é voltar a cair no erro, de nos vermos obrigados a lançar jogadores, estejam eles preparados ou não, por não existir alternativas válidas, num passado recente isto custou-nos bem caro.

E também não podem é haver mentalidades desse tipo, são "comprados" tem que jogar, não tem que jogar é os melhores, e acho que tem sido isso que tem acontecido este ano na nossa equipa.

Joseph disse...


E o extremo mais goleador do campeonato não é uma mais valia? 11 golos esta época



O Mané é bom mas acho que deu para perceber na taça da liga que ainda está muito verdinho, não aguenta um jogo inteiro.

O Esgaio não é desiquilibrador, o futuro dele é na posição do Adrien ou do André Martins

O Revisor é mesmo derrotista por natureza. Qual o mal de investir 2M para termos hipóteses de ganhar o campeonato em vez de simplesmente jogarmos 13 jogos até ao final?

leao revisor disse...

Joseph

Não sei se não percebeu mesmo ou não quer perceber!

Quem diz que Heldon é bom ou mau?

Aquilo que eu digo é que de certeza que as 17 contratações todas não são "reais mais valias".

Aquilo que dizia no passado que não existia clube nenhum no mundo que tivesse acertado sempre nas contratações e sempre tinha como resposta... a competencia e o rigor... até belissimos jogadores podem chegar ao SCP e não jogarem nada.

Tudo muda quando se chega ao SCP, a pressão a forma de jogar o momento de cada um... tudo influencia.

O futuro de Esgaio é a lateral.

E para terminar eu disse precisamente isso, que estas contratações são um afirmar que somos candidatos ao titulo, com os resultados de hoje então...

Jalex disse...

O Palhinha e Fokobo(não deposito sequer grandes esperanças neste) não tem a qualidade do Anderson.

A realidade é que não á ninguém na academia nesta posição que chegue aos calcanhares do William,este Anderson pode ser um bom suplente do Português.

O Paraguaio vêm muito bem recomendo,tirando Eric que para mim tem imenso potencial e o super inconstante Ruben Semedo não vejo mais ninguém na academia a curto prazo que possa integrar a equipa A.Parece-me uma boa aposta.

Sami e Heldon acho que são contratações aberrantes,sobretudo pelo preço que custaram.E aqui sim posso concordar que tapam o espaço a Esgaio e Mané.

Não vejo no entanto a morte antecipada da formação como o Revisor diz(se calhar é melhor fechar já as portas da academia!).

É curioso no entanto que não vi essa sua preocupação quando o Sporting não há muito tempo jogava só com um Português na equipa proveniente da formação.

Nessa altura não me recordo deste seu enterro anunciado da formação do Sporting.


E o que não deixa de ser irónico é que o Sporting nunca usou tantos jogadores de formação como esta época(seja lá pela razão que for,mas isto é um facto).É preciso andar muitos anos para trás para encontra situação semelhante.

Sinais da morte da formação esta visto!

liedshow disse...

Ainda há muitos lambuças nojentos por aqui! têm de ser extreminados.
Tenho dito.

leao revisor disse...

Jalex

Você também só quer perceber o que lhe convém e quando lhe convém! A formação do SCP pode estar no seu melhor e não colocar ninguém na equipa A! Uma coisa é a forma como se trabalha, investe outra coisa é como se potência e lança jogadores!

O que digo e parece que está a custar perceber é que o scp tem equipa muito mais fracas que o slb e fcp dos sub-17 para baixo! A única que realmente era melhor era o grupo que foi campeão mas que rapidamente foi desbaratado ao deixar sair 2 internacionais para o fcp e 1 para o slb.

Se você quiser entender isto muito bem, se não quiser, vai perceber pelos piores motivos daqui a uns tempos, mas até acho que você nem vai fazer o papel de achar que temos melhores equipa e melhores jogadores dos juvenis para baixo.

E até me surpreende os argumentos que utiliza, porque nem são inteligentes como nos tem habituado. Falar do número de jogadores lançados na 1 equipa para afirmar que a formação está de vento em popa é uma estupidez, porque qualquer pessoa com 2 dedos de testa percebe que a formação é um processo longo que se for cortado neste momento, não deixa de dar resultados no imediato mas sim a longo prazo e o inverso é igual!

Quando ao wiliam concordo que não existe ninguém parecido, anderson é melhor que palhinha? Não vou discutir isso, mas melhor que Fokobo? Porque? Em que?

Sem qualquer piada, já sabe quem é o everton tiziu?

Liedsonshow

Já cá faltava o,parvalhão do dia.